História Imprevisível - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hana Inuzuka, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Juugo, Karin, Kiba Inuzuka, Kisame Hoshigaki, Kizashi Haruno, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Tamaki, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Hentai, Itachi Uchiha, Itasaku, Naruhina, Romance, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Sasusaku
Visualizações 230
Palavras 3.078
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii mes chers, tudo bem com vocês??
Gente deixo me explicar.
1°: Ontem não consegui postar o capítulo por probleminhas da minha complicada vida, fiquei super mal pois raramente atraso um capítulo, então me perdoem.
2°: Eu deveria postar um capítulo super chave da história hoje, porém eu esqueci de desenvolver uma parte SUPER importante, então sei lá, acho que vocês vão me odiar um pouquinho.
3°: O capítulo está atrasado? Sim. Porém, no entanto, contudo, amanhã eu vou postar o capítulo 30 normalmente porque não rola mudar os dias.
Enfim, era só isso mesmo e agradecer pelos comentários e favoritos que me deixam com um sorrisão de contagiar a terra 😍😂

*Perdoem qualquer erro gramatical.*

Boa leitura!!

[E VAI TER SPOILER, NÃO ESQUECE DE ESPIAR AS NOTAS FINAIS]

Capítulo 29 - Capítulo XXIX


Fanfic / Fanfiction Imprevisível - Capítulo 29 - Capítulo XXIX

Eu estou suando, pilhada quase chorando agarrada no braço de Sasuke vendo Hinata e Naruto passarem pelo tapete rosa claro ao som de Jessie Ware - Till The End. Obito sorriu para para nós com olhos brilhando e Sasuke me arrastou para o mesmo trajeto, parando quando um homem ruivo com uma câmera no rosto pediu para pararmos, e do nada apareceu fotógrafos do inferno para tirar mais fotos. Logo nos posicionamos ao lado dele e o homem não para de rir como um idiota.

Tem um frio no meu ventre que está me fazendo tremer enquanto ouço a música, parece que sou eu quem vai casar. Sasuke sorri para mim e percorro o olhar com um certo tipo de expectativa para o monte exagerado de convidados que estão a espera de Hana. Por alguma razão eu quero encontrar ele. Porque eu preciso tanto vê-lo? porque estou ansiando tanto por isso? Eu amo o Sasuke mas eu preciso saber se ele está bem.

A música cessou e todos se levantaram dos seus acentos. Começou a tocar Céline Dion - How Does A Moment Last Forever como já havíamos pedido a cerimonialista a uma semana atrás e Obito virou-se para admirar Hana ao longe que se encaminha a passos lentos com Kiba até o tapete. Meus olhos se encheram de lágrimas porque ela ficou perfeita, parece realmente uma princesa e por mais que já tenha a visto em casa, aqui é uma emoção diferente com a música que faz a garganta fechar e você querer chorar que nem uma hiena. 

Olhei para meu cunhado chorando limpando as lágrimas com a manga do paletó que escolhermos com tanto rigor, mas eu nem vou zoar porque é impossível não chorar com a cena. Só o Sasuke mesmo para se manter que nem um segurança da Casa Branca. Logo Hana chegou ao altar sorrindo e chorando mais do que Obito e vejo que não adiantou nada sua mãe falar que ela ficaria feia na foto.

Todos voltaram-se ainda de pé para os noivos e o oficiante, e me encostei um pouco em Sasuke pois é agora que começa a falação.

— Graça, Alegria e Paz sejam convosco, no Nome daquele que foi, que é e que será para todo o sempre Jesus Cristo, nosso Senhor e nosso Salvador. Na passagem de primeira Coríntios capítulo treze do versículo quatro ao sete, Paulo disse: O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. Em Matheus capítulo dezoito versículo vinte, Jesus disse aos seus discípulos: Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles. E aqui estamos presentes diante do Senhor. Noivos caríssimos, viestes à esse altar para que o vosso propósito de contrair Matrimônio seja firmado com o sagrado selo de Deus, perante o ministro da Igreja e na presença da comunidade cristã. Cristo vai abençoar o vosso amor conjugal. Ele, que já vos consagrou pelo santo Batismo, vai agora dotar-vos e fortalecer-vos com a graça especial de um novo sacramento para poderdes assumir o dever de mútua e perpétua fidelidade e as demais obrigações do Matrimônio. Diante do Senhor, vou, pois, interrogar-vos sobre as vossas disposições.

