1. Spirit Fanfics >
  2. Imagines Riverdale >
  3. Ele(a) com ciúmes

História Imagines Riverdale - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


🐍Boa leitura🐍

Capítulo 3 - Ele(a) com ciúmes


Veronica


Você estava conversando com Reggie enquanto ele te servia uma bebida no inferninho. Veronica viu aquela cena de longe e se aproximou para ouvir.
- Aposto que eu daria conta de você... - o asiático apoiou os braços na bacanda sorrindo.
- Ah Reggie...toma cuidado. - sorriu mordendo o lábio - Tenho certeza que não daria, garotinho. Eu sou uma Blossom, e você? Um bulldog fedorento? Ah ou melhor, um carrapato da Veronica? - você sorriu debochada como sua prima Cheryl fazia.
A Lodge sorriu. - Reggie, que tal parar de dar encima das nossas clientes e trabalhar de verdade?
- Veronica Lodge, eu tava mesmo sentindo cheiro de dinheiro sujo. - você sorriu amarga admirando o decote da morena.
- S/n Blossom, se bem que eu tava sentindo cheiro de charope de bordo. - ela retribuiu da mesma forma olhando seus seios no vestido apertado vermelho escarlate.
As duas permaneceram se encarando de forma agressiva, mas no fundo admirando o corpo da outra. - Reggie, quer saber, aceito sua proposta..te vejo depois, - você o encarou pegando a bebida nas mãos do garoto engolindo de uma vez - gatinho.
Sorriu para Veronica que bufou e saiu do lugar rebolando. - Se você for atrás dela, quebro seu preciso carro, capisce?
O bulldog engoliu em seco afirmando para a garota.


Betty



Você estava conversando com Archie enquanto esperava a Cooper se arrumar, o ruivo sorria pra você suado e sem camisa. Isso deixou a loira completamente irritada pela janela da casa.
- Bom, quando você tiver um tempo, passa lá na Academia, posso te ensinar algumas coisas. - ele sorriu.
- Claro, seria demais! Valeu Archie, sério mesmo! - você acariciou os pelos de Vegas e sorriu amigável para o dono.
- S/n! - a Cooper praticamente gritou ao sair da casa. - Vamos? Temos que ir pro Pop's lembra? Nosso almoço? Sozinhas!?
O ruivo riu da vizinha que fervia de ciúmes. - Calma Betty, só tava oferecendo aulas de boxe!
Betty abriu a boca envergonhada e olhou para os lados fugindo dos olhares seus e do Andrews.
- Acho melhor a gente ir, até mais Archie! - você pegou a mão da loira e caminhou pela rua. - Tudo bem?
- Nem fala! - Betty cruzou os braços irritada.

Cheryl


Você estava trabalhando no Clube do Bordo como sempre, tinha acabado de terminar uma sessão com um garoto e estava preparando as coisas para a próxima quando Cheryl invadiu o espaço.
- O que tá fazendo? - a voz ecoou na sua cabeça.
- Já disse, é meu trabalho ruiva. - você arrumou sua meia preta de renda.
- Quais dias você trabalha?
Pegou um batom vermelho e passou nos seus lábios vendo pelo espelho a Blossom cruzar os braços irritada. - De quarta à sábado, por quê?
- Ótimo, quero reservado todos os seus horários de quarta à sábado! Sem substituição, sem desmarcar meus horários e sem faltas, entendeu?
- Tá com ciúme ruiva? - você a encarou sorrindo.
- S/n seu cliente já está aqui. - Penélope apareceu encarando a filha logo depois. - Cheryl, o que está faze...
- Cala a boca pedaço de velha! - a ruiva te encarou. - E sobre seu próximo cliente, é melhor dar um fora nele antes que eu faça charope de bordo com o sangue dele, entendeu?

