1. Spirit Fanfics >
  2. Impossible love >
  3. Capítulo 4

História Impossible love - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Capítulo 4


Após a viagem longa de Mingi, Hongjoong teve que manter ele completamente ocupado para se acostumar com o fuso horário que era um pouco grande, mas assim que anoiteceu, Mingi foi direto dormir.

No dia seguinte eles não acordaram tão tarde e como ficariam dia todo em casa tentaram aproveitar da melhor forma possível, cozinhando, jogando, aproveitando a piscina e com certeza conversando, a amizade deles continuava firme e para matar toda saudade seria difícil e com certeza aqueles dois dias não seriam o suficiente.

A hora passou rápido até a anoitecesse, os meninos estavam terminando de se arrumar para que saíssem, até que Mingi se sentou sore a cama e ligou para Jongho, o rapaz não tinha dado sinal de vida desde que se separam do aeroporto.

- Alô? – Uma voz desconhecida havia atendido o telefone.

- Oh, você deve ser o amigo do Jongho... que bom que fala coreano.

- Hm...sim.

- Poderia passar o telefone a ele?

- Ele está dormindo agora.

- Certo, peça a ele para me ligar depois por gentileza.

Ele apenas respondeu com um "hm" e desligou, achei um tanto desagradável mas ignorei e fui arrumar os meus fios de cabelos.

- Min! Você está pronto? Vamos se não vai ficar tarde. – Hongjoong estava elegante como sempre e Mingi não deixou de o admirar com um sorriso no rosto.

- Vamos, eu já estou pronto! – Disse se levantando.

Ambos seguiram rumo até o carro carro, Hongjoong obviamente iria dirigir já que Mingi não conheci o caminho, o rapaz olhava atentamente as ruas, parecia querer guardar cada lugar que passavam.

- Min! Lembrei que aqui perto tem uma barraca de hot dog e posso garantir a você que é um dos melhores e eu sei que você ama!

- Sim, está certo! Vamos até lá, se for ruim eu não vou hesitar em falar!

- Na hora você só vai pensar apenas em comer e vai esquecer de falar.

Eles riram e em mais alguns minutos eles haviam chego no centro da cidade, até que de noite era bem cheio, fizeram um pequeno caminho até com que chegassem na certa barraca e pediram dois hot dog.

- Algo para beber? – Perguntou Hongjoong para Mingi.

- Não, apenas o hot dog está bom.

Hongjoong concordou e após finalizar o pedido eles se sentaram em uma mesinha pouco afastada da barraca esperando com que seus pedidos chegassem.

- E então, o que está achando de Los Angeles?

- Olha eu estava assustado no começo mas agora quero aproveitar apenas esse pouco tempo com você, nunca se sabe quando iremos nos encontrar novamente.

- Você tem razão, meu velho amigo.

- Hong! Não me chama assim se não irei me sentir velho mesmo. – Hongjoong riu e apenas mexeu a cabeça em negativo.

- Min...uma coisa que roda em minha cabeça é...naquele dia em que eu liguei para você para avisar eu iria me mudar, você também queria falar algo para mim, mas não disse, ainda lembra o que queria dizer?

Mingi foi pego de surpresa o que fez ele ficar incrédulo por alguns segundos antes de limpar a garganta e encarar Hongjoong, ele queria muito dizer tudo o que estava preso em sua garganta, tudo que guardou ali por anos, mas acabou mudando de assunto ao ver seus hot dog's se aproximarem.

- Veja, nossos lanches. – Disse observando um rapaz colocar os hot dog's sobre a mesa. - Thank you. – Mingi agradeceu em inglês e Hongjoong olhou para ele franzindo o cenho. - O que? Eu falei algo de errado?! Thank you é obrigado né?

- Não é isso, está certo! Você está todo fluente aí, já pode vir morar aqui em Los Angeles.

- Haha, muito engraçado! Exagerado.

Depois de um tempo dos dois comendo juntos, eles retornaram até o carro onde Hongjoong começou a dirigir até outro lugar que também não demoraram muito para chegar.

- É aqui o lugar que você disse que irei me surpreender sozinho?

- Sim! Só precisamos subir naquela escada. – Hongjoong apontou e segurou na mão do amigo o puxando até a escada onde subiram e tiveram a visão maravilhosa da cidade de Los Angeles completamente clara por suas luzes 

- Nossa... – Mingi disse baixo um tanto admirado com a visão que teve, ele amava esse tipo de paisagem.

- Bem, aqui é chamado de observatório Griffith, um dos primeiros lugares que visitei quando me mudei pra cá. Sei que é um pouco simples mas, o que achou?

- Está brincando comigo? Isso daqui é incrível! Eu estou até sem palavras.

Hongjoong sorriu largo com o comentário do amigo e ficou em silêncio para que eles pudesse admirar com atenção a paisagem. Mingi parecia um tanto pensativo admirando Hongjoong que encarava a vista da cidade.

- Hong... – Mingi o chamou em tom baixo se virando de frente para ele.

- Hm? – Hongjoong resmungou e também sem virou de frente para o maior que o encarava fixamente, fez até ele sentir um pequeno calafrio na barriga.

- Ah verdade é que...o que eu queria dizer a você aquele dia... – Ele respirou fundo e segurou na destra do rapaz ainda o encarando. - Eu queria dizer que eu gosto muito de você, desde aquela época, eu achei que depois de todos esses anos meus sentimentos por você iria mudar, mas não...toda vez que penso em você, tenho alguma lembrança, esse sentimento apenas cresce e agora que estou em sua frente, posso ter certeza o quanto amo você.

Hongjoong escutou todas aquelas palavras, ficando por longos segundos em silêncio antes de suspirar e abaixo sua cabeça.

- Mingi...eu não sei nem o que dizer mas, eu estou namorando, eu deveria ter dito isso antes, eu...

- Ei! Tudo bem você não precisa se explicar. – Mingi sorriu fraco e foi soltando aos poucos a mão de Hongjoong, só então pode sentir o anel em seu dedo, encarou aquele objeto prateado e sorriu novamente. Eu pensei que algum dia poderíamos ficar juntos e pelo visto me enganei, não sei por qual motivo eu crio expectativas mas a realidade é sempre o ao contrário. Mingi encarou seu amigo e bagunçou os fios alheio com um largo sorriso, mesmo em uma situação nada agradável ele não deixava se abalar, gostava de estar sorrindo para mostrar que estava "tudo bem" - Vamos esqueça isso! Afinal somos amigos e não vamos deixar que isso estrague as coisas. Deveríamos voltar para sua casa, está tarde e amanhã você precisa se arrumar! Tem que ter uma noite de príncipe para arrasar na festa, certo?

- Vou querer café da manhã na cama, massagem e por aí vai, ouviu criado? – Hongjoong tinha ficado um pouco desconfortável com a situação  que passaram minutos atrás mas resolveu entrar na onda do amigo.

- Como quiser majestade, terá tudo.

Eles riram juntos e tomaram rumo a casa de Hongjoong novamente...


Notas Finais


Tadinho do Mingi, quem esperava por um baque desses ):
Obrigado ao pessoal que está acompanhando!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...