1. Spirit Fanfics >
  2. Immortality >
  3. Oitava luta - Durani x Changmin

História Immortality - Capítulo 19


Escrita por:


Capítulo 19 - Oitava luta - Durani x Changmin


Era algo esplendoroso. Changmin está dentro da casa dos Kurosawas.

Changmin – Incrível! – Dizia maravilhado com o que via.

            A casa tinha cabeças encrostadas nas paredes, as próprias tinham uma cor sóbria sobre elas, umas poltronas de amarelo queimado.

            A cozinha e a sala eram unidas e perto de uma mesa em tom marrom-cinza, havia uma escada com lampiões pendurados nas paredes.

            Changmin subiu as escadas. Logo deparou-se com uma janela enorme que dava para ver a lua. Sentiu um calafrio e logo um golpe no estômago. Desmaiou.

            Quando acordou horas depois... Havia uma imagem de um homem pálido a sua frente.

– Q-quem é v-você?! – Changmin perguntou, os olhos embaçados, porém, ouviu uma risada.

Durani – Acordou bela adormecida.

Changmin percebeu que estava ajoelhado e preso nos pés e mãos por correntes. Olhou e logo falou:

– O que pretende?

O homem riu e pegou, sobre uma mesa, um copo. Changmin olhou o lugar e percebeu que era um calabouço, pois tinha correntes e grades.

– O que irá fazer? – Changmin perguntou com os olhos fixos no copo.

            Durani jogou um liquido em Changmin, que o queimou e o fez gritar. Era água quente que escorria pelo corpo do garoto acorrentado.

– Vamos à tortura. – Durani disse e logo pegou um ferro que estava atrás da mesa.

            Changmin viu a ponta do ferro vermelha que fazia um barulho e tinha o odor de queimado, percebeu que aquilo estava quente.

– Não! – Changmin remexia-se para tentar soltar-se das correntes enquanto Durani aproximava-se.

            Ele fitou com precisão o ferro, que começou a mexer-se. Durani assustou com aquilo e largou o objeto que parou no ar.

– O que está havendo? – Durani falou e logo tocou no ferro suspenso.

            A barra de ferro virou-se para Durani e o atacou, porém, ele conseguiu desviar, mas o objeto continuou atacando.

            Changmin procurou pelo lugar algo que pudesse soltar-lhe daquelas correntes, achou uma espada. Usou seus poderes e a trouxe até ele.

            Durani viu. A barra atacou e marcou a parede depois que ele desviou... Changmin livrou-se das correntes fazendo a espada cortá-las.

            Changmin pegou a espada, pulou e atacou o inimigo que desviou-se do ataque, porém, a barra de ferro caiu e Durani a pegou.

            Os dois começaram um mano-a-mano. Changmin atacava com a espada e Durani com a barra de ferro.

Changmin golpeou forte, foi a deixa de Durani, ele desapareceu.

– Onde ele foi?... Cadê ele? – Changmin perguntou olhando para os lados.

            Viu uma porta, resolveu sair por ela. Correu, abriu-a e saiu. Algo atacou suas pernas, ele caiu.

– Droga! – Changmin levantou, largou a espada e usou seus poderes. Criou barreiras psíquicas ao seu redor – Pode vir...

Os minutos foram passando... O silencio reinava... Changmin retirou as barreiras. Olhou o corredor, onde estava, estava em silencio, resolveu ir para o andar de baixo.

Alguém o golpeou com um empurrão e ele rolou escada abaixo. Durani apareceu na parte de cima da escada, rindo.

Durani pegou um chicote e golpeou Changmin. O objeto amarrou-se no pé dele e depois, o inimigo puxou com forca a arma que fez Min voar para uma parede.

Durani desceu as escadas, pegou duas adagas e logo lançou em Changmin. O garoto defendeu-se fazendo as armas pararem no ar.

Changmin avançou no inimigo, pegando umas adagas. Começou o ataque. Ele tentava cortá-lo.

Um dos ataques feriu um dos braços do inimigo. Changmin pegou no pescoço de Durani com seu poder, começou a sufocá-lo. O Kurosawa se ajoelhou e tentou pegar o chicote, achou outra adaga.

Durani levantou-se – mesmo sufocado – avançou e atacou, Changmin desviou, perdendo a força no ataque que sufocava o inimigo.

O inimigo ficou atrás de um armário; Logo empurrou. O objeto caiu e Changmin resolveu ir para o andar abaixo.

Na sala, a luta continuava, Changmin atacava Durani e vice-versa. O inimigo usava tudo o que via para lançar em Min.

Durani viu um lustre, pegou e lançou. Changmin o parou e devolveu o ataque. O inimigo pulou para um lado. O objeto espatifou-se em uma parede de madeira que havia lá.

A parede quebrou e estacas voaram.

Changmin e Durani estavam desviando das estacas. Min foi ferido por uma delas, no ombro esquerdo.

Durani, enquanto se desviava, não percebeu que estava encurralado, não havia saída. No exato momento em que encostou-se em uma parede, duas estacas o atacaram. Uma na coxa esquerda e outra na testa. Changmin sai da casa e vai embora.


Notas Finais


E aí? O que acharam desta luta?^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...