História Imagines Seventeen - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~Pinetti

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Boo Seungkwan, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Jeon Wonwoo, Junghan "Jeonghan", Kim Mingyu, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Personagens Originais, Seungcheol "S.Coups", Soonyoung "Hoshi", Wen Junhui "JUN", Xu Ming Hao "THE8"
Tags ~pinetti, Bias, Imagine, Seventeen, Você, Xxfantaisiexx
Visualizações 286
Palavras 1.408
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei manguinhas !!! ^^


Demorei mais voltei, os imagines q eu escrevo estão acabando 😔 e só ficaram os q a co-autora está fazendo.


Boa leitura ^^ espero que gostem e desculpe qualquer erro

Capítulo 5 - Chapter Five - SeungCheol


Fanfic / Fanfiction Imagines Seventeen - Capítulo 5 - Chapter Five - SeungCheol





Estar apaixonada pelo seu melhor amigo é algo ruim, estar apaixonada por ele mesmo ele tendo namorada é algo muito, muito ruim, mas em algo que não mandamos é no nosso coração.




Era torturante ver ele feliz ao lado dela, seus sorrisos não eram mais para mim e sim para ela, isso fazia meu coração se despedaçar. Desde que eles começaram a namorar ele se afastou de mim, não saímos mais como antes, todo seu tempo era dedicado a ela, na escola passávamos pouco tempo juntos, eu não ia mais em sua casa e nem ele na minha, fiquei sozinha, mas parece que o mundo gosta um pouco de mim e me mandou Wonwoo, um aluno transferidos, viramos muito amigos em pouco tempo, ele ocupou o espaço que SeungCheol deixou quando se afastou.







[...]






Wonwoo e eu chegamos juntos na escola,o que é algo bom já que gosto da companhia dele, ele pode ter essa aparência amedrontadora mas é uma pessoa muito gentil e carinhosa, claro com quem ele é próximo. Sentamos próximos na sala, ele se senta atrás de mim e fica mexendo em meu cabelo quando não está fazendo nada. SeungCheol sentava  do outro lado da sala junto a sua namorada, ele realmente havia me abandonado.




- Ei, porque dessa carinha triste ? - Wonwoo era realmente muito preocupado.



- Estava só pensando, não é nada.  - Dei meu melhor sorriso mas ele não pareceu acreditar.





A aula corria normalmente e logo seria o intervalo, Wonwoo certamente iria me arrastar para algum canto e me interrogar sobre hoje de manhã, era engraçado pois várias pessoas nos perguntavam se éramos um casal, Wonnie era lindo, seus traços eram perfeitos, seu corpo muito bem moldado, WonWoo era o sonho de qualquer garota.  Estava com muita fome, havia saído sem comer e não iria comer se dependesse do Wonnie.  Como esperado Wonwoo me arrastou até um lugar bem isolado da escola, mas parece que alguém havia chegado antes.




SeungCheol, sua namorada e outro garoto que não me recordo do nome estavam ali, o clima ali era pesado, puxei Wonnie para um pequeno espaço entre a parede para ouvirmos sem ser vistos, quem nos visse ali diria que estávamos nos pegando, suas mãos estavam em minha cintura, e as minhas e seu peito, Wonwoo era quente, muito quente, afastei esses pensamentos e foquei na conversa dos outros três também presentes.




- Pensei que realmente gostasse de mim - Sua voz carregava amargura.



- Estávamos apenas conversando Oppa, v-você entendeu errado. - A voz dela estava falha.



- ERRADO ? EU VI ERRADO ? VOCÊS ESTAVAM QUASE SE COMENDO, E EU VI ERRADO ? - Ele estava bem irritado e parecia estar chorando, tentei sair dali mas Wonwoo me segurou negando com a cabeça.




- Pensei que era fiel a mim mas enganei, eu me afastei da (s/n) por sua causa, por causa do seu falso ciúme, me afastou da pessoa que eu  mais amava, eu fui muito idiota em acreditar em você.





Eu estava quase chorando, mas quando Wonwoo viu que SeungCheol estava voltando para dentro escola, aproximou nossos rostos, assim fazendo ele pensar que alguém estava se beijando, mas também teve que aproximar ainda mais nossos corpos para ele não me ver, não conseguia ver se ele já havia saído, mas esse não era o maior dos problemas, Wonwoo estava muito próximo de mim, nossas respirações eram uma só, e meus olhos estavam vidrados nos dele, ele acabou com o pouco espaço que havia unindo nossos lábios, seus lábios eram tão macios, sua língua junto a minha fazia uma dança sincronizadas, quando o ar nos faltou nos afastamos eu estava mais vermelha que um pimentão, ele apenas riu e me abraçou. Saímos do pequeno espaço e estávamos quase chegando na sala quando ele me para.




