1. Spirit Fanfics >
  2. Imagines Supernatural >
  3. Breezeblocks (Blt.)

História Imagines Supernatural - Capítulo 50


Escrita por:


Notas do Autor


50 CAPÍTULOS.
50 FERRANDO CAPÍTULOS
50 AAAAAAAAAAAAAA isso só mostra o quão desocupada eu posso ser (autodepreciação alert)
E pra comemorar esses 50 capítulos,tá aqui o pedido da querida @Cheater_ (não se acanhe quando quiser outros,e me perdoe se não tiver muita coerência com o personagem em si porque eu já assisti as temporadas que tinham o Balthazar a muito tempo e a pesquisa que eu fiz foi a mais rápida e clara possível)
Espero que gostem e boa leitura!!

Capítulo 50 - Breezeblocks (Blt.)


Fanfic / Fanfiction Imagines Supernatural - Capítulo 50 - Breezeblocks (Blt.)

Canções. Isso era uma coisa que atraía Balthazar de uma maneira extremamente curiosa,e foi exatamente isto que atraiu o anjo em sua direção,tirando o fato de que seus "irmãos" meio que haviam o invocado e ele não tinha bem no momento uma outra alternativa a não ser a de ter de ajudar os Winchesters (o que não foi de um todo ruim,já que ele tinha caham uma bela de uma companhia chamada você caham).

Você sabia cantar,algo que seus "irmãos" sequer tinham noção de que você podia,e Balthazar adorava a sensação de ser o único que sabia deste seu pequeno dom,e também de ser o único que tinha certo privilégio de assistir a você cantando,como em pequenas performances. A primeira vez que Balthazar te viu cantar foi justamente numa das vezes em que ele havia sido invocado por Sam e Dean para um favor,e como um ser curioso que ele era,ele não pode deixar de "investigar" a canção tão bonita que ouviu vindo do chuveiro enquanto Sam e Dean estavam distraídos com outra coisa na Baby,no estacionamento do motel aonde vocês estavam hospedados.

Ele se lembra bem do que você estava cantando. Era uma música do Queen, "Good Old Fashioned Lover Boy",pra ser mais exato,e foi ali,ouvindo você cantar aquela música que Balthazar percebeu: ele estava se apaixonando por uma humana,uma caçadora,e ele simplesmente adorava o risco que esse relacionamento parecia trazer a cabeça dele (sem comentar o risco que ele correu de ser pego por seus irmãos e ter levado uma surra em seu traseiro angelical se eles tivessem entrado no quarto no momento que ele estava te "bisbilhotando" enquanto você estava no chuveiro).

Ele nunca havia comentado com você sobre este acontecido,pelo menos não de primeira. Ele teria esperado o relacionamento de vocês se desenvolver da melhor maneira possível para que ele pudesse tocar no assunto,de uma maneira (nem um pouco) sútil. Balthazar queria ouvir você cantar para ele,sem muita preocupação de se alguém fosse ouvir ou não,ele apenas queria ter mais um gostinho daquela voz que mais parecia a de um anjo do que a de uma caçadora.

"É uma coisa boba,Balthazar. Você não quer realmente me ouvir cantando..."

"Não,não. Eu quero sim ouvir você cantando!!"

"...mesmo?? Bem,então...o que quer que eu cante??"

"O que você estava cantando no chuveiro naquele dia mesmo...?? Ah,sim,acho que era uma música do Queen..."

"Good Old Fashioned Lover Boy?? Espere,o que você quis dizer com 'cantando no'-"

"ISSO,exatamente querida. Agora...será que eu posso te ouvir de novo??"

Sem sombra de dúvida,além de ter se tornado o amor da vida de Balthazar,você teria se tornado algo como a cantora preferida dele,mesmo sabendo que você não era como uma cantora pop ou algo do tipo,ele te trataria da mesma maneira de uma,e isso nunca seria algo de se enjoar,principalmente vindo de seu anjo preferido.

