História In love with my friend (Sasodei) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Chiyo, Deidara, Jiraiya, Kakashi Hatake, Konan, Nagato, Naruto Uzumaki, Pain, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Sarutobi, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shisui Uchiha, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yamato
Tags Sasodei
Visualizações 165
Palavras 1.071
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem o horário que postei hoje! Eu esqueci de postar o capítulo mais cedo.Boa leitura!

Capítulo 7 - Capítulo6: ilusão


Fanfic / Fanfiction In love with my friend (Sasodei) - Capítulo 7 - Capítulo6: ilusão

Depois que sai do quarto pra pegar os livros das aulas de hoje no meu armário me deparei com Hinata e fomos juntos até nossos armários. 

— Então? — Me olhou curiosa. 

— Então o que? — Perguntei confuso. 

— Ora "o que"! As mensagens, mando alguma? Recebeu alguma?

— Ah... Sim. — Corei. 

— Quero ver. — Disse esperando meu celular. 

— Tá! Mas só um pouco. Vai logo pra sala. Vou pegar meus livros e quando eu chegar na sala vou querer meu celular, entendeu? — Impus. 

— Entendi, entendi! — Deu um gritinho de alegria e correu para sala. 

Ultimamente tudo tem sido estranho, mas um "estranho bom", como: Eu tentar falar e mais com o Sasori e ter uma aproximação do jeito que eu queria com ele, conhecer algumas pessoas. Mas acho que a qualquer momento isso tudo vai acabar.

Durante meus devaneios nem me deu conta de que estava no meu armário já pegando os livros. 

— Deidara? — Ouvi a Voz ecoar pelo corredor. 

Olhei para os lados até encontrar alguém. 

— Oi Sasuke. — Falei. 

— Hoje alguns amigos meus e eu vamos sair,quer vir junto? — Perguntou. 

— Ah... não sei. Ainda não consegui convencer o Sasori que você é uma pessoa legal. 

— Ótimo. Hoje a noite podemos convencer ele então. — Disse. 

— Tudo bem. — Disse. Pegando meus livros e tomando o rumo da sala.

[...]

Quanto cheguei na sala Sasori já havia chego e a novamente aquela parasita estava literalmente nele, sentada em seu colo, sem qualquer sinal de vergonha. 

Apenas olhei ambos falando prováveis besteiras em seus ouvidos e rindo. Nunca pensei que diria isso mas... EU ESTOU COM UMA GRADE INVEJA DELA! Eu deveria estar ali.

Ela me olhou e em seus lábios um sorriso debochado e triunfante se formou. 

— Isso não vai ficar assim. — Falei comigo mesmo sentando ao lado de Hinata que até agora mechia no meu celular. 

— Me dá. — puxei o celular de sua mão.

— O que foi? — Hinata Perguntou assustada. 

— Aquela parasita rosa sorriu da minha cara por estar com ele. — Respondi. — mas não por muito tempo. 

Mandei uma mensagem e logo toda atenção direcionada a Haruno foi voltada ao celular de Sasori.

- Sasori?

[Sasori]: Ah, decidiu me dar atenção? 

- Quem tem que dar atenção aqui é você. Larga essa parasita em cima de você. 

[Sasori]: Largar?

- Sim. Fica aqui comigo, conversando. 

[Sasori]: Ciúmes? Parece até um amigo meu. 

- Sim, estou morrendo de ciúmes, eu que deveria estar no exato local onde ela está. 

[Sasori]: Poderia ser você, se eu ao menos soubesse quem você é. 

- Já disse, sou o amor da sua vida. Por isso eu deveria estar aí, sentado em cima de você e fazendo outras coisas. 

[Sasori]: Outras coisas? Cara, isso é muito estranho, principalmente pelo fato de você ser homem. 

- Você não gosta? 


Antes que ele responde - se a pergunta todos da sala viram Sakura pular de cima do Sasori e olhar pra sua calça. Comecei a ouvir as risadas. 

— Hinata, isso realmente tá acontecendo? — Disse segurando o riso.

— Ele estar duro na sala de aula por sua causa? SIM! — Riu.

Meu celular vibrou. 

[Sasori]: Obrigado por me fazer pagar esse mico. 

- Seu lado hetero sumiu não é mesmo?

[Sasori]: AAARG! TCHAU.

[Sasori]: Espera! Você é da mesma sala que eu?

- NÃO. Só passei pelo corredor.

Depois daí parei de responder e comecei a prestar atenção mas bochechas coradas dele.

[...]

Depois das aulas eu ele é Hinata saímos da sala.

— Cara o que foi aquilo? — Perguntei rindo. 

— Eu não sei. Só fiquei duro. — Disse irritado. 

— Aposto que a Sakura não vai querer sentar em cima de ti tão cedo. — Hinata Disse.

— Pelo contrário. Agora mesmo acho que ela vai querer. — Falou.

— Para de ser safado! — Falei dando um tapa nele.

— É sério. Ela até me convidou pra sair hoje. 

— Sasori! E o nosso acordo? De nem Sakura nem Sasuke.

— Um passarinho me contou que te viu com o Sasuke hoje. — Falou. 

— Gente eu já vou. — Disse entrando no corredor de dormitórios feminino. 

— Tchau. — Dissemos em uníssono. 

— Continuando... Eu só falei com o Sasuke, ele quer ser teu amigo só isso. Agora você tava quase engolindo a Haruno. 

— Qual é o problema disso? Eu e você somos só amigos, você deve tá confundindo as coisas cara. 

— Eu não gosto dela. — Justifiquei. 

— E se fosse outra? — Perguntou. 

— NÃO SEI! EU SÓ NÃO GOSTO.

— Mas não é assim Deidara, você não tem nada a ver com isso. — Disse. 

Sei que ele não teve qualquer intenção de deixar mal, mas aquilo realmente me causou algo ruim e me deixou completamente irritado. 

— Então tá. Que bom, porque hoje vou sair com o Sasuke. — Falei. 

— Sem problemas. — Disse. 

Foi então que me dei conta que ele não se importava se eu estava namorando, ficando ou não. O ciúme dele era completamente diferente do meu, eu o considerava mais que um amigo. Já ele me considerava apenas um amigo. 

— Tudo bem. — Dei as costas e mudei meu caminho. 

— Pra onde tu vai cara? — Perguntou. 

— . . . — Me calei e aumentei a velocidade dos passos até enfim para de ouvir sua voz.

Quando cheguei no refeitório sentei em uma das mesas e descansei a cabeça enquanto comia besteiras. 

— Deiiiiii! — Ouvi o grito e algo cair em cima de mim.

— Não tô muito bom pra conversar agora Hidan. — Disse.

— Você vai gostar da notícia. — Falou. — Lembra que você especulou que eu gostasse do ka Kakuzu? Era verdade.

Quase pulei da cadeira. 

— Sério? Eu sabia!! — Falei. 

— Se acalma. Tem mais... Eu beijei e falei tudo pra ele hoje. — Disse corado. 

— Ah... que bom. Minha vez. — Falei. — Lembra que você especulou que eu gostava do Sasori?

Ele assentiu sorrindo. 

— É verdade. Mas hoje descobri que ele não sente o mesmo. Pronto, final da história. — Enterrei meu rosto na mesa.

— Sério? — franziu a testa. 

— Sim. Agora Tchau. Tenho que me arrumar , daqui a pouco vou sair. — Falei. 

Eu realmente não sabia mais o que fazer, com quem falar, se eu continuaria tentando ou se desistiria de tudo que aparentemente é o melhor a se fazer. 

                                     . . .


Notas Finais


Comentem! 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...