Todos sentaram-se e Sasuke bufou. Acho que só de pensar em ter que passar por essa situação ele não vai querer casar. 

— Deus nosso Pai, Ensinaste-nos, por intermédio do Teu Filho que o amor é o mais perfeito dos Teus dons. Dá a estes Teus servos a graça de se amarem um ao outro, continuando no Teu amor até ao fim das suas vidas, mediante Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém. Antes de continuarmos esta Celebração, exorto qualquer pessoa aqui presente, que conheça alguma causa pela qual estas duas pessoas não possam legitimamente casar-se na presença de Cristo, que a declare agora... – O silêncio permaneceu e só os flash foram audíveis. — Obito Uchiha e Hana Inuzuka, viestes aqui para celebrar o vosso Matrimônio. É de vossa livre vontade e de todo coração que pretendeis fazê-lo?

— Sim! – Os dois responderam em uníssono. Olhei para Naruto que enxugava as lágrimas e Hinata acariciava seu ombro. Nem quero imaginar ele no próprio casamento, não sei se vou chorar de emoção ou da cara dele. 

— Estamos reunidos aqui na presença de Deus para testemunharmos o Matrimônio de Obito e de Hana; invocarmos sobre eles a bênção divina e comungarmos da sua alegria. Nosso Senhor Jesus Cristo tem este estado em tão alta estima, que o honrou com a Sua presença e com o primeiro milagre que fez em Caná da Galileia. Cremos pelo Espírito Santo que, Ele também está conosco agora. É propósito de Deus que, quando homem e mulher se dão um ao outro em amor, eles permaneçam ao longo das suas vidas, unidos nesse amor, tal como Cristo está unido à sua Igreja. O casamento é instituído para que homem e mulher se confortem e ajudem reciprocamente, vivendo fielmente juntos, tanto na carência como na abundância, na tristeza como na alegria; é instituído para que com prazer e ternura, se conheçam um ao outro em amor, e na alegria da sua união corporal, robusteçam a união dos seus corações e das suas vidas; é instituído para que colaborem com Deus na criação, e gerando filhos, sejam abençoados no seu cuidado e educação, conforme a vontade de Deus, para Sua honra e glória. É um estado que não deve ser tomado com ligeireza ou egoísmo, mas com reverência e responsabilidade, após séria reflexão. Este é um estado de vida santificado por Deus que Obito e Hana pretendem iniciar. Para isso darão mútuo consentimento e farão solenes promessas unindo as suas mãos e trocando alianças. Portanto, neste dia do seu casamento, oremos por eles para que, fortalecidos e guiados pelo Espírito Santo, realizem juntos os propósitos de Deus para as suas vidas terrenas. Vós que seguis o caminho do Matrimônio, estais decididos a amar-vos e a respeitar-vos, ao longo de toda a vossa vida?

— Sim. – Responderam novamente.

— Estais dispostos a receber amorosamente os filhos como dom de Deus e a educá-los segundo a lei de Cristo e da sua Igreja?

— Sim. – Hana respondeu e Sasuke deu uma risada abafada vendo Obito encarar o nada, no mínimo eles enxeram a cara antes de vir. Hana o cutucou de leve e ele pareceu voltar para a terra rindo sem graça.

— Sim.

No mínimo o idiota nem sabe sobre o que o oficiante disse, mas respondeu sim porque num casamento é pouco provável existir uma pergunta que os noivos dirão não.

— Deus nosso Pai, Assim como sustentaste Obito e Hana em amor e confiança, permite também que pelo poder do Teu Santo Espírito, eles possam cumprir os votos que vão fazer na Tua presença. Por Jesus Cristo nosso Senhor. Amém.

Obito pegou a mão de Hana tremendo e eu estava vendo a hora do Madara começar a rir do filho.