Sam e Dean se preocupavam de,quando você e Balthazar começaram a namorar,ter de ouvir outros tipos de barulhos...se é que você entende,mas acabaram percebendo que em si,o que eles mais ouviriam,era você cantando qualquer coisa para o anjo em qualquer tipo de situação (mas isso não os livrou de também ter de ouvir os OUTROS barulhos).

(...)

-(Y/N)?? (Y/N),terra chamando (Y/N)!!-Você logo viu a mão do mesmo "chacoalhando" em frente ao seu rosto,tentando lhe chamar a atenção para fora de seu "transe"

-Huh?? Oh,olá Balthazar.

-Olá. Distraída??-Ele se sentou ao seu lado,observando rapidamente o laptop em sua frente

-Está mais para "ocupada",mas...sim,eu acho que distraída também seria uma palavra adequada.

-Eu tenho um presente para você...

-Eu não sabia que era meu aniversário...é o meu aniversário?!

-Não,não é o seu aniversário,mas eu acho que a minha garota ainda assim merece um presente de seu anjo-Ele tirou de trás de suas costas um bouquê de flores,flores essas que pareciam reluzir mais do que o normal,e que até pareciam mais bonitas e atrativas do que as normais-Especialmente para você,meu amor.

-Oh,Balth...você não precisava,querido...elas são lindas!!

-Digamos que eu fiz uma rápida visita ao céu e,bem...as "colhi" especialmente para você.

-E por colher,você quer dizer roubar,não??

-...Bem,isso é apenas um pequeno detalhe que podemos deixar à parte.-Ele continuou,colocando as mesmas de lado na mesa a sua frente,talvez tendo percebido que você estava (aparentemente) um pouco abatida-Mas me diga agora,(Y/N),o que está acontecendo?? O que está passando nesta sua cabecinha??

-Nada,nada aconteceu. Eu só...eu apenas estou exausta,querido. Apenas isto. Eu estou na frente deste laptop esperando notícias de Sam e Dean a horas,e...apenas nada!!

-...Já tentou ligar para eles??

-Sim. Sam caiu na caixa-postal e Dean,bem...eu nem quero lembrar do que eu ouvi.-Você sentiu suas bochechas ferverem novamente

-O que-Oh. Oh,te entendi. Bem,então parece que você pode muito bem fechar este laptop-Ele continuou,abaixando a tela do computador-E tirar uma pequena folga.

-Mas,Balth...!! E se eles...

-No fim do dia,(Y/N),você ainda é humana. E aqueles dois bastardos sabem disto,só devem ter te esquecido de avisar...por favor,por mim??

Balthazar não era o diabo,mas podia ser tão tentador quanto quando sugeria algo para vocês dois. Quando você concordou com a cabeça,apenas dando de ombros mentalmente para qualquer coisa que viesse a acontecer,era como se o brilho nos olhos do anjo tivesse se tornado inexplicável:

-...estava ouvindo algo??-Ele lançou um olhar com certa atenção para os fones de ouvido que estavam conectados no seu laptop

-Bem...no início,sim.

-...que tal,nós fazermos o seguinte: você coloca o seu pijama mais confortável,nós nos deitamos,e...

-Balth,eu posso cantar para você??

-...O que??

-Eu quero dizer,tipo...nós podemos sim deitar,eu preciso muito disso,mas...eu posso cantar pra você enquanto estamos deitados??

-Mesmo...?? Você-

-Eu sei,eu sei que eu não costumo fazer isto,mas...eu posso??

-Bem...se você insiste tanto!!

-Hey,não é como se você também não estivesse adorando a ideia,senhor Balthazar!!

(...)

-Você...tem alguma ideia em específico do que quer cantar??-Ele continuou,seus dedos brincando entre algumas mechas de seu cabelo enquanto vocês estavam deitados e abraçados

-Não coloque muita pressão em mim,Balthazar,sabe que eu sou um lixo neste tipo de coisa...

-...Você está se arrependendo da sua ideia,não??

-Não me leve a mal,Balth,é só que...eu,eu acho que eu mais incomodo cantando do que em si ajudo...

-O que?! Como pode dizer algo assim?!

-Talvez...porque possa ser a verdade,mesmo que ninguém me fale.

