História Impossível de te amar... - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Dutah, Lgbt, Tahduh, Yurilesbica
Visualizações 7
Palavras 768
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Fluffy, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Essa fic é feita por MIM! Vlw flw 🌈

Capítulo 1 - A verdade é dói, mais fortalece...


Fanfic / Fanfiction Impossível de te amar... - Capítulo 1 - A verdade é dói, mais fortalece...

{Eduarda On:}

Eu estava deitada na cama com um tédio total dando um rolê pelo instagram quando vejo a foto da Thays ... 

Eduarda- Até nas fotos você me persegue... Não consigo te tirar da minha mente.... 

Ouço meu celular tocar e vejo a foto da Thays com o nome "Minha Baby 🌈" Atendo a ligação rapidamente, e ouço a voz manhosa da pessoa... 

(Chamada On:) 

Thays- Miga, eu sei que não é hora pra ligar mais eu acho que eu tô com um probleminha... Pode passar na farmácia e comprar esse remédio?! 

Eduarda- Posso oq precisa...? 

Thays- *fala o nome do remédio* 

Eduarda- Tudo bem! 

E é aí que eu acordo pra vida e vejo que aquele remédio é um tipo "anti-desejo sexuais" Eu fico boiando querendo saber oque diabos ela queria fazer com aquilo... Enfiar no cú é que não... 

Thays- Xauh! 

Desligo a chamada rapidamente, e vou me arrumar... 

10min depois... 

Saio do meu quarto e vou para a cozinha e depois para o corredor até chegar a porta da saída. Guio minha mãe até a maçaneta e abro a porta. 

Vou em direção ao carro, abro a porta do carro e entro nele, em seguida ligo o carro o mais rapidamente possível... 

15min depois... 

Estava no meio de um trânsito e logo vi uma farmácia logo ali na esquina, mais penso comigo mesmo... 

Eduarda- Acho que tenho uma idéia melhor.... 

Passo reto da farmácia com o carro, e viro na rua da Thays... Logo em seguida chego na casa da Thays, saio do carro rápidamente e toco a campainha... 

Thays- Edu? 

Eduarda- Yes

Ela destrava o portão e vem correndo em minha direção... Com a narguilé

Eduarda- ah tá fumando uma e nem convida?! 

Thays- Desculpa... 

Eduarda- Tudo bem... 

Ela começa a me olhar de cima pra baixo tentando procurar algo... 

Thays- Cadê o remédio que eu pedi? 

Eduarda- Eu tenho uma idéia melhor! 

Thays- Qual? 

Eu vou dando leves empurradas nela até a porta da casa dela, quando entramos na casa surpreendentemente ela se joga em mim e faz uma carinha sexy de manhosa... 

Thays- Qual a idéia Honey? 

Eduarda- H-Honey?! *coro*

Eu sentei no sofá e ela se sentou no meu colo de cara pra mim, e é óbvio que o único fiu de juízo que eu tinha pra não fazer "aquilo" Tinha se acabado Ali mesmo... 

Peguei ela no colo e sentei ela em uma estante, e comecei a beijá-la, ela começava a mor discar meus lábios, e eu beija ela com mais suavidade... Ela estava apenas com um roupão, oque para mim era uma sorte, enfiei minhas mãos suavemente debaixo do roupão que por incrível que pareça ela estava apenas de sutiã e calcinha, comecei a tocá-la, para tentar encontrar seu ponto "mágico " E sem demorar muito encontrei com facilidade! Comecei a tocar aquela parte, com toda suavidade e vontade. Ela começou a soltar uns pequenos gemidinhos e querendo ouvir mais daqueles "doces gemidinhos" Me aprofundei um pouco mais naquilo, levei ela para o quarto e lá começou o fogo. 

🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥

Tirei as peças de roupas que ainda faltavam e logo comecei a beijar seu corpo inteiro, ela começou a dar uns gemidos mais altos cada vez mais... E claro que aquilo me dava vontade de continuar a fazer aquilo, em uma gaveta onde sabia onde ficava as coisas "íntimas" Da Thays tinha alguns "brinquedinhos" Que seriam essenciais para o processo🔥, enquanto a Thays- estava enlouquecendo de tesão eu estava colocando o "brinquedinho" Em mi, depois de colocar, ccoloquei ela de bruço, e comecei a penetra-la com suavidade até que ela se acostumasse com a penetração... Ela fez um sinal para que eu já pudesse mecher e a começar com os movimentos, comecei a penetra-la com vontade, e os gemidos não paravam de vir, aquilo estava me deixando louca e ela já estava mais do que louca... Parei de penetra-la e comecei com a parte da frente, ela já estava a flor da loucura então peguei um pouco mais leve, comecei a dar leves estocadas no ponto dela, e o resultado foi o melhor, ouvir os gemidos dela era a única coisa que eu queria naquele momento, tê-la pra mim... Só para mim... Me fez deseja-la mais e mais. Enquanto eu estava parando aos poucos, aos poucos a Thays pegava no sono, deitei ela na cama cuidadosamente, cubri ela e beijei ela com carinho... 

Eduarda- Eu quero te amar, mais ao mesmo tempo... É impossível de te amar... 

Fiquei olhando para aquela carinha angelical dormindo, enquanto eu caia no sono lentamente... 

Eduarda- Boa Noite, Baby... 

Amanhã provávelmente... Você não se lembrará desse momento... 


 {Fim🌈🔥}



Notas Finais


Obrigada! 🌈🌈🌈

~Xauh 🔥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...