Toni


Sweet pea e Foca estavam almoçando com você e testando cantadas te fazendo rir toda hora. Toni já estava se irritando, mesmo do seu lado, sentia que os dois garotos eram mais interessantes que ela ao seu ver.
- Ok ok, só mais uma s/n. - o serpente mais alto pediu. - Gata, eu não sou manteiga de cacau, mas adoraria amaciar seus lábios.
Foca e você riram da cara que Sweet Pea fez ao beijar uma pessoa imaginaria. Toni bufou coçando os olhos, fazendo com que vocês três notassem o desconforto dela.
- A-ah....a gente vai comprar um salgadinho... - Fogarty olhou para o amigo.
- É claro... - os dois saíram da mesa.
- Tudo bem, amor? - você perguntou para a morena.
- Desde quando você, Sweet Pea e Foca são tão próximos? Aliás, tem certeza que tudo isso foi brincadeira? - a serpente bufou mais uma vez.
- Amor, só tenho olhos pra você, sabe disso. - você acaricou as madeixas rosas dela.
- Tudo bem, vamos pra aula... - Toni se levantou e depois virou te olhando. - Aliás, eu sou a única mateiga de cacau que pode amaciar esses lábios!



Archie


Você e Jughead estavam andando sempre juntos, principalmente, depois de ter se interessado pelo Blue and Gold. Vocês estavam comendo no Pop's enquanto sorriam um para o outro.
- Archie, impressão minha ou tá secando o Jughead? - Veronica perguntou colocando mais café na xícara.
- Sei lá, s/n passa mais tempo com ele do que comigo.. - esfregou os olhos.
- E desde quando ela gosta de mistérios ou jornal da escola? - a Lodge apoiou os braços na bancada.
- Antes era eu e ela, cantando e escrevendo músicas. Ou ela me vendo treinar e depois a gente vindo no Pop's.
- Archiezinho, com ciúmes? - a morena sorriu. - Uau, essa é nova!
- Não enche Veronica.
- Vem! - saiu do balcão e pegou a mão do ruivo indo até a mesa.
Assim que chegaram, os dois escoderam anotações. - Atrapalhamos?
- Não. - os dois disseram juntos.
- Bom, Jug será que pode me ajudar? Claro que pode né! - a morena pegou a mão do serpente e o tirou da mesa.
- Era uma matéria sobre você...Desculpa se te deixei bravo.. - você mordeu o lábio.
- Não sei como eu namoro alguém tão perfeita! - o ruivo sorriu sentando do seu lado.


Jughead


Você e Toni eram amigas desde sempre, não era supresa para ninguém que vocês já tivessem se pegado algumas vezes. Mesmo depois de Toni começar a namorar a Blossom e você o rei serpente, Jughead ainda tinha certo ciúmes de quando falava com a Topaz.
- Meninas....Toni..S/n.. - Foca apareceu no bar sorrindo vendo vocês duas trabalharem.
- Faz tempo que não vejo as duas atrás do bar. -Sweet Pea sorriu pegando o copo.
- Aos velhos tempos! - vocês sorriram uma para à outra.
- Velhos tempos? - Jughead apareceu cruzando os braços.
- Lá vamos nós de novo...- o serpente mais alto sussurrou para o Fogarty.
- Amor, nada de paranoia! - você reclamou olhando para o namorado.
- Além do mais eu estou com a Cheryl, lembra? - Topaz colocou o braço em torno de seus ombros.
Jones suspirou, era óbvio que ele nunca se acostumaria com aquilo. - Tá...nada de paranoia.



Reggie


- Eu vou matar aquele cara... - o asiático disse vendo você sorrir para Sweet Pea.
- Relaxa, eles são só amigos cara. - Archie deu um tapinha nas costas do garoto.
Era hora do almoço, você estava na mesa dos serpentes conversando com Sweet Pea, seu ex-namorado e ficante nas horas vagas. Seu relacionamento com Reggie era complicado, não era um namoro e nem um contatinho assumido, justamente por serem bulldog e serpente. Mesmo assim, o Mantle fervia de ciúmes quando você e Pea estavam "próximos" demais pro gosto dele.
- Archie, tá afim de brigar com a gangue idiota ali? - o capitão do time perguntou para o ruivo.
- Sabe que a s/n vai te matar depois né?
- Relaxa Andrews, a s/n quando tá brava faz sexo comigo... - ele sorriu malicioso.
Mantle levantou da mesa e seguiu até a sua, você revirou os olhos. - Foi mal Reggie, a gente não quer comer com cheiro de cahorro molhado.
Sweet Pea riu e o bulldog sorriu com raiva do garoto. - Eu só vim pedir pra pararem de gritar, aqui não é o covil de....
- Desculpa Mantle, a gente não fala cachorrês... - O moreno disse latindo depois ironicamente.
Você riu e deu um soquinho no amigo, Reggie bufou e saiu da mesa sendo seguido pelo ruivo. - Tô de saco cheio desse babaca...Quem ele é pra ficar assim com a minha garota?