— Os votos que ireis fazer, se-lo-ão em nome de Deus, que conhece os segredos do coração dos homens e das mulheres. Obito Uchiha, queres receber Hana Inuzuka por tua esposa, e viver com ela segundo os mandamentos de Deus, no santo estado do matrimônio? Queres consagrar-lhe amor e honra? Queres respeitá-la, consolá-la e conservá-la tanto na enfermidade como na saúde, na riqueza como na pobreza, enquanto ambos viverdes?

— Sim.

— Hana Inuzuka, queres receber Obito Uchiha por teu marido, e viver com ele segundo os mandamentos de Deus, no santo estado do matrimônio? Queres consagrar-lhe amor e honra? Queres respeitá-lo, consolá-lo e conservá-lo tanto na enfermidade como na saúde, na riqueza como na pobreza, enquanto ambos viverdes?

— Sim

— Visto que tendes o propósito de contrair matrimônio, dai o vosso consentimento na presença de Deus e de todos presentes aqui neste lugar. 

— Vivendo com seriedade o amor, no respeito mútuo e na procura de uma vida plena para nós e para aqueles que estiverem sob nossa responsabilidade, esperamos de Deus a proteção; da Igreja o estímulo; e da família e dos amigos a solidariedade.

Hana e Obito falaram juntos e fiz cara de "What the fuck?" porque eu não vi esses dois falando sobre falarem algo depois do consentimento, mas ficou bonitinho e o Obito não falou com a voz fina, então tá ótimo.

— Confirme o Senhor, benignamente, o consentimento que manifestastes perante a sua Igreja, e Se digne enriquecer-vos com a sua bênção. Não separe o homem o que Deus uniu. Louvemos a Deus, bendizemos ao Senhor. – O senhor de meia idade fala e todos respondemos com "Graças a Deus".

A mãe de Obito que mais parece uma irmã pela cara de nova empurra uma menininha até os dois noivos que entregam as alianças ao homem.

— O amor desconhece os limites da expressão. É criativo por natureza. Por isso, cria símbolos que vão além da capacidade e interpretação das palavras. Abençoai e santificai, Senhor, o amor dos vossos servos Obito e Hana, para que, entregando um ao outro estas alianças em sinal de fidelidade, recordem o seu compromisso de amor. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. 

Todos falam "Amém" e Obito começa a chorar enquanto beija a aliança que tirou da caixinha.

— Eu, Obito Uchiha recebo a ti Hana Inuzuka, por minha esposa, para ter-te e conservar-te de hoje em diante, na felicidade ou na desventura, na riqueza ou na pobreza, enferma ou com saúde, para amar-te e querer-te até que a morte nos separe, de acordo com a santa vontade de Deus; para isso empenho a minha honra. – A voz do bichinho saiu mais embargada que o normal e nem vou zoar porque estou com um dilúvio na cara.

— Eu, Hana Inuzuka recebo a ti Obito Uchiha, por meu marido, para ter-te e conservar-te de hoje em diante, na felicidade ou na desventura, na riqueza ou na pobreza, enfermo ou com saúde, para amar-te e querer-te até que a morte nos separe, de acordo com a santa vontade de Deus; para isso empenho a minha honra.

— Irmãos e irmãs, Cristo prometeu atender-nos quando estivermos unidos no amor e na fé. Façamos neste momento nossas preces por este novo casal, pela nova família que vão constituir, pelos casais aqui presentes e por todos nós. Pelo casal Obito e Hana, para que o Senhor conceda largamente um amor fiel e amadurecido na alegria e na dor, e que possam andar sempre no amor, na fé e na esperança, oremos.

O senhor falou e todo mundo começou começou a falar umas frases que eu não sei.

— Senhor, atendei a nossa prece. Para que possam sempre vencer as dificuldades, colocando Deus como centro de suas vidas, oremos. Por todos os casais e todas as famílias aqui presentes, para que sejam verdadeiras comunidades de amor e vida, oremos. Para que a celebração deste matrimônio nos leve a acreditar na força do amor que é eterno, porque vem de Deus, oremos.

Todos cessaram o incrível e lindo couro e tenho quase certeza que vou convidar essa galera para o meu casório. Agora finalmente eles vão colocar as benditas alianças.

