História Imperfeitos - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Karin, Kizashi Haruno, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Amayafanfic, Karin, Naruto, Sakukarin, Sakura, Sasukarin, Sasuke, Sasusaku
Visualizações 34
Palavras 1.158
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi genteeee
Voltei com mais uma história, mesmo tendo duas pra terminar.
Acho que essa vai ser bem curtinha, hehehe.
Vou tentar postar frequentemente tbm.
OBS: título sujeito a mudanças.

Capítulo 1 - Cotidiano


Imperfeitos

Capítulo Um – Cotidiano

- Que nervosismo – a ruiva resmungou ao meu lado. – Ao mesmo tempo que odeio o primeiro dia de aula, eu amo.

- Nem sei para que tanto nervosismo – revirei meus olhos.

- Porque estamos indo para a faculdade, Sasuke – falou como se fosse óbvio. E realmente era. – Tem ideia de quanto tempo eu esperei por isso?

- O ensino médio inteiro?

- O ensino médio inteiro! – falou em um tom alto demais. – Estou animada também. Você não está?

- Indiferente – dei de ombros.

- Você podia parar de ser sem graça o tempo todo – suspirou meio resignada. – Vou terminar de me arrumar.

Arquei minha sobrancelha para esta última atitude da ruiva. Estava claro que eu sempre fui meio “sem graça”, mas ela nunca pareceu se incomodar por isso, pelo menos até os últimos dias. Sem dar atenção a isso, imitei a ruiva e fui terminar de me arrumar, pois senão chegaríamos atrasados (que eu preferia evitar, já que odeio atrasos).

Calcei meu tênis que estava ao lado da porta e caminhei até o espelho que ficava no closet. O closet era composto por um armário, sem portas, de madeira na cor preta e minhas roupas estavam perfeitamente ajeitadas por cor, assim como eu preferia. Era um pouco perfeccionista.

- Karin, está pronta? – perguntei, saindo do closet, mas sem entrar no banheiro, que era onde a ruiva estava.

- Estou – sua voz saio abafada e logo abriu a porta.

Karin estava usando um vestido preto com bolinhas brancas, que vinha mais ou menos até um pouco acima do joelho. Usava também um colar de prata com seu nome e um brinco, igualmente de prata, que tinha uma pedrinha pequena. Em seu rosto havia uma leve maquiagem e bem natural, mas os seus lábios tinham um batom vermelho, sua cor preferida.

- Vocês está linda – disse, aproximando-me dela.

E realmente estava. Karin tinha uma beleza realmente estonteante. Aproximei-me o suficiente, encostando seus lábios nos meus. Pude ver a ruiva fechar os olhos, querendo aquilo tanto quanto eu. Mordi o lábio inferior dela, sem beija-la e me afastei. 

- Sasuke – reclamou. – Não provoca senão vai até o fim.

- Acredite, eu queria, mas não podemos nos atrasar – peguei minha mochila que estava jogada em cima da cama.

- Você vai ver depois – passou por mim, brava e sem sequer me olhar.

Fechei a porta do quarto assim que sai e fui atrás de Karin, que já havia saído do apartamento. Tranquei a porta de fora e esperei o elevador junto a ela. Sabia que a ruiva não estava realmente brava.

- Que tal hoje de noite fazermos alguma coisa diferente? – começou a dizer. – Faz tempo que não fazemos nada... interessante.

- O que seria interessante para você? – abri um sorriso malicioso em sua direção.

- Alguma coisa diferente – disse simplesmente. – Faz tempo que não saímos, na verdade.

- Eu queria poder, mas você sabe que hoje eu trabalho até tarde com meu pai.

- Você nunca pode.

E novamente a ruiva deu o mesmo suspiro de antes, como se estivesse cansada. Não sei quando isso tinha se tornado frequente, mas algo me diz que eu tinha que me preocupar com aquilo, que não era normal.

- Prometo que final de semana faremos o que você quiser.

- Tudo bem – sorriu, mas eu notei que aquele sorriso não era verdadeiro.

Senti uma sensação horrível dentro de mim. Algo definitivamente estava errado.

[...]

- Te vejo depois – a ruiva me deu um selinho.

Não me contentando somente com isso, a puxei para mim e a dei um beijo de verdade. Minhas mão automaticamente foram até sua cintura e as delas foram para meu cabelo, puxando daquele jeito que eu tanto gosto. Assim que nos separamos, foi impossível não desviar os olhos da minha namorada para outro ponto. Um ponto rosa.

Ela estava usando uma bota preta com salto que quase até o joelho, uma calça jeans preta e, pra combinar, uma camiseta preta com a estampa de uma banda de rock. Seu cabelo rosa ia até a metade das costas e seus olhos estavam fixos em mim. Ou na Karin? Não sei ao certo, acho que em nós dois.

Assim que percebeu meu olhar em si, deu um sorrisinho, carregado de malicia, e desviou o olhar para seu celular.

- O que está olhando? – Karin percebeu minha distração.

- Nada – disfarcei. – Te vejo depois.

Nos separamos, cada um para seu lado, já que não estávamos no mesmo curso. Karin fazia letras e eu direito. Quando entrei percebi que a menina de cabelos rosas não estava mais por ali e sequer havia sinal seu. Balancei a cabeça tentando desviar esses pensamentos.

Claro que já havia me sentido atraído por outras meninas, mesmo namorando, mas desta vez parecia diferente, mais intenso, acho.

Fui até a sala 301, no quarto andar e sentei-me em umas das cadeiras mais atrás. Não demorou muito tempo e vi um loiro, Naruto, entrar. Como sempre, parecia sorridente demais, animado demais.

- Eai, Sasuke – me cumprimentou.

- Eai – olhei rapidamente para si, pegando o celular e vendo que faltava apenas cinco minutos para começar a aula.

- Karin veio com você? – perguntou.

- Sim – respondi, sem muito interesse e Naruto riu, conseguindo, por seja lá qual o motivo, chamar minha atenção.

- Entrar na faculdade namorando – riu. – Cada coisa.

- Cala a boca, Naruto – ralhei com ele. – Só fala isso porque Shion terminou com você.

- Cara, isso já faz tanto tempo, esquece isso – revirou os olhos. – Eu já esqueci.

- Sei, só fazem três meses.

Naruto namorava Shion a dois meses, quando terminaram. Começaram a namorar no último ano do ensino médio, mas assim que começou as férias, a loira terminou com Naruto, alegando que ele não era o que ela procurava para si.

- Três meses é bastante tempo.

Antes que eu pudesse falar alguma coisa, o professor entrou na sala, dando início a primeira aula.

[...]

Estava sentado em cima do capo do meu carro, esperando Karin chegar para irmos almoçar. Mexendo no celular distraído, não percebi quando a ruiva chegou.

- Oi, amor – me deu um selinho.

Antes que eu pudesse pensar em fazer outra coisa, reparei na figura atrás da minha namorada. A menina dos cabelos rosas estava lá e nossa... ela era ainda mais linda de perto. Os olhos verde claro estavam destacados com um delineador, sua pele não possuía qualquer resquício de maquiagem e sua boca e maçãs do rosto estavam vermelhinhas.

Meu Deus, essa menina era linda!

- Vou almoçar com Sakura hoje – apontou para ela. – Se importa?

- Não... – respondi, sem conseguir sequer olhar para ela.

- Tudo bem, te vejo mais tarde. Sakura vai me levar.

Karin virou-se de costas e foi junto com a rosada. Sakura. Pude reparar o jeito em que ela olhava para a ruiva. Sakura virou a cabeça para trás e piscou para mim, me deixando confuso.

O que estava acontecendo?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...