História Impossible love. (Yoonmin) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Jimin, Namjin, Vkook, Yoongi, Yoonmin
Visualizações 134
Palavras 890
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Acho que fiz algo errado...


Sabe aquele incômodo que você sente quando vê a pessoa que você gosta com outra? Então, é exatamente isso que estou sentindo agora.

Min veio jantar aqui em casa, e ver ele grudado com minha irmã me dá certo incômodo.

Talvez seja coisa da minha cabeça. Deve ser só por não conhecê-lo direito, e ver ele próximo assim da minha irmã me incomoda.


-Filho, leve Min ao seu escritório para conversarem. -falou meu pai.

- Posso ir junto? Já que sou a noiva dele, devo estar juntos na hora dos negócios. -minha irmã falou entusiasmada.

- Você irá depois de se casar com o Min. -falei- Enquanto não estão casados, não tem o porque se meter nos negócios do Min. -falei rígido.

- Então como Park? -falou sugestiva.

- Não é entre Parks’ e Min’s, é entre Park Jimin e Min Yoongi. -falei me retirando.

Senti a presença de Min me seguir. Aquilo me deixava meio incomodado, mas não em um sentido ruim, era uma sensação boa.

-Pode entrar. -falei dando espaço.

- Não precisa ser tão formal. -ele disse.

- Ok. -disse sorrindo.

- Antes de começar a reunião, tenho algo que precisamos fazer. -falou sorrindo malicioso.

- O que- ele me roubou com um beijo.

Suas mãos foram direto para minha cintura. Sem perder tempo cedi ao beijo, logo colocando minha mãos em volta do pescoço dele.

Nossas línguas dançavam em sincronia. Esse beijo fez isso um arrepio percorrer meu corpo. Esse desejo presente me fez ficar excitado.

-M-min. -falei manhoso.

- Agora sou seu daddy. -falou autoritário.

Na hora me colocou em cima da mesa, voltando a beijar minha boca ferozmente.


[...]


Nunca pensei que faria sexo com com um homem. Ainda mais sendo passivo!

Mas aquilo foi tão bom. Depois daquilo tivemos que fazer a reunião normal, mesmo com ele me provocando.

-Agora preciso ir. -o Min falou se levantando.

- Oh, que pena. -minha mãe falou- Querida leve seu noivo até a porta. -falou minha mãe.

Noivo da minha irmã… Eu transei com ele, será que isso é considerado errado? Aish, não vou pensar nisso agora!

-Tchau Park. -ele falou sorrindo.

- Tchau Min. -disse fazendo uma reverência.


Acho que vou descansar, estou acabado. E amanhã será um longo dia.


[...]


-Senhor Park, o senhor Min está aqui. -minha secretária falou.

- O que ele quer? -perguntei.

- Falar com o senhor, não disse sobre o que se trata. -disse.

- Mande entrar.

Não vou negar, estou curioso sobre o que ele quer conversar.

Seria bom ele cancelar o casamento, assim eu teria mais chances.

Cala a boca Park Jimin! Ele é o noivo de seu irmão e um é homem! Um homem!

-Olá Jimin. -o Min interrompeu meus pensamentos.

Aquela voz grossa, causa até arrepios.

-Min, o que o traz aqui? -me levantei.

- Sem formalidades. -disse.

- Sim, Yoongi. -disse sorrindo.

- Queria lhe convidar para ir comigo em minha casa na praia hoje. -ele disse.

Aquilo me deu um nervoso. Não sabia se aceitava ou não.


Vou aceitar…

Não vou não…

Ah, que mal faz aceitar?

Não é para aceitar!

Vou aceitar porque sou educado.

Ele é o noivo da minha irmã! Vou recusar.


-Acho que não faria nenhum mal. -Aí Deus! Nem minha boca me respeita. Era para ter dito Não, NÃO.

- Quer que te pegue onde? -perguntou.

Se ele for me buscar em casa meus pais vão achar estranho e fazer eu levar minha irmã.

-Pode ser aqui mesmo. -falei simples.

- Até Jimin. -senhor aproximou deixando um selar em meus lábios.

Fiquei sem reação. Ele só riu e saiu.


-Ferrou. -disse me desesperando.


[...]


-Onde vai filho? -meu pai perguntou.

- Vou na casa de um amigo, na praia. -falei.

- O noivo de sua irmã vai passar uma semana fora, e não vai poder levá-la junto. -ele falou decepcionado.

- E sua irmã está realmente gostando dele. -minha mãe sorriu.

Morri. Tô ficando com o noivo da minha irmã, que ela gosta. Já seria algo errado de qualquer jeito, mas isso não faz de mim um monstro, certo? Acho que faz, só a pior pessoa dá terra.

-A-ah… Que legal! -abri um sorriso falso.

- Só temos que saber se ele sente o mesmo por ela. -minha mãe disse- Mas quem não se apaixonaria pela sua irmã?

Min Yoongi, o noivo dela. Porque eu vou conquistar ele antes.

Eu só tenho 25 anos, então minha mentalidade tá boa.

-Mãe! -minha irmã gritou- ele vai para praia com o namorado dele! -ele chorava.

Namorado? Mas achei que ele ia comigo… Num creio!

-Namorado com “o”? -minha mãe perguntou assustada.

-Isso. -ela limpou as lágrimas- Mas eu sou a noiva dele, ele tá me traindo é isso? -perguntou brava.

- Dificilmente casamentos arranjados tem amor envolvido. -falei- Muitos arranjam amantes. -falei me arrependendo depois.

- Mas ele tem que me amar! -ela gritou- Pai, vou descobrir que é esse namorado dele é acabar com ele! -falava com os olhos brilhando de raiva- E você vai me ajudar. -apontou para mim.

- Não! -falei rápido.

- Como? -ele me encarou brava.

- Ele não é obrigado a te amar. -falei irritado.

- Ele é sim! Ele é meu noivo! -disse irritada.

- E meu namorado! -soltei sem querer.

Minha irmã e meus pais arregalaram os olhos.

Ela estava me estressando e soltei sem querer. Não acredito que fui capaz de fazer isso. Será que eles vão me odiar?

-O-o que? -minha perguntou chorosa.

Na verdade, a gente não namora.

-Não falei a verdade. -disse e eles não acreditaram- você estava me obrigando a fazer algo que eu não queria, só falei qualquer coisa! -disse bravo- Ele só é seu noivo, não significa nada para mim. -disse ríspido.

- É bom saber disse Jimin. -Yoongi falou da porta.


Merda.


Notas Finais


Fiquem com este capítulo ❤
Desculpe qualquer erro.
I love you❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...