História (in) felizmente eu te amo (imagine incesto Kim taehyung) - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, Kim Taehyung (V), Lisa, Personagens Originais, Rosé
Tags Incesto, Kim Taehyung
Visualizações 387
Palavras 1.096
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olaaa amorees!!
Olha eu aqui com um cap quentinho saindo do forno pra vocês!!!uhuuul!XD
Desculpa a demora, sei que prometi postar logo, mas não deu muito certo, pois estava sem idéias ;-;
E não gosto de trazer qualquer coisa para vocês<3
Espero que gostem do capítulo^^
Leiam as notas finais!
Boa leitura!!

Capítulo 11 - Porque eu tive que me apaixonar por você?


Fanfic / Fanfiction (in) felizmente eu te amo (imagine incesto Kim taehyung) - Capítulo 11 - Porque eu tive que me apaixonar por você?

Oque será que tiu jimin e papai estavam conversando, fico deitada pensando sobre isso, mas sou tirada de meus devaneios quando alguém abre a porta, avisto papai passando por ela sorrindo para mim

–Oi filha, está tudo bem com você?–,pergunta parecendo preocupado

–Esta tudo ótimo, tiu Jiminie já foi?– pergunto qualquer coisa, pois ainda não quero falar com o papai.

–Nao é oque parece, pois você anda muito estranha desde hoje cedo-dita se sentando ao meu lado na cama–Prometi para a sua mãe que cuidaria bem de você, mas parece que você não deixa...–juro que se ele não fosse meu pai e arrebentava ele aqui e agora, porque tão mentiroso aish!

–Nao há nada de errado- forço um sorrisinho ladino

–Ah ok então, ah e sim jimin já foi–da de ombros ele fala as últimas palavras meio irritado, sei que ele não gosta que eu fique chamando o jimin de jiminnie, mas só faço isso para provocar

E o homem bipolar em senhor, agora mesmo tava "preocupado" e tals e agora tá nem aí, suspiro fundo olhando pro chão, não estou afim de falar com ele, estou com raiva e não e pouco, escuto um suspiro pesado do maior a minha frente, mas ainda continuo fitando o chão.

Escuto a porta de meu quarto ser aberta e logo fechada, Appa havia saído, me deito em minha cama e fico olhando pro teto,–Amanha não irei a escola– penso comigo, não estou afim e além disso estou morrendo de dor, me viro de lado logo fechando meus olhos, – amanhã tentarei falar com ele–susurro, e logo depois adormeço.


Acordo depois de uma longa noite, minha cabeça estava latejando, acho que oque eu ouvi ontem fez eu ficar a noite inteira pesando sobre, e isso ficou martelado cada vez mais forte em minha cabeça.

Levanto da minha cama meio cambaleando, –aish essa dor tá me matando – resmungo e vou para o banheiro, começo a me despir, bem lentamente, ligo o chuveiro deixando bem morno, adentro de baixo daquela água morna e fico pensando na vida.

depois de longos minutos saio de baixo da água já desligando o chuveiro, me enrolo em minha toalha e saio do banheiro, vou até meu guarda roupas pego um calção soltinho e um camisetão que eu havia pego de um amigo meu, a tempos, visto as roupas, penteo meus cabelos e saio do quarto indo em direção a cozinha.

chego na porta da cozinha e vejo papai ali sentado tomando seu café, franzo o cenho, não era para ele  estar no trabalho?, é  oque vem em minha cabeça, mas como estou brava com ele apenas dou de ombros e vou até a geladeira, pego uma maçã, lavo e já a mordo, me encosto no batente da pia e fico olhando pela janela até que sinto alguém me abraçar por trás, estremeço por inteira com o toque em minha cintura, olho para o ser que eu já sabia quem era.

–Oque você está fazendo? –Pergunto para o maior atrás de mim

–Por que não me deu bom dia?–Diz apertando com um pouco de mais força minha cintura,

suspiro fundo–porque lhe daria bom dia se o senhor não está nem aí comigo?– me afasto do seu aperto indo para o outro lado da cozinha, ficando ainda de costas para taehyung

–Quem disse que estou nem aí?

