História In Love With A Woman - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Jennifer Lawrence, Natalie Dormer
Personagens Personagens Originais
Tags Clgbt
Visualizações 1
Palavras 354
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Avisos: Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - A carta não enviada.


Fanfic / Fanfiction In Love With A Woman - Capítulo 1 - A carta não enviada.

Só bastou um beijo. Apenas um beijo. Para que eu me apaixonesse por cada centímetro seu. Seu sorriso é como uma âncora. Que mantém meus pés no chão. Me faz querer te segurar e nunca mais a deixar ir. Talvez se eu tivesse te conhecido antes de eu dizer "sim" no altar de uma igreja. Talvez se meu coração não fosse fisgado por um outro alguém. E sim por você.

Talvez eu não estaria aqui agora acordando toda madrugada, para fazer meus filhos tão pequenos dormirem. Mas era só uma brincadeira, não? Você queria ver minha reação. "Ué, quê foi, Mabel? Larga a mão. Foi só um beijo!". Não. Para mim foi muito mais do que um beijo de brincadeira. Muito muito mais. É como se fosse meu primeiro beijo, minha cabeça nas nuvens, meu coração batendo tão rápido que parecia que eu poderia morrer a qualquer momento. 

Amar alguém pode ser doloroso. Mas ao mesmo tempo é tão...bom. A religião diz "amar uma pessoa do seu mesmo gênero, é pecado!" Mas...tantas coisas horripilantes acontecem ao redor do mundo. Tanto assassinatos, tanta crueldade, tanta brutalidade. Com certeza, amar uma pessoa do mesmo sexo não é um pecado. É normal como qualquer outra família tradicional. 

Eu nem ao menos amo meu marido mais. Na época, ele era tão charmoso, tão elegante. Mas você... você Anna. Você me faz ser feliz todos os dias. Você é a única que me faz querer viver intensamente. É a única da qual eu faria qualquer coisa. Duas mulhes não é pecado, nem dois homens. Se todo mundo apenas parasse um pouco para respeitar um ao outro, o mundo não seria uma merda total.

Anna, eu te amo. Eu nunca irei enviar essa carta. Mas saiba que meu coração pulsa por você, não por Derick. Eu só estou com ele pois meus filhos não podem crescer sem um pai. Que besteira minha. Se não irei enviar, pra quê eu estou escrevendo isso? Talvez eu só esteja escrevendo tudo o que sinto nessa carta, só pra mim a ler e lembrar do quanto eu sou feliz por você existir. 


-  Com amor, Mabel.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...