Fangs


- Nick St. Clair...- você sorriu - o que estava fazendo aqui, em Riverdale?
- S/n s/sn - ele sentou no banco do balcão e sorriu de canto - estou tão surpreso quanto você...
- Imaginei que nunca viria para uma cidade do interior, deixa eu advinhar... - você entregou um café quente - negócios com os Lodges?
O típico sorriso do St. Clair domou os lábios frios dele. - Você sempre foi esperta, gatinha. E você? Problemas com o papai?
- Preciso de grana e um refúgio, Riverdale é a resposta.
- Sério? Um lugar monótono, com drogas, assassinatos misteriosos e gangues? - ele apontou para uma mesa onde Fangs estava te encarando. - Que bizarro...
- Pelos menos eu fico longe de machistas esnobes como você. - piscou para o garoto.
- Foca, você tá bem? - Toni perguntou ao amigo.
- Tô, só quero arrancar a cabeça daquele cara com meu canivete... - o serpente observava Nick St. Clair olhar sua bunda no uniforme de garçonete.

Sweet Pea


Seu relacionamento com o serpente era secreto. Você namorava Malachai e era uma canibal, se alguém descobrisse sobre você e seus encontros com Pea no vestiário masculino da escola do Sul, ambos estariam mortos. Por isso mantinham as aparências na frente de todas, não que você não gostasse de provocar e xingar o serpente pelos corredores.
Você estava guardando os livros no armário, usava a clássica saia preta curta que evidenciava suas coxas e bunda, os lugares preferidos do serpente em você. Sabendo que ele te observava, empinava de propósito a bunda ao pegar algo mais alto no armário só pra provoca-lo.
Um dos seus passatempos preferidos era causar ciúmes e provocar o serpente, por isso você fechou o armário e seguiu até ele e Foca. Passou raspando pelo mais alto e mordeu o lábio seguindo para os fundos da escola; aquele era o sinal pra ele te seguir.
Sweet Pea arranjou uma desculpa para sumir e caminhou para os fundos, e lá estava você se agarrando com Malachai. Mesmo não sendo mais um adolescente para estar na escola, você fazia questão de chamá-lo lá.
O serpente rosnou em silêncio ao ouvir alguns gemidos escaparem da sua garganta enquanto o canibal percorria as mãos pelo seu corpo e maltratava seu pescoço. Mesmo assim você não tirava os olhos do serpente, sorrindo e mordendo o lábio porque sabia que Sweet Pea estava morrendo de ciúmes e com motivos pra te castigar mais tarde.


FP Jones


Estavam no Pop's, comendo com Betty, Jughead e Jellybean. Claro que não foi tão fácil aceitar que o ex-rei serpente agora namorava uma garota um pouco mais velha que seu filho, mesmo assim seu charme tirou a rejeição de letra.
- E então s/n, você já tem algum trabalho aqui? - a Cooper perguntou mordendo uma batata.
- Não, mas soube que você e Jug trabalham no Blue and Gold...Que tal em vez de serem um jornal escolar, ser um jornal de verdade? Eu poderia ajudar, digamos que...- você olhou para FP - eu seja boa em retirar informações das pessoas.
O, agora, xerife riu. - Não sabia que jostava de jornalismo...
- Eu namorei um repórter do New York Times, acabei gostando desse lado.
Jellybean e os dois adolescentes se concentraram em beber os milkshakes enquanto o homem mais velho te olhava com uma cara nada boa. - Jura? E vocês ainda têm contanto?
- É, posso falar com ele pra pedir algumas dicas pro Blue and Gold...
- Seria ótimo! Por que não chama ele pra cá também?
Jellybean olhou pra você sorrindo torto e só então percebeu que FP estava se mordendo de ciúmes.
- É seria uma ótima ideia. - você o olhou de canto para ele mordendo o lábio.


Notas Finais


sayonara


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...