— Hana, receba esta aliança como sinal do meu amor por ti e da minha fidelidade. Em Nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

— Obito, receba esta aliança como sinal do meu amor por ti e da minha fidelidade. Em Nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

— Deus eterno e onipotente, derramai benignamente a vossa graça sobre os vossos servos que hoje se uniram em Matrimônio e confirmai-os no amor fiel e santo. Por Jesus Cristo, nosso Senhor. Pela autoridade que me foi dada oficializo o Matrimônio de Obito e Hana, que se unem formando um novo lar. A Oração da unidade também nos une como irmãos e irmãs, filhos e filhas de um mesmo Pai. Oremos juntos: Senhor Jesus Cristo, dissestes aos vossos Apóstolos: eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz. Não olheis os nossos pecados, mas a fé que anima a vossa igreja; dai-lhe, segundo o vosso desejo, a paz e a unidade. Vós que sois Deus com o Pai e o Espírito Santo. 

— Amém! – Todos dissemos. 

— Irmãos e irmãs em Cristo, roguemos a Deus que derrame suas bênçãos sobre Obito e Hana unidos no Cristo, tornando-os um só coração pela caridade!

Agora sim eu tenho algo para fazer. Sasuke e eu junto de Hinata e Naruto e os pais dos recém-casados estendemos nossa mão direita para o casal que agora está ajoelhado. 

— Ó Deus, que criando o ser humano à vossa imagem, homem e mulher os criastes para que, unidos num só coração e numa só carne, cumprissem na terra sua missão. Abençoai agora estes vossos filhos Obito e Hana, que pelo sacramento do matrimônio, comuniquem um ao outro os dons do vosso amor, e, sendo um para o outro e ambos para o mundo um sinal de vossa presença, se tornem um só coração e uma só alma. Dignai-vos derramar vossas bênçãos sobre esta vossa filha Hana, para que aqueça o lar com sua ternura e o adorne com sua graça, e sobre este vosso filho Obito, para que fortaleça e sustente o lar com solicitude, fidelidade, força e carinho. Enfim, nós vos pedimos, ó Pai, que estes vossos filhos Obito e Hana permaneçam firmes na fé e perseverantes no amor, que os conserve fiéis um ao outro e que, animados pela força do Evangelho, sejam verdadeiras testemunhas de Cristo, vivam uma vida longa e feliz e alcancem o reino do céu. Por Cristo, Nosso Senhor.

— Amém! – Falamos novamente e Sasuke fica quieto, já deve tá puto com a demora. 

— O Senhor esteja convosco! Que Deus nosso Pai vos conserve no vosso amor, para que a paz de Cristo habite em vós e permaneça em vossa casa! 

— Amém!

— Jesus, que assistiu às bodas de Caná, derrame suas bênçãos sobre vós e vossos parentes e amigos!

— Amém!

— Que o Espírito Santo derrame, sem cessar, a caridade em vossos corações! Sede no mundo um sinal do amor de Deus, abri vossa porta aos pobres e infelizes, que um dia vos receberão agradecidos na casa do Pai! 

— Amém! 

Sasuke apertou minha mão e quase caí na gargalhada o vendo irritado murmurando "Para que tanto amém?"

— E a todos vós aqui reunidos, abençoe-vos Deus todo poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo!

— Amém!

— Glorificai a Deus com vossas vidas! Ide em paz e que o Senhor vos acompanhe! 

— Graças a Deus!

— As testemunhas por favor. 

Sasuke e eu nos aproximamos e o moreno fez um garrancho tão lindo que o senhor fez uma cara de quem não estava entendendo nada do que ele escreveu. Nos reposicionamos e tenho quase certeza que se o velho tentar falar mais alguma coisa Sasuke vai embora.

— Eu vos declaro casados, marido e esposa, em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Que não separe o homem aquilo que Deus uniu. Oremos em louvor ao nosso senhor. Pai Celestial, Criador de todas as coisas, já que nos deste a graça de participar na Tua Criação, abençoa este casal e a todos nós que aqui estamos, permite que o seu lar, assim como o nosso, abunde em amor, verdade e segurança. Habita no lar destes Teus filhos, como Senhor e Rei; dá-lhes a vontade também de servirem outros, como Tu serviste e concede-lhes que sejam sempre fiéis testemunhas do Teu amor. Amém. 

