História In love? - Imagine Kim SeokJin - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Drama, Fanfic, Imagine Bts, Imagine Jin, Jin
Visualizações 70
Palavras 1.193
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


O capítulo deve estar um pouco curto mas eu não poderia deixar todas essas emoções pra uma vez só gente, porque eu sou malvada hehe.
Tenha uma ótima leitura ❤

Capítulo 12 - Você terá que aceitar sair mais uma vez comigo


Fanfic / Fanfiction In love? - Imagine Kim SeokJin - Capítulo 12 - Você terá que aceitar sair mais uma vez comigo

- Te trocar? Não me diga que está com ciúmes de uma amiga. 

- C-ciúmes? N-não de m-modo algum. Eu hã... Você vai ou não sair comigo? 

- Tá bom Jin, mas o Hope já me chamou. Que tal sairmos todos juntos? 

- Mas nem morto eu aceito sair junto com aquele ladrão de... com o Hoseok. 

- Então eu não vou sair com nenhum dos dois. - dou de ombros.

- Aish! Tudo bem, mas eu não vou ser gentil. 

- Sua obrigação é ser legal com ele, vocês são colegas de trabalho seu chato, precisam se dar bem. 

- Não gosto de quem tenta roubar o que é meu! - se for sonho não me acorde.

- Você com ciúmes é a coisinha mais fofa que existe nessa terra. - abraço o mesmo dando um beijinho no lado esquerdo do seu rosto. Jin reage ao meu ato com uma abundante vermelhidão na região das bochechas e uma cara de interrogação.

- An - me desgrudo dele olhando pro chão - Eu vou chamar o Hobi - saio da sala ir procurar meu disfarce humano.


* POV SEOKJIN *


Desde que Alana chegou no meu escritório, com aquele jeito determinado, independente, resistente; aquilo me atraiu demais, e desde então só conseguia enxergar mais e mais qualidades naquela menina tão peculiar. 

Ela foi uma das poucas mulheres que não tremeu diante da minha presença, foi a única que não me abandonou diante da minha grosseria, que me incentivou a ser alguém melhor. Eu tento todos os dias melhorar por ela, tento não vacilar e andar sempre nos trilhos, conquistar a sua afeição e o seu coração. 

Consegui me aproximar um pouco, estraguei tudo, naquela maldita festa, nunca mais vou à uma festa! Eu não sei bem o que sinto por ela ainda, da ultima vez que me apaixonei me ferrei legal, tenho medo de acontecer de novo. Porém não posso enrolar muito, existem abutres sempre de olho no que é seu.

Agora estou aqui no carro tendo que suportar os dois ali atrás, rindo como se fossem amigos de longo prazo. Ele contava piadas e de vez em quando aproximava o rosto do dela, sei bem o que esse malandro quer fazer. 

Possesso de raiva freio o carro bruscamente em frente à uma loja de conveniência. 

- Alana. - soou mais como uma repreensão - Você disse que precisava comprar algo aqui não era? - dou o meu melhor sorriso de modo que passe a entender que eu estava pleno, quando na verdade eu gostaria de espremer a cabeça daquele vermelhinho. 

- Ah sim! - ela abre a porta e desce - Eu não demoro. - fala pelo vidro da janela aberto. Concordo com a cabeça. 

Acompanho seus passos até dentro da loja, já que ficava um pouco distante de onde parei, só pra me certificar de que entraria em segurança. Depois que minha preocupação se esvai retorno meu olhar para Hoseok, o desgraçado tinha um sorriso cínico nos lábios. 

- Tenha cuidado Sr. Kim. Não se deve freiar tão rápido, o carro pode virar. 

- A única coisa que vai virar aqui é você se não parar de me provocar. - à essa altura eu já não tinha mais paciência para ser educado. 

- Eu não sei do que está falando. - ah pronto, vai se fazer de desentendido agora. 

- Eu vou avisar pela primeira e última vez Hoseok, fique longe da Alana. 

- Por que tanto ciúmes? Tanta possessividade? Ela nem é nada sua. 