–ninguem me disse nada, apenas sei e já presenciei isso–saio do cômodo onde estava e vou para a sala, me sento no sofá e ligo a TV, sinto um olhar sobre mim e suspiro tentando não olhar para aquela figura que está apenas de calção, acho que ele gosta de me provocar, mas não irei cair em suas tentações, não mais.

–Que foi algo errado?–pergubto sem o olhar

–Por que está fazendo isso comigo? por que está me ignorando!-Se aproxima do sofá onde eu estava

– Não estou fazendo nada, apenas estou fazendo oque eu devo fazer. ser apenas uma adolescente, filha de um homen no qual teve relações que não devia, e que depois que esse homen – a essa altura já escorriam lágrimas dos meus olhos, engulo o choro para continuar– Teve relações sexuais com essa filha, e não deu mais a mínima para ela depois de tudo –coloco tudo pra fora oque estava engasgado em minha garganta, taehyung tenta se aproximar mas eu o paro, fico de pé em sua frente e olho no fundo dos seus olhos

–Eu ti amo, você não entende isso?, você não entende que eu tenho sentimentos por você? - vejo o mesmo desviar o olhar, e engolir em seco –Eu já devia saber que essa seria sua resposta–abaixo a cabeça sentindo mais lágrimas rolarem sobre meu rosto

–Porque eu tive que me apaixonar pelo meu pai? pelo meu próprio pai...–Susurro baixinho, mas sei que papai havia escutado pois escuto ele suspirar– PORQUE VOCÊ FEZ ISSO? PORQUE? PORQUE? PORQUE VOCE ME FEZ SE APAIXONAR POR VOCÊ?–Dou murros em seu peitoral já chorando como uma criança, taehyung apenas fica quieto recebendo meus murros, pois não faziam nada nele por ele ser mais forte e resistente–ME RESPONDA....–diminuo os murros– por favor apenas me responda–susurro baixinho

–Eu não posso... Eu não amo você s/n, eu não posso amar você mesmo se eu quisesse é errado!-diz e com essas palavras, essas simples palavras eu perco o fôlego e sinto meu coração se despedaçar em milhões de pedaços

–M-mas não tem errado ou certo para o amor, isso simplesmente acontece, e ninguém pode interferir no nosso amor-falo fraco olhando para baixo, não conseguia olhar em seus olhos

– Simplesmente aceite isso s/n, eu não te amo, apenas tivemos relações sexuais nada a mais... – e mais uma vez meu coração se despedaça, e sem falar mais alguma palavra apenas olho nos olhos de taehyung uma última vez e o encaro

–Eu odeio você–dito isso subo as escadas indo para o meu quarto e tudo oque fiz foi cair deitada em minha cama e chorar, chorar e chorar como se não houvesse amanhã, eu não podia acreditar que taehyung iria fazer isso comigo, não depois do que aconteceu, isso não faz sentido

porque eu fui me apaixonar por ele, porque? minha cabeça está doendo muito, mas meu coração dói mais ainda, sinto o mundo girar, colo a mão em minha cabeça e sinto como se aquela dor fosse me matar, tento me levantar de minha cama mas tudo oque consegui com essa tentativa falha, foi cair no chão, minha visão escurece de repente aí percebo que eu havia desmaiado de tanta dor...




Pov's Kim Taehyung...



continua?!....


Notas Finais


Eitaa tadinha da s/n;-;
Porque o tae foi tão maldoso com ela, tadinha aish ;-;
Meus amores desculpa pelo cap pequeno, mas trouxe mesmo assim pois não queria demorar tanto pra postar, como eu disse estava sem ideias...T.T
Comentem bastante, amo ler os comentários de vocês e isso que me insentiva a continuar ;3

Leiam a minha outra fic:
Link: https://www.spiritfanfiction.com/historia/curiosity-of-a-girl-11653584

Meu perfil: @MissyChimmy

Obrigada por lerem até aquii^•^
Bejuuuus :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...