História Impossível Não se Apaixonar - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook)
Tags Droubble, Imagine, Oneshot
Visualizações 8
Palavras 707
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Droubble, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Único;


Ele é alto e lívido, e envolvia-se, do pescoço aos pés, em uma traje elegante junto de uma capa negra. A máscara que ocultava o rosto era tão de modo a quase representar a fisionomia de um Coelho com alguns detalhes em dourado.

E, contudo, ele encontrava-se abaixo da bela dama vestida em um vestido negro e rendada, que encontrava-se distraído a observar todos na grande festa, ela também que se encontrava mascarada como o homem coelho.

Quando os olhos da linda mulher mascarada cruzaram com os seus, o homem sorriu por debaixo da máscara. 

Ela se desencostou-se da sacada do teatro e fixou seu olhar no homem - a quem tanto à encarava.  

- S/N! - A voz de sua amiga soou bem a seu lado, assuntando lhe e fazendo-a tirar os olhos do belo homem mascarado por breves minutos. 

- O quê foi? 

- Eu que lhe pergunto isto! - Disse a menina - Você está sonhando acordada novamente?

- Sonhando? - Perguntou S/N ainda um pouco confusa. - Não... Eu só... - Ela tentou procurar pelo homem no andar de baixo do teatro mas não conseguiu. Suspirou baixinho decepcionada consigo mesmo por ter o perdido de vista. - Eu não estava sonhando, estava olhando para alguém... - sussurro a última parte. 

- Novidade. Você sempre sonha acorda- 

- Eu preciso sair daqui, vou ir lá fora tomar um ar. - Disse S/N afastando-se de sua amiga. 

O camarote do teatro estava cheio de adolescentes a dançar e beber diversas bebidas. Nesta noite, a grande festa estava sendo a fantasia. Por isso todos estavam fantasiados, incluive S/N. 

Ao caminhar pelo enorme corredor sentiu alguém lhe puxar pelo braço e bater suas costas na parede. A bela dama feixou seus olhos com o impacto soltando um baixo gemido surpreso e de dor. A força que aquela pessoa empunha-lá era enorme. 

Quando abriu seus olhos novamente se deparou com a máscara de Coelho. 

- Minha bela dama, o que faz sozinha por este enorme corredor? - Perguntou irônico o homem mascarado. 

S/N hesitou em lhe responder, mas depois disse:

- Estou a procura de ar fresco e você? 

O homem riu. 

- Eu estava te procurando... - Ele aproximou perigosamente seu rosto mascarado em direção a S/N. 

- Você me encontrou. - Sussurrou ela enfeitiçada. 

Embora não conseguisse ver, ela soube quando ele sorriu. Lentamente o homem a soltou e por fim sua mão foi em direção a máscara que escondia seu rosto, ele a tirou revelando sua bela face jovem. 

- Gosta do que vê? - Perguntou. 

- Gosto. 

Ele sorriu. 

- Posso retira sua máscara minha bela dama? 

A bela dama assentiu sentindo seu coração bater forte no peito. O homem - que até então não dissera seu nome - guiou sua mão até o braço de S/N a levantando levantando lentamente enquanto deslizava a ponta de seus dedos pela pele macia e quente da adolescente. Elas subiram até seu ombro onde de lá ele guiou até sua clavícula e depois pescoço, subiu mais um pouco e chegou até a máscara que a mesma usava. Ele a retirou delicadamente de sua face e viu os belos olhos castanhos o encarando. 

A bele bronzeado e os cabelos cacheados pareciam fazer o belo homem delirar. 

- Você é muito linda, sabia? 

- Sim, eu já sei disto. - Sorriu a morena provocativa. 

Ele sorriu e se afastou um pouco para slmente pegar na mão da dama e beijar o dorso de sua mão. 

- Eu me chamo Jungkook... - Disse o rapaz - e você, qual o seu nome? 

- Você quer mesmo começa com está formalidade? - Perguntou. Jungkook juntou suas sobrancelhas confuso, mas logo foi surpreendido pelo puxão que S/N deu na gola de sua camisa o puxando para um beijo feroz. 

Jeon aceitou de bom grato o contato com os doces lábios da bela dama e aproveitou sua deixa para aprofundar mais o beijo. 

Os dois desconhecidos beijaram-se como se não houvesse amanhã. Suas mãos dedilhavam cada parte de seu corpo e sempre paravam em seus cabelos que eram puxados e presos. 

Jungkook não poderia negar. 

Impossível, está era a palavra que a descrevia, é impossível não se apaixonar por uma mulher assim em um único beijo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...