História Imagines Supernatural ( Pausada) - Capítulo 46


Escrita por:

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Castiel, Crowley, Dean Winchester, John Winchester, Lúcifer, Sam Winchester
Tags Castiel, Crowley, Dean Winchester, Ilusão, Imagines, Lucifer, Sam Winchester
Visualizações 204
Palavras 585
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey Amores! Tutupom? Espero que sim.
Bom eu só tenho uma coisa a declarar.
Esse tá PESADÃO!!

Pedido por: _prfiromccartney_

Capítulo 46 - When did you get so naughty this way? - C.S.


Fanfic / Fanfiction Imagines Supernatural ( Pausada) - Capítulo 46 - When did you get so naughty this way? - C.S.

Leitora/ Chuck Shurley

Ouço o barulho da porta se abrindo e logo em seguida fechando, ajustei a única peça de roupa que tinha no corpo, uma linda gravata preta, e esperei ele chegar em minha linha de visão.


Chuck aparece na porta do quarto e me olha surpreso, senti minhas bochechas queimarem, mas expulsei qualquer resquício de vergonha, levantei da cama e fui em sua direção.


-Olá querido- o cumprimento deixando um beijo em seus lábios, ele variava seu olhar entre meu rosto e meu corpo - Sabe, hoje de manhã eu passei em uma loja,vi essa gravata e me lembrei de você.


-M-mas eu não uso gravata - ele gagueja e sorrio satisfeita por esta causando isso nele.


- A partir de hoje vai começar a usar - falei puxando a gola de sua camisa, juntando nossos lábios, e nossos corpos, sinto uma elevação no meio de suas pernas, e isso me deixa cada vez mais sedenta por ele, suas mãos foram para minha cintura e apertaram firmemente.


Deslizei minhas mãos por seus ombros tirando seu casaco, e levantei sua blusa, tirando-a de seu corpo, deixando seu peitoral de fora, fui empurrando ele até a cama, e o deitei nela, ficando por cima de seu corpo, isso sem desgrudar nossos lábios em qualquer momento.


Tirei a gravata de meu pescoço, e comecei a desatar o nó, o que o fez me olhar confuso, assim que desatei o nó, peguei suas duas mãos e as levantei acima de sua cabeça, o que o fez me olhar mais confuso ainda.


-O que vai fazer?- ele perguntou enquanto amarrava suas mãos com a gravata.


-Shhh - falei contra sua boca - só abra essa boquinha linda para gemer meu nome.


-Quando foi que você ficou tão safada desse jeito?


-Você gosta?


-Demais! - sorri vitoriosa.


Montei em seu colo e comecei a distribuir beijos e chupões por seu pescoço, fui descendo por seu torso, até chegar no cós de sua calça, desabotoei os botões e desci o zíper, olhei para ele e sorri maliciosamente, desci sua calça juntamente com a sua cueca, o que fez seu membro pulsar para fora, começo a massageá-lo de uma forma lenta e torturante, o que o faz protestar.


- Ah (s/n).... Caralho! -ouço ele xingar assim que o coloco em minha boca e começo a saboreá-lo, ouço seus gemidos ficando cada vez mais altos, conforme eu vou aumentando meus movimentos.


Quando ele está quase chegando ao seu limite, paro de chupá-lo e dessamarro suas mãos, em um movimento rápido ele nos vira ficando por cima de mim, e ataca minha boca, em um beijo nada gentil, cheio de luxúria e desejo.


Sinto seu membro me invadir por completo, o que me faz soltar um gritinho surpreso, ele começa a se movimentar dentro de mim, a cada estocada que ele dá, me sinto cada vez no meu limite, até que não me seguro mais e me desmancho, sendo seguida por ele.


-Uuuh cansei! - ele fala se deitando ao meu lado, sua testa molhada pelo suor, chegava  a brilhar - você acabou comigo, precisamos de um banho!


Dou outro grito de surpresa quando ele me pega no colo, nos levando até o banheiro.


Entramos dentro do chuveiro, a água estava gelada, ele começou a passar sabonete líquido pelo meu corpo e me ensaboar, e lavou meus cabelos com shampoo, eu o amava por isso, sua atenciosidade nos pequenos detalhes.


Depois de um banho cheio de beijos e carícias nos deitamos na cama abraçados.


-Meu amor?- Chuck me chama quando eu estava quase dormindo.


-Hum?


-Já pensou na possibilidade de termos um bebê?


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Alguém aí já assistiu Uma linda mulher? Então sabe aquela parte em que ela vai na loja e compra o monte de roupa, e compra uma gravata, e quando ele chega em casa ela tá daquele jeito? Então essa foi minha inspiração 😊😂😉
EU VOU PRA O INFERNO!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...