1. Spirit Fanfics >
  2. In a Flash - Kim Namjoon (BTS) >
  3. Capítulo 24

História In a Flash - Kim Namjoon (BTS) - Capítulo 24


Escrita por:


Notas do Autor


Passando pra dizer que AMEI essa foto e que sou muito boiolinha por Kim Namjoon...

Boa Leitura ❤

Capítulo 24 - Capítulo 24


Fanfic / Fanfiction In a Flash - Kim Namjoon (BTS) - Capítulo 24 - Capítulo 24


Continuo trabalhando, na verdade eu fiquei um pouco perdida mas logo acostumei, pois é tudo diferente do que eu fazia antes, mas eu percebi que com o tempo ganhei uma certa prática pra tal coisa. 


Fiquei mexendo no computador, enviei alguns documentos para os diretores, me senti tão aliviada por não ter que escutar "Venha até minha sala" Foquei apenas no meu trabalho sem ninguém me interromper, tentei adiantar o máximo possível pra não acumular, e quando deu a hora do meu almoço eu saí da sala, trancando a porta. 


Fui em direção ao elevador, estava guardando as chaves na bolsa nem percebi quando esbarrei em alguém


SN: Descul-- ah, é você — olho pra frente vendo ser Namjoon


Nam: Só porque sou eu não deve pedir desculpas? — percebi que ele estava um pouco aflito, seu tom de voz estava preocupado


SN: Tá tudo bem? 


Nam: Sim, Por quê? 


SN: Não sei, você parece estar nervoso ou sei lá, preocupado com algo... 


Nam: Não é nada... Está indo almoçar? 


SN: Eu vou almoçar com a Sammy


Nam: Ah


SN: ou temos que almoçar juntos também???? 


Nam: Não, isso não será necessário — fala apertando o botão do elevador logo que entramos


SN: E você? 


Nam: O que? 


SN: Você se importa d'Eu ir almoçar com a Sammy? 


Nam: Hm, Não! — saímos do elevador


SN: Engraçado.... Poucas vezes conversamos assim


Nam: Assim como? 


SN: Sem brigar, ou fazer alguma provocação


Nam: Você que gosta disso... 


SN: Olha, eu não quero discutir agora então não vou nem responder... — fui até meu carro — bem... Vou indo, até mais tarde


Nam: Até... — algumas pessoas passam pela gente e se curvam, até que eu sinto um beijo na minha bochecha, olho pra ele assustada


SN: Sei que é difícil disfarçar, mas quando for dar esses beijos surpresa me avisa, nem que tenha que me falar no ouvido. 


Nam: Tá, foi por causa dos funcionários, sem drama vai, um beijo na bochecha não vai matar. 


SN: Eu sei, mesmo assim... Agora vou ir, estou com fome


Nam: Tchau


SN: Tchau

-

• NO RESTAURANTE •


Havia acabado de chegar, olhei para as mesas e a Sammy já estava sentada numa lá no fundo, fui me aproximando e ela olhou pra mim, sorrindo. 


SN: Oi, de novo! 


Sammy: E aí amiga? 


SN: Você pediu alguma coisa? 


Sammy: Ainda não


Então chamamos o garçom e fizemos nossos pedidos, enquanto isso fomos conversando... 


Sammy: E então... Me conta do casamento


SN: Então, eles reuniram todos da empresa e anunciaram sobre a gente. Alguns ficaram meio chocados, outros aplaudiram ficaram felizes, e começaram a me tratar como se eu fosse uma rainha


Sammy: Kkk ai que legal


SN: Legal? 


Sammy: Claro, que, essa parte das pessoas te tratarem com mais respeito


SN: Pois se prepara porque o que vem por aí não é nada legal... 


Sammy: Aah é, o que você descobriu que te deixou assim? 


SN: Depois que acabou essa reunião aí, eu vi o Sehun saindo da sala com pressa, ele estava estranho e não moveu um músculo enquanto a gente falava sobre o casamento.... Daí eu resolvi procurá-lo pra saber o que aconteceu, aí nós conversamos e ele me falou que ficou assim porque... Ele é apaixonado por mim


Sammy: MENTIRAAA? Quer dizer, não estou tão surpresa assim pois as vezes ele fazia questão de deixar isso na cara 


SN: Mas você viu ele somente duas vezes


Sammy: Mesmo assim, o jeito que ele te olhava era diferente, como ele te tratava... Você não sabe se ele é assim com todo mundo S/N


SN: É, faz sentido, eu sei que ele sempre foi gentil comigo mas eu nunca suspeitei de nada, nem passou pela minha cabeça que o Sehun poderia gostar assim de mim. Eu fiquei morrendo de vergonha quando ele falou que está completamente apaixonado por mim 


Sammy: ele disse isso??? 


