História Imerso Em Rosas - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias A Bela e a Fera
Visualizações 2
Palavras 547
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Eu e a rosa branca


   Você já se perguntou qual é um tamanho de uma vida,pense como tem varias vidas que estão em seu redor e você não consegue ver porque elas são muito pequenas ou elas nem estão ali, não na mesma dimensão que você, em fim.

     Hoje eu vou contar como eu matei uma flor, para você não deve ser nada demais tirar uma flor de local para fazer-la murchar em outro.Contei demais, vamos voltar 10 dias no passado quando eu cheguei na chácara da minha mãe.

      -mãe eu posso dar uma volta tá!

      -uhum filho.

 Ela me dá muita atenção!-nossa que vento forte.Porque eu fui seguir o vento,ele estava tão forte estava tudo ficando escuro ao meu redor então...eu cai e escuto uma linda voz que me disse calmamente

           -você não é a rosa que eu esperava,mate-lo; eu não lembro o que fizeram comigo.

       Acordei em uma cela com uma uma mulher com um lindo vestido de rosas,ou não, eu fui percebendo que aquilo não era um vestido mas sim o seu próprio corpo ela sabia que eu estava olhando ela pois não me movia e estava deitado, eu não me movia por que estava com muito medo do que estava acontecendo,mas percebi que ela estava com mais medo que eu.

       -porque nasci assim!!!,por que eu não tive escolha!!!por que eu fui chamada por aquele caminho!!!;ela clamava e chorava enquanto olhavam com o mesmo estado de espirito que ela.Então quebrei meu silencio.

           -Quem é você;falei com a voz tremula 

           -...

Ela não falava comigo.Fiquei com tanta ansiedade que obriguei ela falar

           - Me conte seu nome!!!;Ela fala

           -E...eu não sei...eles não me deram um nome porque eu não feita merecendo um nome,eu nasci já destinada a morte porque eu não sou igual a elas;        

           -Elas quem; 

           -As rosas,elas não gostam de flores que não são igual a elas então elas mandão para a morte;

           -Que tipo de morte;

           -elas nos mandão para o outro lado da ilha de rosas 

           -Oque tem lá

         -lá não tem nada, nem tem ar.Então nos murchamos aos poucos ate não existirmos mais,por isso ninguém vai lá,só vão para lá quem já esta destinado a alguma punição.

            Antes que eu pudesse fazer mais perguntas uma flor azul entra da cela pagando a flor branca e a mim.Ele estava nos levando para fora da prisão, nos corredores não tinha mais ninguém;a rosa branca olhou para mim e disse;-quando eu der o sinal nos voamos para fora daqui; ela da o sinal antes que pudesse dizer que não tinha asas;-agora; o vestido dela viram duas asa lindas i transparentes ela parecia uma fada. Mas antes que percebesse os guardas a pegaram como si aquilo não fosse a primeira vez que ela tentasse escapar, eu olho para traz e vejo uma moça de vermelho,sem falar nada  ela deu um sinal aos guardas que apareceram para nos luvar para o outro lado.

         Quando da prisão eu pude ver como eu tinha encolhido em comparação ao que estava em minha volta já que dentro da prisão não tinha nenhuma janela para olhar o lado de fora.os guardas nos levam para dentro de algo semelhante a uma carruagem eu entrei e fiquei parado de frente com a rosa branca desacordada,sem saber o que faer me restou aceitar a morte e dormi.     

 


Notas Finais


é isso espero que gostem (essa é aminha primeira historia)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...