História Impossible love. (Yoonmin) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Jimin, Namjin, Vkook, Yoongi, Yoonmin
Visualizações 351
Palavras 1.001
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Sun Hee!


Eu não sei, mas acho que nunca chorei tanto na minha vida, falta cinco dias para o casamento e não vai ser comigo que o Yoongi vai casar. É sim com minha irmã.

Ele foi proibido de falar comigo, só depois do casamento e se descobrirem algo, eu vou perder a empresa e vou ser mandado para o exterior.

Não pensei que minha irmã conseguisse ser tão mau assim, sempre fiz tudo para ela, as garotas que perturbavam ela eu fazia questão de tomar alguma atitude contra elas.


-Jimin, venha comer. -minha mãe me chamou do outro lado da porta.

Eu não comia mais, faltei na empresa foi dias seguidos, não sou mais capaz de levantar da cama.

Mas minha mãe não tem culpa, só vou comer agora para ver ela melhor, sei que ela está mal por causa de mim.


-Oi. -cheguei me sentando ao lado de minha irmã.

- Filho, seu estado está horrível! -minha mãe disse preocupada.

- É só drama. - minha irmã falou- Ele sempre foi dramático.

- Filha, não fale assim de seu irmão. -minha mãe falou calma como sempre.

- Ele tem vinte cinco anos e fica fazendo draminha porque não vai se casar com o Min Yoongi, meu noivo. -disse dando uma risadinha.

- Isso, eu tenho vinte cinco anos.- falei e minha mãe e meu pai me encararam, junto de minha irmã- E você tem vinte e quatro, a única coisa que exijo é respeito de sua parte. -encarei ela.

- Quer respeito? Ok, até o dia do meu casamento com o Yoongi te respeito, depois disso, eu respeito o Yoongi, meu futuro marido. -disse sorrindo de ladinho.

- Filha… -disse minha mãe.

- Tá, mas saiba de uma coisa. -sorri maldoso- ele nunca vai dizer “te amo” ou te chamar de “baby”- sorri e sai.

- Volta aqui seu cretino! -ela gritou.

- Park Sun Hee! -minha mãe gritou.

Até eu me assustei, era primeira vez que vi ela gritar.

-Respeite seu irmão! -falou - E você! -apontou para meu pai- Não tinha o direito de cancelar o casamento do Jimin com o Min! -falou alto com ele.

- Mas ele teve relações com o noivo da irmã! -disse alto.

- Fui eu que assinei aquela merda de papel! -ferrou- E, sua filha também saia com outros durante o curto período de noivado!

- Mãe! -Sun Hee falou.

- Isso não vem ao caso agora! -meu pai gritou.

- Claro que vem! Sun Hee é mimada por você! -apontou para meu pai.

- Como pode provar que ela saia com outros rapazes?

- O Min deixava ela em casa e depois ela saia e outro cara deixava ela aqui. -disse se acalmando- Quero que o casamento do Min seja com Jimin.

- Não acho justo, ele é meu! -minha irmã gritou.

- Não tratem ele igual uma mercadoria… -falei baixo- Acho que ele deveria escolher, ele é uma pessoa igual nós.

Minha mãe sorriu.

-É assim que uma pessoa deveria tratar seu noivo. -falou minha mãe.

- Sun Hee se casará com o Min, fim de conversa. -meu pai se retirou da mesa.


[...]


-Filho, tem certeza que é essa sua escolha? -minha mãe perguntou.

- Desculpe mãe…- abracei ela- Te amo. -beijei a testa dela.

- Se cuide amor. -sorri.

Agora que vou esquecer o Yoongi e seguir a minha vida.


Comecei caminhar em direção ao carro, mas alguém me segura.

-Seulgi? -perguntei surpreso.

- Jimin, eu senti saudades. -sorriu.

O que ela tá fazendo aqui?

-Seulgi… -sorri falso.

- Nossa não está animada de me ver? -perguntou fazendo um bico.

- Sinceramente não. -continuei andando.

- Jiminie, por que está assim? - perguntou preocupada.

- Longa história… -falei baixo.

- Vamos para um cafeteira conversar.

- Acho que não vai fazer mal. -sorri.


[...]


-Isso é muito estranho! -falou alto- Sempre achei a sua irmã idiota. -falou bufando.

- Mas eu errei mais que ela. -suspirei triste- Fui um idiota e acho que vou recomeçar.

- Que bom! -sorriu animada- Eu fui lá para te convidar para meu casamento! -entregou o convite.

- Nossa, seu noivo é bonito! -ri.

- É,sempre tive sorte em escolher meus noivos- piscou para mim.

- É, eu acho que sou mais bonito que ele. -falei convencido.

- Ele é perfeito. -sorriu boba.

- Nunca vi você assim.

- Assim como? -fez uma cara confusa.

- Apaixonada.

- Ele é incrível! -sorriu.

- Você tem sorte. -suspirei.

- Nunca vi tanto suspiros saindo da sua parte. -ela riu.

- Eu tô muito bolado.

- Você está em um estado deprimente. -falou preocupada.

- Eu tô melhor que antes. -falei.

- Sua irmã nem gosta dele de verdade- revirou os olhos- Prefere usar ele como prêmio do que como marido, sabe, amar e dar carinho.

- Você conhece ela mais que eu. - sorri envergonhado.

- Eu sou boa em analisar a personalidade e descobrir a verdadeira pessoa que tem por trás dela. -falou convencida.

- Você já terminou a faculdade? -perguntei.

- Já, e agora vou casar! -disse animada.

- Parabéns.

- Obrigada. -me abraçou- Agora tenho que ir, bye. - mandou um beijo no ar.

A Seulgi está feliz e fico feliz por ela. A Seulgi já teve vários problemas amorosos, e um deles fui eu, por isso acho justo ela casar com alguém que mereça.


[...]


-Jimin! -o Jin me chamou.

- Oi Omma. -ri.

Ele odeia ser chamado assim.

-Omma teu cu. -falou revoltado.

- Nossa, que princess. -disse irônico.

- Eu sou uma princesa e o Namjoon é meu príncipe. -ele rodopiou.

- Eu disse que ele é hétero! -falei irritado.

- Não se irrite minha cria. -falou passando a mão na minha cabeça- Se iludir e ser trouxa é algo que todo ser humano é.-sorriu.

- É, eu sei. -abaixei a cabeça.

- Você vai no casamento? -perguntou apreensivo.

- Não, isso seria muito dolorido.- Coloquei a mão no coração.

- Não vou deixar minha cria chorar. -sorriu malvado- Hoje a gente vai para um festa!

- Festa? Não tenho idade para isso. -falei colocando a mão nas costas.

- O Chanyeol vai dar uma festa hoje, e você vai. -disse sério.

- Não sei se deveria… -abaixei a cabeça.

- Tu vai, nem que te jogue dentro do carro. -deu uma risada malvada.

- Ok, eu vou. -sorri.

- Ebaa! -deu pulinhos.


Vamos esquecer Min Yoongi, essa é minha próxima tarefa. Porque dúvido meu pai cancelar o casamento sendo que falta três dias.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...