- Não importa, fique longe dela. 

- Me obrigue! Não vou me afastar da Lana só porque você quer. 

Ia partir pra agressão verbal e quem sabe física se ela não tivesse aparecido no justo momento. 

- Cheguei gente! Tá tudo bem? - minha cara deveria estar vermelha de raiva. 

- Tá tudo ótimo - Hoseok fala.

- Alana! Sente aqui na frente comigo. - dou algumas batidinhas no banco de passageiro. 

- Não, na volta ela vai na frente com você. Agora ela é minha - puxa seu braço a fazendo cair desajeitada sobre seu corpo. 

- Olha o que você tá fazendo seu imbecil! Você se machucou Alana? 

- Tá tudo bem Jin, eu cai sobre uma superfície macia - Hoseok a olha com um sorriso malicioso. 

Viro para frente e aperto minhas mãos em volta do volante, daqui a pouco ele estaria quebrado de tanto ser forçado. Ou eu poderia quebrar a cara desse idiota. 

*************

O jantar foi um completo desastre. Eu esperava que fosse uma coisa romântica e memorável. Porém, no final tudo que aconteceu foi que eu fiquei totalmente excluído das conversas sem nexo dos "amiguinhos". Alana parecia estar se divertindo, mas não era comigo, e sim com aquele intrometido. Eu pensava em me declarar essa noite, eu sei que ela poderia se assustar no início, mas Iza me falou dos sentimentos da mesma, ela também gosta de mim, o que facilita um pouco as coisas. 

Estávamos a sós enfim, estou indo deixá-la em casa, depois de uma noite inteira perdida finalmente me livrei do Jung. 

Ela estava mais linda do que nunca, a raiva que tomou conta de mim durante todas essas horas não me permitiu prestar atenção no vestido tubinho que estava usando, marcando cada curva do seu corpo tradicionalmente brasileiro, os cabelos cor de mel estavam soltos, permitindo uma melhor visão dos cachos feitos por um modelador. Parte do rosto estava coberto por seus longos fios acastanhados. A boca entreaberta pintada de uma cor escura lhe deixava ainda mais bonita, seus olhos verdes estavam fixos ao céu azul marinho da noite, iluminado apenas por uma solitária lua.
Por quantas vezes eu já sonhei em acordar e dar de cara com seu lindo par de olhos claros me olhando no profundo da alma, sua mão delicada acariciar meu rosto, e sua voz tão doce me desejando um bom dia, me chamando de amor. 

Eu não sei como, nem porque você entrou na minha vida tão de repente, mas causou um furacão tão grande, a ponto de me fazer esquecer aquela que foi o motivo da minha tristeza por tanto tempo. Paro em frente a seu condomínio e abro a porta para que desça, ofereço minha mão de apoio e ela aceita um pouco tímida, como ficava linda corada. 

- A ilustre - falo fazendo aspas - Presença do Hoseok não me deu tempo para dizer o quão linda você está hoje. 

- A-ah, muito obrigada. Você também está belíssimo. 

- Eu queria que a noite tivesse sido especial, mas infelizmente não foi. 

- Ah eu me diverti. - aparentemente ela estava com sono. 

- Se divertiu com o Hoseok, não comigo. 

- Eu não queria passar essa impressão. Mas você passou a noite inteira isolado, não sabia bem o que fazer. 

- Você terá que aceitar sair mais uma vez comigo, só comigo. - meu subconsciente dizia para agarra-lá. 

- Tudo bem Seokjin, eu preciso ir agora tá! Boa noite! - ela beija minha bochecha e se afasta para entrar na portaria.

Sem ter mais controle sobre minhas emoções ou meu corpo, pego o seu braço e lhe puxo para mim, grudando nossos lábios num selinho demorado.


Notas Finais


Rayanny você parou na melhor parte???
Pois é, como eu já disse sou ruim kakaka.
Mas não me matem porque o próximo não irá demorar muito pra sair, pois já está pronto.
Por que não posto hoje então?
Tem que ter um pouco de suspense né hehe >_<


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...