História Impossível não te amar - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Carrossel
Personagens Adriano Ramos, Alícia Gusman, Bibi Smith, Carmen Carrilho, Cirilo Rivera, Clementina Soares, Daniel Zapata, Davi Rabinovich, Diana Ayala, Firmino Gonçalves, Jaime Palillo, Jonas Pallilo, Jorge Cavalieri, Kokimoto Mishima, Laura Gianolli, Marcelina Guerra, Margarida Garcia, Maria Joaquina Medsen, Mário Ayala, Paulo Guerra, Personagens Originais, Rabito, Valéria Ferreira
Visualizações 108
Palavras 409
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drabble, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 14 - Décimo quarto capítulo (primeiro especial)


Fanfic / Fanfiction Impossível não te amar - Capítulo 14 - Décimo quarto capítulo (primeiro especial)

Confuso. Era assim que o Cavalieri se sentia sobre tudo a sua volta, não entendia o que acontecia consigo, não por gostar de garotos, isso era parte de si e ele gostava de ser gay, porque garotos sempre foram mais bonitos do que garotas, mas o problema era gostar de Mário Ayala, seu grande amigo... 

Hétero. 

─ Hey Jorge! ─ chamou o garoto indo até o loiro que mexia em seu celular e não fez nem questão de olhar para o Ayala.

 Não por ranço ou qualquer coisa do tipo, mas sim porque não conseguia olhar para aqueles olhos negros e lembrar que ele não era seu, nem nunca seria

Ah amar é tão complicado... 

─ Jorge! ─ chamou Mário sério faz3ndo o garoto tirar seus fones de ouvido olhando para ele. ─ Por que você está se afastando de mim? ─ perguntou então o loiro apenas suspirou guardando o fone de ouvido e o celular em sua mochila

─ Eu não estou me afastando Mário. 

─ Ah não, claro que não, imagina. ─ fala o Ayala irônico ─  você só não fala mais direito comigo, sai o mais rápido possível de todos os lugares que nós estamos próximos, evita sair quando eu estou junto além de trocar de número e avisar pra todo mundo, menos pra mim ─ fala pontuando cada coisa fazendo o outro ficar sem nenhuma reação

─ Desculpa... 

─ Só me fala o motivo Jorge, por favor. ─ pediu para o Cavalieri que abaixou a cabeça, evitando olhar para os olhos do amigo. 

─ Você não vai querer saber Mário ─ falou e recebendo um eu quero em troca ─ Eu... Gosto de você, tipo como um casal ─ fala sentindo suas bochechas ficarem vermelhas então o Ayala sorriu ajoelhando-se no chão a frente do garoto . 

─ Ei... ─ chamou vendo o Cavalieri olhar para si ─ tá tudo bem Jorge... ─ diz e o Cavalieri negou com a cabeça ─ posso te contar um segredo? ─ pergunta e mesmo triste o menino concordou ─ eu também gosto de você, tipo um casal ─ afirmou fazendo o menino arregalar seus grandes olhos azuis. 

─ Tá falando sério? ─ perguntou e o moreno concordou sorrindo então ele puxou o menino de maneira delicada o beijando. 

Naquele momento não importava quantas pessoas estavam olhando ou se alguém os julgava... 

Naquele momento tudo em volta havia sumido, deixando apenas os dois garotos apaixonados em seu pequeno mundinho


Notas Finais


Gente assim, eu tava escrevendo o capítulo mas pensando 💭 em um músical francês antigo que eu vi a um tempo atrás sobre um casal LGBTQ+ e era muito iti malia então quem se interessar eu digo o nome nos comentários.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...