1. Spirit Fanfics >
  2. In my Control >
  3. Face Familiar

História In my Control - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Resolvi postar o primeiro episódio hoje, pois o prólogo não conta muito bem então está aí.

Capítulo 2 - Face Familiar


Fanfic / Fanfiction In my Control - Capítulo 2 - Face Familiar

Seto estava determinado, nessa manhã ele se arrumou o mais rápido possível e se retirou da mansão Kaiba em sua limousine, aonde seu fiel 'amigo' dirigia. Como era cedo, aproximadamente 07:30 em Dominó, ordenou que fossem para a casa de Yugi Muto primeiro, seu companheiro e 'inimigo' em duelos de monstros, entretanto era alguém em que Kaiba mais confiava perante uma situação como essa. 

Talvez fosse besteira o jovem achar que sonhos tivesse alguma relação com sua vida ou passado, pois ele não era de acreditar nisso e nunca foi. Mas Seto sentia que faltava algo em sua vida, sentia que aquele sonho era essencial para suas memórias e para sua jornada, e bastava aquela sensação para ele acreditar que tudo tinha uma relação. 

Aquela sensação forte que percorria pelo corpo dele, não era qualquer uma. Queimava e doía. Era uma corrente intensa de ansiedade e adrenalina que percorria por todo o corpo de tal, uma sensação que aceleração o coração e o deixava sem ar, com a respiração deveras ofegante e profunda. Era irreal de se pensar, mas no fundo era muito boa, mesmo com toda a dor aquilo continuava sendo um vício mortal, e cada vez que Seto descobria algo a sensação aumentava descontroladamente. 

Finalmente chegou ao seu destino, uma pequena loja de antiguidades e de jogos bem conhecida em toda a cidade, até porque habitava no local o rei dos jogos. Ele saiu de seu meio de transporte e entrou no local, indo até a bancada aonde se encontrava um senhor de idade e aquele que teria treinado o maior duelista do mundo. 

Obviamente como ele conhecia Seto Kaiba já sabia que estava à procura de seu neto e sem deixar o presidente da Kaiba se pronunciar já teria chamado o garoto, que se encontrava descendo rapidamente as escadas e indo em direção de seu avô e amigo. O pequeno vendo Kaiba de braços cruzados e com sua expressão fria e séria de sempre  já teria se assustado, ele parecia se estremecer um pouco perto do maior e ficava deveras tímido e preocupado com o que viria a seguir.

Kaiba nunca era de aparecer para visitar Yugi, ao menos que algo grave e intenso teria acontecido com ele ou possivelmente que ameaçasse todo o mundo. Por esse motivo  a visita dele no local intrigava e preocupava demais Yugi, e pela expressão facial de seu companheiro aquilo realmente era grave ou preocupante. Yugi não sabia o que pensar, ele sempre tentava ser positivo mas quando Kaiba estava no local com aquela mesma face tudo para o pequeno desmoronava, sua positividade já não existia mais naquele momento. 

– Oh, Kaiba! É tão bom te ver por aqui...! Quer dizer, não é todo dia que te vejo... E... por que está aqui? O que aconteceu com você? - Suas palavras quase nem saiam de sua boca, era como um pequeno sussurro que ia aumentando as vezes e voltando a ser deveras baixo.

– Yugi, precisamos conversar em particular necessito realmente de sua ajuda e já não sei mais o que fazer...

Um silêncio percorreu o local por um curto período de tempo, ambos os jovens ficavam encarando uns aos outros atentamente e sem pronunciar nenhuma palavra sequer. O clima do local parecia deveras intenso e pesado, uma atmosfera deveras desconfortável e insana, cheia de uma negatividade e mistério no ar. Yugi estava com medo do que poderia vir, mas ele faria qualquer coisa para ajudar seus amigos, principalmente Seto. Mesmo que isso arrisfasse tudo o que tinha.


Notas Finais


Eu não sei se ficou grande e bom, mas eu tentei. Estou criando a história com cuidado para não estragar ela então posso demorar para postar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...