História Império - A Era de Ouro em Nárnia - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias As Crônicas de Nárnia
Personagens Aslan, Edmundo Pevensie, Jadis (Feiticeira Branca), Lúcia Pevensie, Pedro Pevensie, Personagens Originais, Polly Plummer, Professor Kirke, Sr. Castor, Sr. Tumnus, Sra. Castor, Susana Pevensie, Tash
Tags Aslam, Edmundo, Edmundo Pevensie, Era De Ouro, Jadis, Lucia Pevensie, Magia, Nárnia, Pedro Pevensie, Reign, Susana Pevensie
Visualizações 27
Palavras 444
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá amores!!! Tudo bem?
Então, aqui estou eu com mais uma fanfic de Nárnia! Rsrs
Bem, há muito tempo estou trabalhando nessa história e a refiz várias vezes até chegar no ponto perfeito pra postar kkkk
Como disse na sinopse ela se passa na Era de Ouro em Nárnia. Tive lendo algumas fics gringas que me deram bastante ideias para montar esta fic.
Então... preparem a pipoca e vamos lá! ♡

Capítulo 1 - Prólogo I


Fanfic / Fanfiction Império - A Era de Ouro em Nárnia - Capítulo 1 - Prólogo I

Ruínas do Castelo de Gelo

Ele estava deitado sobre uma mesa de pedra, preso por correntes de ferro, vestia apenas uma calça e seu corpo todo machucado. Ele observava ela sorrindo para ele enquanto preparava seu sacrifício, era o mesmo sorriso de dias atrás quando os dois se encontraram pela primeira vez numa cachoeira, o mesmo sorriso que ela lhe deu no primeiro beijo, o mesmo sorriso ao dizer que o amava e ambos se entregarem um ao outro. Como podia o mesmo sorriso doce ser o mesmo pela ânsia de mata-lo para obter poder?

Ele se amaldiçoava por ter se deixado levar por seus sentimentos, mas agora era bem tarde para arrependimentos! Não haveria escapatória dali, sua alma já estava condenada a pagar algum preço então foi bem melhor aceitar e esperar o destino final. Seu coração apertava por seu pai, irmãs e amigos que chorariam a dor de sua morte.

Ao seu redor, uma criatura assustadora desenhou um círculo enquanto dizia algumas palavras, era um feitiço, ele sabia. De repente ele foi se sentindo leve, não, ele não queria sentir isso, mas uma alegria o irradiou por dentro. A sua frente uma parede de gelo se formava e nela surgiu uma mulher linda que vestia um longo vestido branco. As algemas lhe foram arrancadas e ele sentou-se na mesa, sorrindo para a mulher.

- Meu querido, preciso que me liberte e realizarei todos seus desejos! – a mulher disse suavemente.

- Lhe darei tudo o que desejar! – ele sorriu.

A bela moça que o havia trago para aquele lugar, o deitou novamente na mesa. Ele estava feliz mas em algum canto de sua mente gritava por socorro. Ele viu quando a bela moça que dizia o amar ergueu a mão com uma adaga, ela aproximou seu rosto do dele e disse “eu te amo... nos veremos em breve...”. Deu-lhe um beijo e em questão de segundos sentiu algo enterrar em seu coração. Tudo foi ficando escuro até tudo desaparecer...

A bela moça pegou aquele pequeno órgão da cor escarlate e levou até a mulher. Dentro da parede de gelo Jadis não podia conter sua felicidade, finalmente estaria de volta e se vingaria de todos sem nenhuma piedade. Ela pegou o coração do rapaz e o comeu, sendo restaurada a vida novamente. A parede de gelo quebrou-se e quem estava ali ajoelharam-se em adoração a ela.

- Finalmente estou de volta! HAHAHAHA!

- Viva a Rainha Jadis! – a criatura, a bela moça e dois lobos que estavam ali clamavam.

- Temos muito trabalho pela frente! – disse Jadis – Os Pevensie irão pagar amargamente por tudo, principalmente aquele reizinho traidor! – seu olhar era ainda mais assassino.


Notas Finais


Uiii! Rs
Bem, o capítulo é pequeno mesmo devido a ser um prólogo onde contém o pontapé inicial da história.
Já já postarei mais um prólogo e o primeiro capítulo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...