História In my blood - ABO ( Jikook ) - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts Jikook Abo
Visualizações 1.044
Palavras 1.601
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu ia atualizar só amanhã, mas eu não terei tempo, já que amanhã é a minha matrícula na faculdade e logo em seguida vou assistir Deadpool 2.
Por isso, vendo a quantidade de comentários no capítulo anterior, resolvi publicar logo esse.
Então, sem mais enrolação, boa leitura 💙

Capítulo 11 - Retaliação


Fanfic / Fanfiction In my blood - ABO ( Jikook ) - Capítulo 11 - Retaliação

                New Castle Daily 

Jeon Jungkook é visto com loura misteriosa na madrugada dessa quinta feira (5). Identidade da moça ainda não foi descoberta. Não estou inundando que o senhor Jeon estivesse traindo o noivo, mas é realmente muito estranho um homem comprometido ir na casa de uma outra pessoa numa hora dessas. Testemunhas confirmaram que ele saiu de manhã bem cedo. 

Até poucos dias atrás, ele estava beijando Park Jimin no meio da calçada. Problemas no paraíso? Prometo que manterei vocês inflamados. Eu sou  Clarice Elliot  e esse foi mais um N. C. D.


                         ***


O dia de Jimin estava indo de mal à pior. Seu pai estava uma fera e seu ódio subia ainda mais. Praticamente todos os Park estavam na sala de reuniões da família, tentando dar um jeito que de impedir aquele casamento. Embora não houvesse nenhuma confirmação da boca do próprio Jungkook, a situação era suspeita. Se fosse mentira, os Jeon já estariam fazendo um escândalo. Mas nem ao menos se pronunciaram.  Jimin pensou em ligar para Jungkook e pedir uma explicação e esperava ouvir que tudo aquilo não passava de uma cena fora de contexto, mas algo dentro de si doía. Ele havia se apegado ao Jeon, seu ômega sentiu o Alfa dele. Quando um Alfa e um ômega criam uma espécie de vínculo emocional, o ômega sente quando é "traído" por seu Alfa. Se Jimin amasse Jungkook, ele estaria sofrendo muito mais. Existem casos, que o ômega morre de tristeza.

Jimin olhava para sua mãe que estava com o pensamento longe. Ela sabia o que aconteceria dali em diante, seu marido a proibiria de falar com a única amiga que tinha, sem ao menos ser culpa dela. Jimin conhecia pouco da senhora Jeon, mas sabia que ela era uma pessoa boa e faz sua mãe muito feliz.

Mesmo de fora da sala de reuniões, era possível se escutar os rosnados de seu pai. Então ele mesmo decidiu tomar uma providência e confirmar de uma vez por todas sua suspeita. Jimin beijou a testa de sua mãe e disse a ela onde ia. Ela apenas desejou boa sorte ao filho e o viu sair. 

... 


Jungkook estava parado em frente a Jimin sem saber o que dizer. Ele esperava que Jimin batesse nele, o humilhace, dissesse coisas horríveis a ele, mas o Park não o fez. Quando os Jeon notaram a presença de Jimin ali, todos trataram de dar privacidade a eles. Teriam muito o que conversar. Jimin não achava que Jungkook fosse um covarde, mas tinha perdido qualquer afeição cultivada por ele. 

- Jimin, eu... - Disse Jungkook, antes de ser interrompido por Jimin. 

- Eu não vim aqui pra gritar com você ou pra tirar alguma satisfação. - Suspirou Jimin e continuou. - Eu sinto dentro de mim que é verdade, e o fato da sua família não falar nada com a minha,  só confirma isso. Eu sei que você não me ama, mas com sentimentos ou não, estamos noivos. Eu não sei o que te motivou a ir pra cama com a tal loira misteriosa, mas seja lá qual fosse o motivo, você deveria ter vindo a mim e poderíamos ter resolvido isso juntos. Afinal, somos amigos. 

- Jimin, eu te juro que eu não estava sendo racional na hora, eu estava tão excitado o tempo todo, eu só ficava pensando em você e em tocar você. Ela não significa nada pra mim, eu juro. Foi só um acontecimento isolado. 

E lá estava, a confirmação que Jimin tanto temia, e pela segunda vez naquele dia, o coração do Park se partiu. 

Jimin não  queria mas achou derramando uma lágrima, mas ele se controlou. Ele sempre foi bom em ocultar suas emoções, mas desde que havia conhecido Jungkook, havia perdido completamente a controle de si mesmo. 

- Se você queria tanto me tocar Jungkook, você poderia ter me pedido. Eu dei a você o meu primeiro beijo, acha mesmo que eu te negaria meu corpo? Além de estarmos noivos, eu não posso negar que sou atraído por você. 

- Eu achava que você queria que fosse especial. 

- Esse é o problema, você achou, ao invés de vir me perguntar. E graças a sua atitude você,  não só,  quase acabou com o nosso noivado e a amizade de nossas famílias, como quase matou minha reputação. 

-Jimin, me desculpa,  por favor. 

- Você realmente me machucou Jungkook e a minha vontade é de terminar com toda essa palhaçada, mas infelizmente, não posso ser egoísta e pensar só em mim. Talvez um dia eu aprenda  isso com você. Esse casamento é importante pras nossas famílias, ninguém quer perder tudo por causa do Argent. 