— Amém! – Todos respondem e um sorriso idiota brota nos meus lábios. Finalmente.

— Agora a frase vocês estavam esperando. Pode beijar a noiva. 

Todos rimos e os mais novos casados se beijam enquanto choram. 

Sasuke abraça minha cintura e me beija. Para começo de conversa ele está me beijando na frente de uma comitiva que mais parece para o presidente do país e nem está ligando para se daqui a algumas horas nossa foto vai está em algumas páginas de fofoca. Nos separamos e abri meus olhos encarando aqueles olhos assassinos que tanto amo, eu ainda vou ter um treco por causa desse homem. 

 

O noivos agradeceram a cada convidado pela presença indo de mesa em mesa depois que adentramos no salão. Como esperava o lugar está divino e não poderiam fazer menos que isso para um Uchiha. Agora Naruto, Obito e Sasuke estão na mesma mesa que Izumi, Hinata e eu bebendo todas. Acreditam que o Sasuke trouxe o tal Whisky 1805, e é esse mesmo que eles estão virando misturando com cerveja e vodka? Só sei que eu não vou levar ninguém para casa, e olha que os lindos vão trabalhar amanhã. 

Um som irritante ecoa no salão chamando atenção de todos, até dos bêbados, e todos encaram Madara cambaleando no palco que foi montado.

— Eu quero falar... Filho, pai te ama... Ama o neto também e a genra também... Naori, tu é minha vida mulher. Fugaku vamos encher a cara que o Obito tá com um Johnnie Walker 1805. – O homem gritou e mais uma porrada de bêbados gritaram juntos levantando taças e garrafas de cerveja. Obito caprichou na bebida, deve ter cachaça para uma semana, e se conheço bem esse povo eles só vão parar depois que acabar.

Não tendo stripetise do Sasuke como no aniversário do Itachi está ótimo!

Me levanto para ir até o banheiro chamando Hinata para fugir da vergonha alheia que esses alcoólatras estão passando, mas ela não está se sentindo bem então prefiro ir sozinha. Passo pelo espaço bem decorado até o corredor de banheiros masculino e feminino. Assim que sento no vaso um alívio passa pelo meu estômago, devo está comendo ou bebendo além da conta. Ajeito minha bela trança que está meio bagunçada depois de uns amassos com Sasuke e saio do banheiro trombando em alguém sem querer.

Eu tenho que passar uma vergonha, né?

— Oh me perdoa foi sem quer...

Perdi minha fala ao olhar para cima e encarar aqueles olhos que jamais esquecerei.

Senti todo meu corpo gelar e minha respiração descompassar. Meu coração dói com a sensação dolorosa que ele vai parar a qualquer segundo, segundos esses que parecem está passando lentamente diante dos meus olhos. Aquelas mãos asquerosas me tocando, aquele olhar maligno que ainda demonstra frieza, tão laranjas que parecem ser vermelhos. O diabo em pessoa. 

Depois de três anos estou diante do homem que destruiu minha vida. 

Jüugo


Notas Finais


Não estão me odiando né? 😂😂
Amanhã tem o tão esperado contato entre vítima e estuprador (que vai chegar chegando).

Não esqueçam, o nome da história é IMPREVISÍVEL.

[SPOILER]
[SPOILER]
[SPOILER]

Ouço um grito me chamando e vejo Hinata acenando como uma louca na mesa. Vou cambaleando até ela e me agacho ao seu lado pois já estou apertada para fazer xixi outra vez.
— Tem alguém te ligando. – Ela me mostrou a tela do celular recebendo uma chamada restrita. Demoro para raciocinar e ela interrompe os meus pensamentos que por hora estão lentos. — Caiu, segura que vão ligar de novo, não parou de tocar e isso tem quase dez minutos.
Franzi o cenho e encarei a chamada sendo recebida novamente.
Bebi um copo de água e peguei o telefone indo para o banheiro. Seja quem for vai ligar de novo. E assim que me sentei no vaso a praga tocou.

¨ Alôu... ¨
¨ Não deveria beber tanto. ¨

Quase morri ouvindo a voz do homem que eu tentei falar durante quatro meses e que a algumas horas atrás eu estava implorando para me salvar do estuprador gostoso.

Itachi.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...