- (s/n)...me desculpe por ter te beijado sabe.- novamente estava vermelha.



- Ah...ok.  



- Vem, vamos pra sala que a gente já está atrasado.



O professor nos deixou entrar, mas não conseguia tirar as palavras de Cheol da cabeça



“me afastou da pessoa que eu mais amava”



Cheol sempre dizia essas coisas, mas será que ele me ama da mesma forma que eu o amo?





[...]





As aulas já haviam acabado e eu estava quase chegando em casa quando vejo alguém escorado na porta, era Cheol,  mas o que ele estava fazendo ali, me aproximei mais e ele estava com o rosto entre os braços seus soluços eram altos, me sentei ao seu lado e ele pareceu me ver pois ergueu o rosto e me abraçou, chorando ainda mais. Não gostava de ver ele assim, abri a porta e o puxei pra dentro o colocando no sofá e me saltando perto dele.




- O que houve Cheol ???



- Você viu o que houve, ela me traiu.



- Você me viu…



- Sim, vi também você beijando aquele seu amigo, estão juntos ? - Ele já se havia acalmado um pouco.



- Não, somos apenas amigos, eu sinto muito pelo o que aconteceu, você não merece sofrer por ela.



- Mereço sim, comecei a namorar ela pra tentar esquecer quem realmente amo mas não deu muito certo, devia ter contato a ela desde o início que a amava.



Meu coração doía, mas não podia demonstrar, ele não estava bem e eu não devia o preocupar com meu amor não correspondido por ele.



- Sabe quem é ela ? Quem me faz sorrir apenas com um olhar, que me faz sentir bem apenas por estar comigo ? Você é tão tola por não perceber que sempre te amei.



Meu cérebro tentava processar tudo o que ele havia dito,  mas isso não foi possível, ele uniu nossos lábios em um ósculo necessitado, não hesitei em corresponder, nossas línguas travavam uma luta por espaço, suas mãos apertavam minha cintura, seus lábios eram mais macios do que imaginei, ele me puxou para o seu colo enquanto abria os botões da minha camisa, a jogando em qualquer canto da sala, fiz o mesmo com a sua. Logo ambos já não vestíamos nenhuma peça de roupa, sua destra estimulava meu clitóris en

quanto meus seios eram maltratados, sugadas fortes e algumas mordidas eram dadas. Cheol me penetrou com um dígito enquanto ainda brincava com meus seios, mas logo os deixou para me beijar e distribuir marcas pelo meu pescoço. Arranhei seu abdômen indo em direção ao meu membro o segurando na base e subindo até sua grande que estava vermelha e inchadinha e pela fenda escorria pré-gozo.



Fui jogada no sofá, com SeungCheol por cima de mim, seus olhos famintos percorriam todo meu corpo e voltava aos meu olhos. Me deu um selar a foi me penetrando lentamente, o sentir dentro de mim era como estar nas nuvens, seu ritmo era lento mas bom. A velocidade de suas estocadas foram aumentando até um momento em que seus movimentos eram frenéticos, acertando meu ponto sensível várias vezes, atingi meu limite chamando por ele, esperei minha respiração se normalizar antes de me levantar e o fazer se sentar no sofá. Me ajoelhei em sua frente, e o vi sorrir de canto. Segurei membro e comecei a fazer movimentos lentos, aumentava e diminuía com frequência. Suguei sua glande inchadinha e vermelha, fazendo estalos com a boca, coloquei todo seu pau em minha boca e Cheol urrou, a cabecinha tocava minha.garganta mas não era tão incômodo suas expressões eram um tanto quanto eróticas, sua boca entreaberta e seus fios colados na testa pelo suor, podia o admirar dessa maneira minha vida toda que não me cansaria.  O maior segurou mais cabelos ditando os movimentos e movendo o quadril fodendo em minha boca. Suas veias pulsavam me avisando que seu ápice estava próximo, aumentei o ritmo dos movimentos o ouvindo gemer cada vez mais alto, Cheol se desmanchou em minha boca e fiz questão de engolir tudo e limpar qualquer resquício que houvesse.



Ele me puxou e nos deitou no sofá, era bom estar junto dele.



- Acho que apressamos as coisas, queria levar você pra sair, te pedir em namoro e depois isso, mas parece que invertemos meus planos.



- Iria me pedir em namoro ?



- Claro, não é isso que fazem quando amam uma pessoa, eu te amo (s/n), me desculpa dizer só agora.



- Eu também te amo Cheol, pensei que não sentia o mesmo, não precisa se desculpar por isso.



Selei nossos lábios de forma lenta, e carinhosa.  É bom estar ao lado de quem ama, ainda mais se for recíproco.





Notas Finais


Gostaram ? Odiaram ? Me digam !


Por : @Tia_Fantaisie


💋💋 no ❤❤ e até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...