- O que você quer que eu faça? Eu faço qualquer coisa. - Jimin notava o desespero q de Jungkook. Sabia que o Alfa estava arrependido, mas já era tarde demais. O estrago já havia sido feito. 

O Park já havia traçado todo um plano para arrumar toda a sujeira do Jeon. 

- Você vai fazer um pronunciamento com a própria Clarice Elliot, onde você vai dizer que foi tudo um mal entendido e que a moça é sua amiga que  estava doente e você foi ajudá-la. Para confirmar sua história, diga que eu sabia de tudo. 

- Você acha que ela vai acreditar? 

- Ela vai. Agora faça. 


                     ***


Phil Argent ligava para a redação de Clarice pela quarta vez naquela tarde. Ele sabia que Jungkook era estúpido, mas não a esse ponto. Era horrível a sensação em um momento ter tudo em suas mãos e no outro não ter mais nada. Era assim que o Argent estava se sentindo. Seu plano brilhante havia ido por água a baixo por conta de um idiota que não sabe controlar os próprios instintos. 

Quando finalmente a secretária atendeu sua ligação, ela passou imediatamente para Clarice. 

- Você trabalha pra mim, Clarice. Eu te disse para segurar sua língua e fazer Vista grossa. 

- Eu não trabalho pra você, Argent. Nossos negócios são separados e não sei porque você está fazendo esse escândalo, o próprio Jeon Jungkook me ligou esclarecendo tudo e já estou publicando no nosso editorial online os esclarecimentos. 

- Como é? 

- Leia a nota que publiquei, agora eu tenho que voltar ao trabalho. Até mais. 

- Clarice.. 

Mas a mulher já havia desligado . 


Curioso, o Argent entrou no site e a nota se encontrava na página inicial. 

"  [...] Jeon Jungkook esclarece boatos sobre sua fugida na madrugada. O rapaz me procurou e esclareceu que tudo não passava de um mal entendido e que o seu noivo, Park Jimin, sabia onde ele estava." 

Phil soltou todo o ar que estava segurando. Não sabia que se aquilo era verdade ou não, mas estava bem mais aliviado em saber que um dos dois, não era um completo idiota. 


                     ***


Jimin estava tão magoado e pouco a pouco flexes de sua conversa com Jungkook vinham em sua cabeça. 

- Você tem que me perdoar, Jimin. 

- Não. Não vou. A partir de hoje você não toca mais em mim. Mesmo depois de casados, você não irá me tocar. E se eu for até você, você vai ser usado como o pedaço de carne que você é. 

- Por que? 

- Essa é a sua punição por me fazer de idiota. Nossa amizade acabou, tenha isso em mente. 


As lágrimas caiam e ele não podia evitá-las pra sempre. Naquele momento, ele estava feliz por não ter começado a amar Jungkook, ou o sofrimento dele seria ainda maior. O que ele havia feito para merecer tamanho desgosto? Aquilo seria alguma vingança de Jungkook sobre o passado de Jimin? O Park nunca pensou que o que acabaria com a relação dele com Jungkook, seria falta de comunicação. 

Perdido em seus pensamentos, o Park não notou Jung Hoseok se aproximar dele. O Alfa sentou ao lado de Jimin e pegou em sua mão. 

- Dia difícil?  - Perguntou Hoseok

- Você deve saber que sim. 

-Ele desmentiu, mas eu sabia que não havia sido verdade. 

- Quem é ela? - Perguntou Jimin

- A tal loira? - suspirou - Se for quem eu estou pensando o nome dela é Camille. Ela é uma vadia da pior espécie. Ela que tirou a virgindade do Jungkook. 

- Eles são íntimos assim? 

- Não. O Jungkook só vai atrás dela quando não está pensando. 

- Engraçado que eu sou o noivo dele, mas ele vai atrás de outra. 

-Não se menospreze por isso. Alfas são meio burros,sabe? 

Jimin riu. Era legal ter Hoseok ali. Mesmo que não se conhecessem direito, era bom saber que alguém se importava. Os dois continuavam conversando por um tempo, e Jimin só foi bebendo mais, assim como Hspeok. 

Podia ser por causa da bebida, mas Hoseok estava mais bonito que o normal, Jimin umideceu os lábios e direcionou seus olhos nos lábios do Alfa. 

- Eu acho que vou beijar você, Hobi. - Foi tudo que disse, antes de selar os lábios dele. 

... 


Apenas de onde estarem ser bem privativo, Jungkook pode ver a cena completa e tudo que ele sentiu foi uma devastadora tristeza. Ele havia começado a se apaixonar por Jimin, e agora estava vendo seu amor com outra pessoa. Com Hoseok. Ele não tinha raiva daquilo, porque sabia que ele mereceu. 

Deixou descer algumas lágrimas e deu as costas. Ele reconquistaria Jimin, porque agora já havia ido longe de mais. "O lobo havia se apaixonado pela ovelha. " Mesmo pelo erro estúpido que cometeu, Jungkook tentaria de tudo para ter Jimin pra si novamente. Demorando o tempo que for. Quando Jimin estivesse pronto pra ele, Jungkook o receberia. 









Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...