SN: Sim! Com essas palavras, depois ele ficou me elogiando, nós nos acertamos, eu disse que o que rola entre a gente é amizade, ele entendeu, disse que vai continuar sendo meu amigo. Aí nos abraçamos e Namjoon entra em ação novamente... Aish


Sammy: Ele chegou?? E daí? Vocês brigaram


SN: Não. Ele falou algumas coisas com o Sehun, implicando pra variar, daí o Sehun não deixou barato e disse que já sabe que o casamento é mentira. Esse idiota ainda chegou a pensar que eu havia falado pra ele, mas não foi


Sammy: Que loucura amiga... Ao mesmo tempo em que você está encrencada,você é uma sortuda, ter dois caras desses aos seus pés hein... 


SN: Aff, toda vez você fala isso, nossa relação vai de mau à pior... Quer dizer, hoje nós conversamos pela primeira vez, sem brigas, ele tem mania de me beijar de surpresa quando alguém tá por perto... É chato sabe


Sammy: Aham, duvido que você ache isso ruim... Mas vocês já se beijaram tipo, enquanto estavam a sós ? 


SN: Claro que não, jamais fizemos isso. — ela me olha serrando os olhos — Para de fazer essa cara antes que eu faça você voltar pra Portugal num estalar de dedos


Sammy: Aiin, que grossa... Vou ignorar este fato apesar da sua resposta não ter me convencido nem um pouco — eu dei risada 


SN: Você quem sabe.. 


Ficamos conversando mais um pouco, depois nossos pedidos chegaram... 


-

× Quebra de Tempo × 2 Dias Depois


O resto da semana eu diria que até foi tranquilo, em relação ao trabalho, aqui na mansão as coisas estão normal, Jae e Lia não desconfiam de nada, assim espero... Claro que as vezes eu e Namjoon discutimos mas por motivos supérfluos. 


Hoje é Sábado, vamos abrir a tal Cápsula do tempo, eu tentei dar uma desculpa e falar pra Sammy que não ia mas ela é esperta e desconfiou que era mentira, depois de muita insistência eu resolvi ir. 

Estava deitada na cama olhando pro nada, Namjoon ainda estava dormindo, não tenho certeza pois estava virada de costas pro mesmo.

fiquei pensando e admirando o sol refletindo na porta balcão da varanda, até alguém bater na porta levemente, então eu levantei devagar e fui até lá. 


Lia: Bom dia dona S/N


SN: Bom dia dona Lia — falo ironicamente pois ela ainda insiste em me chamar de "dona" 


Lia: Me desculpe, S/N — sorri — O Namjoon já acordou? 


SN: Ainda não — olho pra trás e ele dormia num sono profundo


Lia: Ah, é que o Sr. Kim está no telefone e gostaria de falar com ele, mas ele não gosta de ser acordado assim, então pode deixar ele dormir, só o avise depois que acordar


SN: Ah, pode deixar


Lia: Eu não te acordei não né? 


SN: Não, eu já ia levantar... 


Lia: O que gostaria de comer? Eu fiz panquecas, alguns sanduíches, suco, tem café, bol---


SN: Lia! Você sabe que não precisa dessa frescuras, eu nem como tudo isso no café da manhã, uma panqueca e um suco pra mim já tá bom... Eu sei que o Namjoon gosta mas é só pra fazer graça, porque nem ele come tudo isso


Lia: kk, como quiser! Vou preparar


SN: Tá bem, já vou descer


Lia: com licença. 

-

Entro pro quarto novamente e fecho a porta, olho pro lado vendo Namjoon despertando


Nam: Que horas são? 


SN: Nove e quarenta 


Nam: Aish, eu não deveria ter dormido tanto assim! Tenho algumas coisas da empresa pra fazer


SN: Dormir mais um pouco não faz mal, pelo contrário, essa semana foi bem cansativa, merecemos descansar um pouco


Nam: É, mas você sabe que eu não gosto de deixar nada pra depois, principalmente se tratando do trabalho


SN: Tá, e se continuar reclamando aí vai ser pior — ele deu de ombros e foi em direção ao banheiro — Ei! — ele virou — Seu pai ligou aí querendo falar com você, a Lia mandou avisar


Nam: Tá, depois eu falo com ele. — fui saindo do quarto — Onde vai? 


SN: Vou tomar café, hoje vamos abrir a cápsula do tempo não lembra? 


Nam: Não lembrava. E pelo visto você não está tão animada pra isso


SN: É, eu vou só porque a Sammy insistiu demais mas eu não estou nem um pouco curiosa pra abrir essa coisa


Nam: Bem... Boa sorte. 


SN: hm — falo e saio do quarto

-


Algumas horas depois, eu já havia me arrumado, e estava colocando mais algumas coisas na minha bolsa pra sair... 

Nós íamos nos encontrar na nossa antiga escola, sim, num espaço vago onde caberia todos nós, apesar de não serem tantas pessoas assim... 


Lia: Já está de saída? 


SN: Sim! É rápido, não irei demorar


Lia: Tá bem, se cuide! 


SN: Até mais — pego minhas coisas e vou pro carro

-


Chegando no local, vejo algumas pessoas conhecidas, as cumprimento e vou de encontro com os outros da minha turma


Hani: Oi S/N! Quanto tempo! 


SN: Pois é! 


Hani: Senti saudades — me abraça


SN: Eu também... Oi gente! 


Todos: Oi!! 


