1. Spirit Fanfics >
  2. Impossible (Sasosaku) >
  3. Você tá vivo

História Impossible (Sasosaku) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Eai essa fic aqui e diferente das outras minhas , e eu amo esse casal e o que eu mais shippo .
Desculpa qualquer erro mais escrevi de madrugada

Capítulo 1 - Você tá vivo


Fanfic / Fanfiction Impossible (Sasosaku) - Capítulo 1 - Você tá vivo

                          * Sakura on*

Não sei o que está acontecendo comigo não consegui entender porque ultimamente desde nossa luta tenho pensado nele , não dá for forma que deveria mas toda vez que me lembro que eu que matei ele meu coração dói e , e agora que a guerra acabou venho pensando nele constantemente e sempre me arrependo de matar ele , sempre me lembro o sorriso convencido que ele dava , da cor do cabelo , me lembro até mesmo do último segundo da batalha . Todo mundo pensa que eu vivo no hospital pra não pensar no Sasuke na verdade isso é bom e melhor pensar nisso que descobri que na verdade ando triste por ter matado a única pessoa que me apaixonei e que acabei matando por ser um ninja criminoso .

Minha esperança era que não passar de engano do meu coração tentei falar várias vezes que eu amo o Sasuke e sempre acabava chorrando por causa de Sasori esse era a pessoa ou a marionete que eu estou cansada de dizer que não amo quando na verdade e o contrário , eu odeio isso ele está morto eu que matei ,mas no fundo do meu coração diz que não . Sinto que minha sanidade mental está se indo já faz um ano que a guerra acabou então depois que admiti para mim mesma que eu amo o idiota do Sasori Akasuna . Kami realmente mente gosta de brincar comigo primeira minha "obsessão" pelo Uchiha agora e aqui chorrando por amar uma pessoa morta a vida gosta de nós ver sofrer.

Acordei como todos dias olhos vermelhos de tanto chorar na noite anterior , cansada pois pouco dormi ficava só pensado como seria se eu não tivesse matado ele " Para Sakura ele teria te matado e nunca ia sentir o mesmo que você sente ele é um criminoso que matou muito ele só faria de você mais uma marionete " depois de descutir mentalmente comigo mesma me lavantei e fui tomar meu banho que foi demorado como os outros , depois disso fui me arrumar para o hospital essa era a minha rotina só voltava para casa quando estava sem chakra . No meio do caminho um Anbu me avisou que Tsunade estava me convocando para um missão, rapidamente fui na torre da Hokage o que eu menos precisava ela era braba porque demorei pra chegar.

Cheguei e bati na porta esperando ela responder até ela falar " entre" então obedeci .

— Sakura que bom que chegou rápido, essa missão que vou te dar e extremamente sigilosa entendeu ?— Me perguntou com uma cara sério demais já estava me deixando nervosa eu apenas assenti para ela poder continuar.— então Sakura depois que a guerra acabou achamos estar em paz , isso até pessoas de uma vila começarem com o boato que Sasori está vivo e...— Ela ia continuar mais interrompi .

— Como Tsunade se eu matei ele ainda , e não pode ser o Edo Tensei por que eu sabia o Kabuto não faria isso de novo — falei c a voz um pouco trêmula .

" Não acredito ele pode estar vivo , e se ele estiver oque vou fazer ? Kami por que isso agora , eu não posso mostrar a Tsunade que estou feliz por ele está vivo tenho que demonstrar frieza ."

— É Sakura por isso estou te mandando em missão se for ele mesmo quero que você venha mais rápido possível para avisar assim mando uma equipe para capturar ele . Então Sakura você terá que se infiltrar sozinha pois os outros estão em missão em países aliados, não podermos alterar todo mundo sendo que não tendo provas concretas e sim boatos .— falou com calma eu entendi , e fiquei feliz de ver ir sozinha assim poderia falar com ele .

— Entendi Tsunade quando eu parto ? — perguntei não demostrando sentimentos por mais que dentro esteja quase explodindo por dentro .

— Hoje a tarde Sakura e toma essa pergaminho dentro dele tem todas as informações que você precisa, dispensada.— falou e sai do escritório da Hokage.

