História In-certeza - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colegial, Romance, Sexo
Visualizações 13
Palavras 491
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura a todos. Críticas construtivas são bem vindas.

Capítulo 1 - Tédio


Fanfic / Fanfiction In-certeza - Capítulo 1 - Tédio


Aqui estou eu em mais um dia tedioso, levanto da cama, faço minha higiene pessoal, coloco o fone no ouvido e desço as escadas de minha casa. 
- Bom dia pra você também - frase vinda do meu irmão mais velho.
- Ai Doug, não enxe! 
- Caramba mocinha acordou bem humorada hoje - ele disse com sorriso irônico.
O ignoro completamente, tomo meu café, me retiro e vou para escola. 
Desculpa, sou péssima em apresentações, meu nome é Livvy, e tenho 17 anos, fui criada apenas pelo meu pai, minha mãe nos largou quando eu tinha apenas 2 anos e não tenho lembranças dela, desde então sou criada pelo meu pai. Convivo com homens desde pequena, papai, irmão, meus amigos são homens em sua maioria, Edard e Adam eu posso destacar comos os melhores, afinal cresci ao lado dos dois, talvez por essa forte convivência com o mundo masculino eu seja lésbica, sim isso mesmo, eu sou lésbica, algum problema? Mas não é por isso que também não tenho amigas, na verdade Jaque, Rafa e Mary são as únicas, mas elas existem. E todas elas são heterossexuais, antes que vocês pensem besteira. 
Vou pra escola andando, não é muito longe de casa, aproximadamente 15 minutos. Chego e avisto meus coleguinhas maravilhosos sentados no pátio, Jaque, Rafa, Mary, Edard e Adam estão conversando e rindo.
- Oi, qual a graça? - pergunto delicada como um espinho 
- Bem humorada você. - Rafa disse e arrancou um esboço de riso da cara de todos. - Dormiu com a onça foi?
- Não, dormi com sua mãe - eu mais delicada do que antes. 
Sentei em meu canto me afastando dos 5, que continuaram a conversa e as risadas incessáveis sem mim, logo deu o sinal e fui diretamente pra sala sem muitas palavras, Mary era a única da minha sala, o resto eram de salas diferentes, e Jaque estava repetindo o segundo ano e o resto assim como eu, no terceiro ano do ensino médio. 
- Posso saber qual é a sua hoje? - Mary falando enquanto tentava me alcançar - Você já nasceu chata, mas hoje ta dando mais coice que o normal.
- É que o dia hoje ta bem chato Mary - eu disse esperando ela
- E ser uma cavala torna o dia mais divertido? 
- Hm, pode ser que sim - Dei uma piscada pra ela e entramos em sala.
Prestei atenção nas aulas que deram sequência até o intervalo das nove horas, não era a melhor aluna da sala, mas também nunca fui a melhor, minha meta era passar, meu lema sempre foi qualquer média vale o mesmo que 10. Odiava as matérias de humanas, sério aquilo tornava o dia sonolento, e como hoje eu só teria matérias de humanas, isso tornaria meu dia mais tedioso ainda. 
Olhava o relógio e o tempo não passava, ainda eram sete e meia, deitei a cabeça e acabei "apagando".
 


Notas Finais


Pretendo continuar assim que tiver tempo, por isso pode acontecer de postar mais de um capítulo em um dia, e não postar no outro dia. Em semanas de prova, pretendo avisar antecipadamente também.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...