1. Spirit Fanfics >
  2. Imagines Stray Kids :) >
  3. Minho

História Imagines Stray Kids :) - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Minho


Fanfic / Fanfiction Imagines Stray Kids :) - Capítulo 8 - Minho

O nosso grupo era composto por 7 membros, tinhamos debutado há poucos meses e hoje era o nosso 6 concerto. O nosso conceito era de guerreiras , o que até era intressante até agora.

Estava tudo a correr como planeado faltavam apenas algumas músicas, o espetaculo estava quase a acabar.

Acontece que numa das apresentações é suposto que no final cada uma de nós acabe numa espécie de círculo que há desenhado no chão e soltam- se fogos a nossa volta durante a ultima nota e um pouco depois de acabar a música. Os fogos deveriam ficar acesos durante 30 segundos. Ficar eles ficaram, mas não como era suposto.

Ja estava em posição pronta para o high note. Os fogos dispararam e as nossas voz ecoaram pelo recinto em harmonia.

Foi quando tudo comessou a correr mal.

Derrepente um dos meus lançadores comessa a falhar e a enviar as faiscas na direção errada. Acertou um pouco a lado da minha perna exposta pela saia. As faiscas devem ter danificado o outro lançador porque este também comessou a lançar os fogos mal. Baixei-me para que não me acertassem, até que param todos os lançadores e as lizes apagam-se quando vêm rapidamente alguns staffs em meu auxilio.

As minhas roupas ficaram coma algumas marcas negras mas felizmente não me magoei. Apesar de pelo que dizem ter sido uma sorte sair apenas com a roupas estragadas.

Deixamos de fazer a apresentação dessa música dessa maneira. Em vez de fogos passamos a usas laçadores de fumo, daqueles que funcionam com gelo ou lá o que é.

***

Estamos a descançar após um treino, quando um rapaz entra com um recado para nós. Entrega-o á nossa líder e retira-se.

- O que é que diz? -perguntou uma das meninas.

- Calma. Ainda nem abri o envelope. - disse ela.- Uuuuu.... Lembram-se que nos tinham avisado que iriamos ter uma apresentação com um grupo de outra empresa num festival qualquer? - todas acenamos positivamente- Pronto, diz aqui que nos vamos apresentar-nos com Stray Kids.

- Stray Kids? -perguntei só lara ter a certeza de que tinha ouvido bem.

- Yah. É o que diz.- confirmou.

***

Depois de muito treino com os meninos tinha chegado o dia. O grande dia em que se realizaria o maior festival musical da Coreia.

A nossa líder tinha tido uma reunião com o nosso manager e com o dono da nossa empresa pois eles meteram na cabeça que o fumo não estava a resultar e que deviamos voltar a usar fogo. Mas ela conseguiu dar-lhes a volta dizendo que eu tinha ganho muito medo a este tipo de coisas desde aquele dia.

Como eu disse treinamos muito com os meninos. Eles são todos uns queridos. Dei-me especialmente bem com o Minho pois a uma parte da coreografia eu cada par faz diferente e acabei por passar mais tempo com ele a treinar essa parte.

Nos iriamos apresentar uma espécie de mashup de uma música nossa com uma deles. Que iria terminar da mesma maneira que a nossa antiga apresentação dos fogos.

***

Estavamos prestes a entrar em palco quando uma das integrantes do meu grupo, a Lila, vei ter comigo a avisar que eles iriam por fogos em vez de fumo, mesmo com as nossas insistências para que não o fizessem.

Acho que os rapazes se apreceberam um pouco do que se estava a passar pois a situação tinha sido muito falada e eles , tal como nos, também tinham sido informados.

Quando entramos e Minho disse-me baixo no ouvido para ter calma porque ia correr tudo bem. Eu também pensava assim, mas assim mas conforme as faíscas dispararam entrei em pânico, comessei a imaginar tudo a explodir a minha volta.

Ainda bem que nesta versão eu não canto depois daquilo ser ligado porque quando a apresentação chegou ao fim e as últimas faíscas foram lançadas ainda mais alto, de maneira que felizmente os fams não conseguiram ver, os meus olhos estavam marejados de lagrimas que tentava a todo o custo conter.

Dando-se conta disso, ele simplesmente abraçou-me encostando a minha cabeca contra o seu peito e colocando a mão por cima do minha orelha de forma a que não conseguisse ouvir os últimos disparos, e quando as luzes se apagaram retirou-me do palco o mais rapido possivel.


Notas Finais


Eu sei que sou muito dramática, mas se é para nos iludir-mos que seja em grande.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...