1. Spirit Fanfics >
  2. In love with a Murderess - Imagine Jungkook >
  3. Novas informações

História In love with a Murderess - Imagine Jungkook - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


boa leitura 💕

Capítulo 2 - Novas informações


Fanfic / Fanfiction In love with a Murderess - Imagine Jungkook - Capítulo 2 - Novas informações

Já era dia seguinte e eu estava novamente indo para a cafeteria. O céu estava cinza, cheio de nuvens, parecia que iria chover, e espero que chova, pois tenho um plano caso isso aconteça. 

Entrei na cafeteria e encontrei Jungkook sentado na mesma mesa de ontem, concentradissimo em seu notebook, tanto é que eu me aproximei e ele nem notou minha presença. 

— O conteúdo desse notebook é tão interessante assim? —perguntei fazendo o garoto se assustar, mas sorriu ao notar minha presença. 

—  Estava vendo minhas notas. —esticou os braços se espreguiçando— Esse ano está muito puxado. 

— Mas suas notas estão boas? —puxei uma cadeira me sentando ao seu lado. 

— Mais ou menos. —Jungkook suspira enquanto passa a mão pelo cabelo— Quer ver? —assinto e o mesmo vira o notebook para mim. 

Suas notas estavam praticamente todas acima de noventa. Fiquei impressionada em como ele era inteligente. 

— Se isso para você é mais o menos, eu não sei o que é bom. —Jungkook riu virando o aparelho novamente para si. 

— Eu preciso ser o melhor da sala, não quero ser o desgosto da minha família novamente. —apoiou o rosto entre suas mãos, meio desanimado. 

— Não se cobre tanto okay? Aposto que a sua família tem muito orgulho de você.

— Só a minha irmã tem, meus pais me acham um fracassado. 

Mal sabe ele, que daqui alguns dias não precisará se preocupar em não ser o desgosto da família. 

— Me desculpe pelo o que eu vou falar, mas seus pais são uns idiotas. 

— É, eu sei. —o garoto fecha o notebook e olha para mim— Que coincidência você ter vindo aqui de novo. 

— Na verdade, vim aqui para ver se você estava. Gostei de conversar contigo. —o mesmo sorri para mim. Coitadinho— Sabe, não tenho muitos amigos. 

— Então estamos quites, pois eu também não. —solta uma risada fraca— E também gostei de conversar com você. 

Passamos um bom tempo falando sobre diversos assuntos, como fizemos ontem. De repente ouço um trovão, que me fez olhar para a janela do estabelecimento e vejo que estava caindo o mundo lá fora. Fiquei feliz, mas não demonstrei. 

— Tinha que chover logo agora? —disse fingindo estar "triste"— Vou ter que esperar um bom tempo aqui. 

— Você mora longe? —Jungkook perguntou preocupado. 

— Não muito, mas com essa chuva e ainda  estando a pé, o caminho vai parecer gigantesco. —sorrio fraco olhando para o mesmo. 

— Olha, a minha casa é virando a esquina, se quiser podemos ir para lá e você espera a chuva passar. 

— Isso não seria muito incômodo? 

— Claro que não. E seria muito babaca da minha parte deixar você ir embora sozinha com essa chuva toda. 



Chegamos na casa de Jungkook um pouco encharcados. Por mais que fosse perto, a chuva estava muito forte. 

— Eu vou buscar uma toalha para você okay? —concordei abraçando meu próprio corpo, pois estava com frio. 

O rapaz sai pela casa molhando tudo, e não demora para voltar com a toalha em suas mãos, logo me entregando. 

— Obrigada. —agradeço e começo a me secar. 

Não pude deixar de notar em como Jungkook é bonito, sua calça jeans e camiseta estavam grudadas em seu corpo molhado, marcando muito bem seu abdômen completamente definido. Não o encarei por muito tempo, para que ele não percebesse. 

— Quer tomar um banho? Você pode acabar pegando um resfriado se ficar com essas roupas molhadas. —Jungkook disse assim, que eu entreguei a toalha de volta. 

— Não tem roupa para eu trocar, dã! 

— Te empresto uma minha. 

— Acho que não vai servir. —ri, fazendo o mesmo rir também. 

— Tenho umas roupas minhas de quando eu era adolescente, quem sabe serve. 

— Okay, pode ser.

Jungkook me levou até o banheiro onde entregou a roupa que eu iria vestir, falou para eu ficar a vontade e que ele iria tomar banho no banheiro de seu quarto. Agradeci antes do maior sair do cômodo e me deixar sozinha. 

Liguei o chuveiro e confesso que tomei um banho consideravelmente demorado. Todos os produtos de cuidados pessoais que estavam no banheiro de Jungkook me deixaram impressionada. Pelo jeito ele adora se cuidar. Mexi em alguns, e era tudo cheirosinho, pareciam ser caros também. Pelo jeito ele ou a família tem uma condição financeira muito boa. 

Assim que terminei meu banho, me sequei e vesti as roupas que Jungkook havia me emprestado, e até que serviram bem; só a camisa que ficou um pouco larga, mas isso não me incomoda. Depois de me “arrumar”, sai do banheiro e fui para a sala esperar o garoto aparecer. 

— Vejo que as roupas serviram. —Jungkook chega na sala se sentando ao meu lado no sofá. 

— É, só a blusa que está parecendo um vestido. —falo e o mesmo ri. 

— Essa foi a menor que eu achei. Ah, coloquei suas roupas molhadas na secadora, logo vão estar secas e você poderá vestir. 

— Obrigada, Jungkook. —sorrio— Me trazer para a sua casa, com o mundo caindo lá fora, foi muito atencioso da sua parte. 

— Imagina, foi o mínimo que eu pude fazer para uma futura amiga. —o mesmo sorri. 

“Futura amiga” pobre coitado, esse confia em todo mundo, vai ser fácil de sumir com ele. 


Passei a tarde na casa de Jungkook, conversamos bastante, ele me contou coisas de sua vida, e eu contei sobre a “minha”, o que a maioria dos acontecimentos foram todos inventados, uma grande mentira. Percebi que já estava anoitecendo, e eu precisava voltar para casa, perguntei sobre as minhas roupas e o maior falou que já estavam secas, me troquei e logo depois fui andando para casa, já que havia parado de chover. 

Assim que cheguei, fui para dentro de meu prédio indo para o meu apartamento. Destranquei a porta do mesmo entrando em casa, retirei meus sapatos os deixando na entrada, e me direcionei para o banheiro na intenção de tomar outro banho. Depois de terminar, me sequei indo para o meu quarto vestir meu pijama, e já vestida fui direto para cama, pois estava exausta. 

Hoje obtive muitos avanços em relação a Jungkook, ele me contou coisas importantíssimas sobre sua vida, e eu também deduzi algumas só por estar em seu apartamento. Já sei que sua família tem uma condição financeira muito boa, o mesmo não se dá nem um pouco bem com o pai, que saiu de casa quando ele era um adolescente, e desde então o mesmo convive com sua mãe, padrasto e irmã, que tem o nome de Jeon Jiwoo, depois vou pesquisar um pouco sobre ela. Sei que a vida de Jungkook não foi e nem é fácil. Vai ser um prazer acabar com esse sofrimento. 


Notas Finais


eae gente, gostaram do capítulo? espero que sim
queria agradecer as pessoas que deram fav e comentaram no primeiro capítulo, mesmo que foram poucas eu fiquei bem feliz aaaaa
enfim, até o próximo 💕💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...