Xxx: Nossa, como você mudou! Soube que está casada com Namjoon né? 


SN: Siim,estou. vocês também mudaram, senti muito a falta de todos


Zzz: Eu também... 


Sammy: Ah Oi amiga!! 


SN: Oi!, você já estava aqui? 


Sammy: Sim, cheguei já fazem alguns minutinhos... 

-


Hani:Vamos começar?? — estávamos no chão mesmo, numa roda


Sammy: siim — ouvimos o barulho de um carro se aproximando 


Xxx: falta mais alguém?? 


Zzz: quem será que é? 


Olhamos pra porta e vimos Namjoon entrando


SN: O que você tá fazendo aqui??? 


Nam: Eu também fazia parte da turma, ou você não se lembra?? 


SN: Tá, mas você disse que não ia vir


Nam: Mudei de ideia — fala e senta de frente pra mim e eu o encaro — vocês já abriram?? 


Hani: Ainda não, podemos começar agora? 


Sammy: Vai logo! — ela tenta abrir o pote mas não consegue — o que houve? 


Hani: Não estou conseguindo abrir... Namjoon! Me ajuda aqui — fala e entrega o pote à Namjoon que estava sentado do lado da mesma . 

Ele abre mas as coisas caem todas espalhadas no chão, realmente havia bastante coisa, eu nem lembrava que havíamos feito tudo isso


Hani: Vamos espalhar as coisas aqui no meio, fica até mais fácil de pegar, obrigada Namjoon.


Começamos a pegar as coisas e cada um falou o que era, e o porquê de ter colocado o objeto na cápsula, agora quem estava falando era Sammy


Sammy: Esse é um medalhão que meu avô me deu, numa vez quando eu fui pra fazenda dele lá em Lisboa, pois ele morava lá, eu coloquei aqui porque meu vô era tudo pra mim e eu jamais esqueci dele. — ela sorri


Xxx: Minha vez... Bem, esse é um boletim do 6° ano, minha mãe deu um beijo de batom aqui pois eu tinha ido muito bem nesse ano... Era o que eu mais queria na época pois se eu tivesse um bom boletim eu ganharia um presente. — todos rimos pelo objeto um tanto quanto inusitado de Xxx. 

-

Ficamos assim, nessa mesma ordem, ao total eram 11 pessoas que estavam lá alguns faltaram mas mesmo assim deu pra fazer. 


Xxx: falta alguém?


Nam: EU, só que eu não fiz nada


SN: Se não fez por que está aqui? 


Hani: Você também não fez nada S/N? 


SN: Eu tinha uma pulseira que eu gostava muito, mas não está aí. — falo e Namjoon me olha desdém - O que houve? 


Nam: Nada, não posso olhar pra você? — todo mundo olha pra gente estranho — bem... Eu tenho algumas coisas pra fazer, já vou indo


Zzz: Depois pega nossos contatos com a Hani, vamos montar um grupo


Hani: boa ideia, não quero perder amizade com nenhum de vocês


Xxx: nem eu!


Sammy: Então tá... Foi muito bom reencontrar vocês, vamos S/N? 


SN: Vamos... Tchau gente! — todos já estavam se preparando e se despedindo pra ir embora, eu e Sammy fizemos o mesmo

-


Sammy: Ok, agora me fala... O que tá rolando? — fala caminhando em direção aos nossos carros


SN: Como assim? 


Sammy: Esse clima estranho entre você e o Namjoon


SN: Clima? Que clima? A gente nem falou nada


Sammy: Acho coincidência, justamente vocês dois não terem feito carta ou sei lá, não colocarem nada na cápsula


SN: O que você está insinuando? 


Sammy: Não estou insinuando nada S/N...você não colocou nada lá mesmo?? 


SN: eu já disse sobre a pulseira, que minha avó me deu, eu nem lembrava na verdade, o que tem demais nisso?? Se eu tivesse colocado mais coisa eu falava... E sobre o Namjoon... Eu não tenho nada a ver com o que ele faz


Sammy: Se você diz...


SN: bem... Vou indo nessa.. Tchau — me despeço dela


Sammy: A gente vai se falando... Tchau amiga! 

-

-

• NA MANSÃO•


Lia: Olá S/N


SN: Oi Lia... 


Lia: Tá tudo bem? 


SN: Sim, Por quê? 


Lia: Nada, só perguntei


SN: Tudo bem sim... Vou subir


Lia: Não vai comer nada? 


SN: Não estou com muita fome


Lia: Tá bem então, qualquer coisa me chama... Senhor Kim está no escritório


-

Subo as escadas e entro no quarto, deixo minha bolsa na poltrona e sento na beira da cama, até que me assusto ao ver Namjoon encostado no batente da porta. 


SN: Aish! Por que entrou assim do nada? Aliás, o que está fazendo aqui? 


Nam: Primeiramente o quarto é meu. 

 Segundo, quero que me fale a verdade! — fala e tira um papel do bolso, enquanto me encarava com uma expressão não muito agradável


Notas Finais


Hmm o que será?🔥
Capítulo um pouquinho grande mas tá de boa ksksks

Continua...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...