Fui para minha casa que morava sozinha pois meus pais tinham morrido na guerra , estava arrumando nas minhas coisas quando parei na frente do espelho e percebi que mudei dessa última vez que nos encontramos , meus cabelos estavam mais longo estavam na batendo na minha cintura, meus seios cresceram bastante não era mais uma tábua , minha bunda aumentou muito , e até minha testa diminuiu , mas a única coisa que eu não gostei de ver e que minhas roupas pareciam de uma velha senhora avia me deixado essa parte de lado já que gastava meu tempo livre chorrando por ele , mas agora se ela estiver realmente vivo não posso encontrar ele assim.

Depois disso fiz muitas comprar renovei o meu guarda roupa e também comprei peças íntimas já que não sou nenhuma garotinha pra andar por aí com uma calcinha com desenhos de gatinhos tenho certeza se Sasori me visse dessa forma ia ri da minha cara. Já estava quase na hora da missão peguei o pergaminho e onde Sasori estava era muito longe e numa vila bem afastada ficava dez dias de viagens . Depois de revisar a localização segui indo para a viajem.

**** 10 dias depois****

Eu já estava cansada da viagem mal dormia direito estava muito ansiosa e muito preocupada se não estaria me iludindo demais , mas no fundo meu coração dizia que estava fazendo o correto. Cheguei na vila as pessoas são simples então fiz um justo de transformação ninguém poderia suspeitar , então comecei a caminhar até que vejo uma cabeleira vermelha e rosto ele continuava mais lindo do que me lembrava

Não sei o que aconteceu em mim estava muito feliz em ver ele então sem pensar em nada apenas mandei chakra para meus pés então corri muito rápido e pulei e abracei ele que ficou estático e lágrimas caíram do meu rosto ELE ESTA VIVO , era o que meus pensamentos gritavam.

— Sasori-kun vo..cê es..tá vivo .— eu já estava chorrando muito até que ele percebeu oque estava acontecendo e tentou desfazer o abraço do que abracei mais ainda com muita força .

— Haruno o que está acontecendo , se você tá me abraçando se não percebeu mais acho que te mandaram em uma missão para me matar e que nem daquela vez e não ficar assim comigo .— ele falou e comecei a chorar muito eu queria que ele me estendesse e precisava falar tudo pra ele mesmo querendo me matar.

— Me desculpe por favor Sasori-kun por te matar eu prometo que nunca mais farei aquilo porque eu……te ….amo por favor não me deixe mais — falei gaguejando com o rosto vermelho igual o cabelo dele.

Ele se separou do abraço e olhou profundamente nos meus olhos e afastou uma mexa do meu cabelo e colocou na minha orelha e sua mão foi parar na minha bochecha fazendo carinho nela .

— Tem certeza que não está brincando comigo Haruno que eu sabia você amava certo Uchiha agora aparece falando que me ama ,fala a verdade Haruno não gosto de mentira.— disse com a voz sério ,mas pode perceber que quando ele falou que eu amava o Uchiha sua voz pareceu triste.

— A verdade Sasori Akasuna e que desde daquela luta não deixo de pensar um dia se quer em você , eu choro todos os dias por me sentir culpada por te matar eu percebi que nunca amei o Sasuke eu só tinha uma obsessão por ele , já você foi o único que realmente eu amo , você é o único idiota no mundo inteiro que eu amo Sasori-kun eu só quero você desde da nossa luta — falei abaixando e lágrimas saíram por mais que não queria , então ele secou elas e levantou meu queixo para eu poder olhar ele .

— Sakura então por favor não minta pra mim a partir de agora você é SO MINA ÁGORA.— Falou sério com um sorriso malicioso nos lábios.

Então ele me puxou para um beijo , era meu primeiro beijo e não sabia o que fazer então deixei ele guiar os movimentos a língua dele era deliciosa tinha medo que aquilo fosse um sonho, mas não era e Sasori-kun provou isso .

            " Eu realmente amo Sasori-kun e não vou desistir dele"


Notas Finais


Já escrevi o próximo capítulo é tem hentai preciso saber se vocês querem que eu continue .
Continuo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...