-(Y/N),olhe para mim,querida. Eu já ouvi anjos cantarem,vai por mim,por diversas vezes,da mesma maneira que já ouvi todo tipo de cantor famoso fazer a mesma coisa...nada se compara com você. Meu pai te deu algo que...wow,eu nem consigo explicar o quão maravilhoso é.

-Não precisa falar isto para me agradar,querido. Está tudo bem,mesmo!

-Eu não estou falando isso para "te agradar",eu estou sendo sincero,de todo o meu coração!!-Ele continuou,se sentando na cama-Querida,a maneira que você canta...se não fosse meloso demais e muito fora da realidade,eu poderia dizer que as suas canções fazem meu coração dançar de paixão.

-Isso...foi muito fofo. E também bem meloso...

-Não comece,(Y/N).-Ele riu,revirando os olhos a sua provocação

-Qual é,foi uma fofura!!-Você se sentou sobre o colo do mesmo,seu rosto de frente para o rosto do anjo-...você realmente acha isso??

-Eu não acho,eu tenho certeza...

-Do mesmo jeito que eu tenho certeza de que você está prestes a me beijar enquanto me devora com o olhar??

-Já que eu sei que você não está no modo para ser devorada de outras formas...

-BALTHAZAR!!

O anjo apenas riu,te puxando para um rápido beijo,que logo se tornou um ritmo calmo e caloroso. Com ele,era como se você se sentisse nas alturas,se sentisse possível de fazer tudo o que quisesse sem medo de como os outros reagiriam ou como os outros iriam pensar,ele era um refúgio seu,por mais irônico e incrível que parecesse. Ele não queria se afastar de seu beijo,isso era notável quando ele afastou seu rosto delicadamente,uma de suas mãos ainda em seu pesçoco. Aquele olhar,você sabia bem o que Balthazar queria,mesmo que não fossem precisas muitas palavras:

-...but please don't go,I love you so...my lovely.

A resposta do anjo foi apenas lançar um rápido sorriso de canto,logo descendo os beijos de seu rosto para seu pescoço,de uma maneira um tanto quanto agressiva que provavelmente deixariam marcas bem visíveis no dia seguinte. Por mais que ele quisesse que você se focasse no que estava por vir,ele também queria ouvir a sua voz um tanto quanto distraída,sem vergonha nenhuma do que estava fazendo:

-Hey...aonde está a sua voz,meu amor??-Ele sussurrou,deixando em seguida uma leve mordida em seu pescoço

-...please don't go,please don't go,I love you so,I love you so. Please don't go,please don't go,I love you so,I love you so,please break my heart...!! Please don't go,I'll eat you whole,I love you so,I love you so,I love you so...Please don't go,I'll eat you whole,I love you so,I love you so,I love you so...

Em seus arrepios misturados com os toques gélidos de Balthazar,você já podia saber,aquela seria mais uma das noites aonde o anjo faria questão de ouvir cada pequeno tom de sua voz,a cada mísero minuto,e você não tinha como ficar brava,muito menos como reclamar. Balthazar adorava canções,e era isso que você adorava em Balthazar.


"She may coutain the urge to runaway,

But hold her down with soggy clothes and breezeblocks.

Germaline desinfect the scene my love my love my love...

But please don't go,I love you so...

My lovely."


Notas Finais


ESSE FINAL TÁ UMA BOSTA MAS A CULPA É DA MINHA ALERGIA QUE QUANDO ATACA ME DEIXA MAIS PERDIDA QUE BARATA TONTA (???)
As duas músicas usadas nesse capítulo,caso tenham interesse de ouvir: "Good Old Fashioned Lover Boy"-Queen (música-tema do ship dos ineffable husbands e quem disser o contrário é corno) e "Breezeblocks"-Alt-J (cof cof música com vibe de Kilgrave da peste cof cof) @Cheater_,me perdoe se estiver uma bosta e me perdoe se não foi aquilo que você esperava!! (Como eu disse,a sua ideia me deu uma outra ideia,que foi a que surgiu essa budega)
Me perdoem por qualquer erro ortográfico!!
Espero que tenham gostado e obrigado por terem lido!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...