História Imagines Super Junior - Capítulo 36


Escrita por:

Postado
Categorias Super Junior
Personagens Cho Kyuhyun, Choi Siwon, Han Geng, Henry Lau, Kangin, Kim Kibum, Kim Ryeowook, Lee Donghae, Lee Hyukjae "Eunhyuk", Lee Sungmin, Park Jungsu, Personagens Originais, Shin Donghee, Shindong, Yesung, Zhou Mi
Tags Angel
Visualizações 27
Palavras 1.025
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi flores mais um capitulo, saindo do forno, eu espero que vocês gostem. Boa Leitura.

Capítulo 36 - Imagine SungMin (A Gentileza)


Fanfic / Fanfiction Imagines Super Junior - Capítulo 36 - Imagine SungMin (A Gentileza)

Imagine Super Junior – SungMin.

Eu volto para o consultório odontológico e já volto aos meus afazeres. Eu arrumo o meu cachecol fazendo o seu perfume se espalhar um pouco, o seu aroma era um pouco forte, mas era gosto sentir-lo.

Logo o paciente que tinha hora marcada chegou.

- Olá, eu sou o YeSung, e tenho uma hora marcada com o doutor. – avisa o YeSung se aproximando.

- Claro, só um momento. – pedi levantando da cadeira.

Eu ando até á sala do doutor e avisou que o paciente tinha chegado.

- Senhor YeSung, é só aguardar. – comento voltando para o balcão.

Ele fica na sala de espera, mexendo no celular.

Enquanto eu fico olhando agenda do doutor.

Algumas horas depois o YeSung é atendido, e como já estava bem tarde e ele era o nosso último paciente.

Nesse momento o SungMin entra no consultório.

- Oi Pequena, eu vir buscar, o YeSung Hyung, ele está pronto? – pergunta o SungMin se aproximando no balcão.

- Sim, ele está bem ali. – respondo mostrando o YeSung.

- O que houve com ele? – pergunta o SungMin um pouco curioso.

- Ele está sobre o efeito de anestesia, mas daqui algumas horas ele ficaria bem. – respondo levantando da cadeira.

O mais velho se aproxima do YeSung, passa o seu braço direito pelo pescoço e o leva até o carro.

- Pequena pode me ajudar aqui, por favor. – pede o SungMin saindo do consultório.

Nós andamos até o carro eu abro a porta e o SungMin coloca o YeSung lá, o arruma e depois fecha á porta.

- Obrigada pela ajuda. – comenta o SungMin um pouco cansado. – Bem, mas então daqui você vai para casa? – completa um pouco curioso.

- Não. Eu vou para á biblioteca, estudar se me der licencia, eu tenho que ir. – respondo indo na direção do consultório.

Eu pego á minha bolsa e depois saio, e ando até o ponto de ônibus, não demora muito o transporte chegou e eu subo nele.

Alguns minutos depois, eu chego à biblioteca, pego os livros que vou precisar e pego uma mesa bem distante. Coloco tudo na mesa, eu abro á minha bolsa e tiro o meu caderno e o meu estojo, sento na cadeira e começo a estudar.

Eu estava tão concentrada nos estudos que nem percebi que tinha alguém ali, só fui notar quando eu derrubei o livro, sem querer no chão e a pessoa o pegou.

- Por um momento, você me pareceu muito seria. – comenta o SungMin me entregando o livro.

- Eu costumo ficar seria quando, estou concentrada. – comento pegando o livro.

O mais velho dá á volta na mesa e puxa a cadeira do meu lado.

- O que está fazendo? – pergunto um pouco curiosa.

- Eu resolvi vir até aqui, ajudar. – responde o SungMin pegando um livro.

- Obrigada, mas não acho necessário. – comento sorrindo.

- Bem, no meu ponto visita, eu acho necessário. Tem coisa aqui que talvez você não deva saber. – comenta o SungMin folhando o livro.

- Está bem, você ganhou. – comento me aproximando.

O SungMin começa a explicar o conteúdo do livro, de maneira simples e bem objetiva, dando alguns exemplos.

- Espera tem um livro que ótimo, eu vou pega. – avisa o SungMin se levantando da cadeira.

Enquanto ele ai pegar o livro, eu dava olhada no livro que estávamos usando e anotando o que eu achava importante.

Depois de muito procurar, o mais velho volta com o livro em suas mãos, se senta no lugar e o abre e volta á sua explicação.

- Bem, entendeu? – pergunta o SungMin terminando de explicar.

- Essa parte está um pouco confusa. – respondo mostrando no livro.

- Essa parte é assim. – comenta o SungMin aproximando o livro.

O mais velho explica novamente á parte que eu não tinha entendido.

Alguns minutos depois.

- Então ainda está com dúvida? – pergunta o SungMin um pouco curioso.

- Ás dúvidas só aumentou. – respondo dando risada.

- Então vamos tirar-las. – comenta o SungMin sorrindo.

Eu vou falando ás minhas dúvidas e o mais velho responder uma á uma.

Nós ficamos um bom tempo estudando, mas tivemos que parar, por causa do celular do SungMin que começou a tocar.

- Eu já volto. – avisa o SungMin pegando o aparelho.

O mais velho se retira da biblioteca, enquanto eu isso faço uma pausa, saio da mesa e vou até maquina de lanche e pego um salgadinhos e depois de terminar de comer e volto para mesa.

Alguns minutos depois o SungMin volta.

- Eu sinto muito Pequena, mas infelizmente, teremos que dar uma pausa com ás aulas. – comenta o SungMin se aproximando.

- Tudo bem, eu entendo. – comento sorrindo.

- Ai, que bom, mas sabe que nós podemos continuar se você quiser. – comenta o SungMin sorrindo.

- Se não for incomodar-lo, eu vou querer sim. – comento um pouco tímida.

- Me incomodar? Imagina, é só nós combinarmos direitinho. – comenta o SungMin pegando uma caneta no meu estojo.

O mais velho pegou o meu caderno e escreve algo nele.

- Bem esse é o número, pode me ligar quando quiser ter ás aulas, tirar ás dúvidas ou para qualquer coisa. – comenta o SungMin terminando de escrever.

O mais velho me entrega o meu caderno e guarda á caneta no meu estojo.

- SungMin, obrigada pela ajuda. – comento pegando o meu caderno.

- Não foi nada, mas eu não mereço todo o crédito, sim o YeSung Hyung, por que ele falou tanto no meu ouvido, para eu vir aqui te ajudar. – comenta o SungMin colocando as mãos dentro dos bolso do casaco.

Sem pensar muito eu pego á caneta e escrevo alguns dígitos na folha e arranco.

- Aqui, o meu número, pode me ligar quando quiser á qualquer hora. – comento lhe entregando a folha.

O mais velho pegou o papel e vai embora. Eu olho no relógio e vejo que estava bem tarde, então eu guardo as minhas e alugo os livros, para continuar estudando em casa.

Eu achei muita gentileza do SungMin ter vindo até a biblioteca, para me ajudar com meus estudos, estou começando á sentir que isso é um inicio de uma grande amizade.


Notas Finais


Desculpem pelos erros ou por qualquer coisa.
Por hoje é só, até o próximo.
Beijinhos da Tiah e tchauzinho. >.<


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...