1. Spirit Fanfics >
  2. Improvável (Choi YoungJae e Liz) >
  3. Acho que vou vomitar

História Improvável (Choi YoungJae e Liz) - Capítulo 25


Escrita por:


Notas do Autor


Quanto tempo heim....

Capítulo 25 - Acho que vou vomitar


Fanfic / Fanfiction Improvável (Choi YoungJae e Liz) - Capítulo 25 - Acho que vou vomitar


Liz



O resto do domingo foi cheio , fomos ao supermercado, arrumamos a casa, cozinhamos e conversamos bastante.

No fim do dia nós estávamos tão cansados que capotamos um pra cada lado da cama.

Segunda-feira foi a mesma rotina, pela manhã com o Jae, depois trabalho no restaurante e no fim da tarde à caminho do estágio no hospital.

Terça-feira 

Quarta-feira 

Quinta-feira 

Sexta-feira 

E tudo se repete.




Alguns dias se passaram e já estamos no período de férias na faculdade. O que me pegou de surpresa é que até os residentes tiram férias. Ontem mesmo foi a nossa "despedida" no hospital. Daqui à 20 dias preciso voltar ao serviço, daí só vão faltar mais seis meses pra que eu pegue meu diploma e possa exercer a profissão. Eu não vejo a hora...

Hoje também é o último dia de trabalho, vou pegar vinte dias de férias, os outros dez dias eu resolvi vender pra poder voltar logo ao serviço já que agora vou atuar como gerente no restaurante principal da rede de restaurantes do Sr. Roh.

Isso foi um avanço e tanto pra mim, me sinto por cima da carne seca.

Depois de passar no escritório do Sr.Roh e acertar todos os trâmites das férias e da nova função na carteira de trabalho estou indo buscar o Jae, hoje vamos na casa do meu pai.

Espero que meu pai não dificulte as coisas.

Meu pai é bem chato quando quer. 

Rezemos.





QDT


-E aí? Tranquilo?-ponho a mão sobre a dele que tá sobre minha coxa


Yj- Acho que vou vomitar -fez uma expressão de enjoô 


- Calma amor ele vai gostar de você-dou um selinho nele


Yj- Eu espero que goste mesmo-sorri sem graça 



Não demorou e chegamos na frente da Auto Peças, estaciono e desço do carro seguida do Jae.

Entramos na loja e no balcão estava meu pai concentrado no computador, tanto que nem notou nossa presença.


-Se eu fosse assaltante já  tinha assaltado de boa-chamo a atenção do meu pai que levanta o olhar e vem até mim


P/L- Assaltantes não andam tão bem arrumada e cheirosa assim-me abraça e me ergue nos braços 


-Também tava com saudades meu velho-digo descendo dos seus braços 


P/L-Aham sei, me abandona e agora vem com essa- olha na direção do Jae que se curva


-Ah pai, esse é meu namorado, Choi Youngjae-puxo Jae pra perto- Jae esse é o meu pai.


Yj-Prazer em conhecê-lo, gostaria de ter vindo antes mas ela não quis.


P/L- Não vou dizer que é um prazer pra mim te conhecer mas já é meio caminho andado-fala em português 


Youngjae claramente pede socorro com o olhar ao recuar na minha direção 


-Pai! Sabe que ele não fala português!-repreendo


P/L- Eu sei, Nelison me falou sobre ele- dá uma risadinha


-Eles são mais que amigos, são friends- nós dois caímos na risada.


P/L- Olha rapaz, não é fácil pra mim te conhecer mas meu filho falou tanto de você que eu sinto como se já te conhecesse à anos. Espero que não bagunce com a minha filha, só te peço que a respeite e cuide dela por mim.-estende a mão pro Jae



Yj- Ah senhor que alívio, pensei que não falasse inglês. E eu prometo cuidar dela e respeitar sempre. Tem minha palavra.-aperta a mão do meu pai



P/L- Eu sei o básico rsrrsrsrs, Mas então vamos subir?


-Vamos, preciso de água.


Meu pai deixou um dos meninos que trabalha na loja no caixa e subimos.

Assim que chegamos na sala/escritório do meu pai ele pediu que sentassemos e foi buscar três garrafinhas de água. 


P/L- E então Li a quanto tempo ele tá na tua casa?-em português 


-Quase um mês- em inglês 


P/L- Ele é o mesmo daquela ligação não é?


-É sim...


P/L- Jae, posso te chamar assim não é?- pergunta diretamente pro Jae que se assusta


Yj- Pode sim senhor.


P/L- Me chame de Denis.


Yj- Ok Denis-sorri minimamente 


P/L- Então, você vive de música?-olha bem nos olhos do Jae


Yj- Na verdade não, eu sou cantor de um grupo como já deve saber e também sou compositor, em parte eu vivo da música mas também sou empresário. Tenho investimentos em ações no meio do entretenimento, no meio imobiliário e também em alguns negócios de eletrônicos. 


P/L- Quantos anos você têm mesmo? 


Yj- Vou fazer vinte e três em breve. 


P/L- Tão novo e já é um homem de negócios, começou cedo heim rapaz


Yj- Sim, no meu país os Idols tendem a começar muito cedo, é bem cansativo mas é compensador.


P/L- Muito interessante, meu filho tem quase a tua idade e vive debaixo das minhas asas.


Nelison- Falando mal de mim....tá certo...-fez um falso choro


P/L- Falando no satanás...


Nelison- credo pai!-olha desapontado pro papai- Youngjae meu cunhado preferido!!-foi até o sofá e se jogou no colo do Jae.


-Tá muito folgado não acha não?-ele se levanta e se joga em cima de mim


Nelison- Sem ciúmes maninha, sem ciúmes...


-Onde o senhorzinho estava? Papai tava sozinho...


P/L- Ei eu não sou nenhuma criança pra precisar de babá tá?


Nelison- Mas ela tá certa pai, o senhor já tá idoso precisa de cuidados


P/L- Idoso? Eu vou te mostrar quem é idoso- se levante e corre atrás do Nelison


Yj- Gostei dele-sorri vendo meu pai já cansado com a língua pra fora-tá em forma ainda, de idoso ㅋㅋㅋ


P/L-Hey eu não te dei essa confiança!- diz em português


-Vai ser difícil-caio na risada


























Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...