História In my Dreams (Imagine Jungkook) - Capítulo 24


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO
Personagens Baekhyun, D.O, Jeon Jeongguk (Jungkook), Kim Namjoon (RM), Lisa
Tags Blackpink, Bts, Exo, Jungkook, Kook
Visualizações 46
Palavras 888
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Meus amores, essa Fic esta quase chegando ao fim, peço que quem gosta das minhas fics me sigam e também aceito sugestões de coisas que querem ler nas próximas historias.

Capítulo 24 - Laminas afiadas


Fanfic / Fanfiction In my Dreams (Imagine Jungkook) - Capítulo 24 - Laminas afiadas

(JUNGKOOK) 


   
  Me levantei rápido da cama e tentei andar o mais rápido que minhas pernas permitiram ate o quarto de Namjoon, o mesmo estava deitado ouvindo musica.
-Cara, eu preciso da chave do carro - eu falei e o mesmo se levantou da cama e me olhou como se tivesse processando minhas palavras.
-você esta muito louco se pensa que vou te deixar dirigir tão cedo, não lembra como que acabou ficando em coma lembra? - ele falou e eu revirei os olhos, entendia sua preocupação mas era uma caso de vida ou morte.
-Namjoon eu não pediria se não fosse urgente, preciso voltar para Seul - eu falei e o mesmo tirou os fones e voltou a me olhar depois de um grande suspiro.
-a gente combinou que ficaria aqui de boa por pelo menos 2 semanas, o que é tão urgente? - ele perguntou e eu pensei se deveria contar para ele, mas se não contasse era bem capaz que ele me ignorasse e me deixasse trancado na casa.
-eu me lembrei dela, e eu sou um filho da mãe, otário, que esqueceu da própria namorada - falei olhando para o chão , se eu pudesse daria um soco na minha própria cara. 
-aaaa eu sabia, seu filho da mãe como pode esquecer da sua namorada? você é asqueroso - ele falou fazendo uma cara de nojo para mim
-já estou me sentindo mal o suficiente ta? , não piora as coisas - eu falei e ele balançou a cabeça e sorriu maliciosamente para mim, e eu quase pude ouvir o coro "TA NAMORANDOOOO TA NAMORANDOO", revirei os olhos para ele.
-ok , onde ela mora? - ele levantou da cama e começou a calçar os sapatos
-na verdade eu não sei - falei, e eu realmente não sabia já que só nos encontravamos em sonhos.
-você ta de sacanagem comigo não esta? - ele falou e jogou um travesseiro em minha direção, peguei no ar.
-isso é facil de descobrir, vou ligar para a empresa - falei saindo rapidamente do quarto e indo em busca do meu celular. 


(JUNGKOOK OFF)

(JIHYO ON) 


      
Logo que acordei recebi uma ligação de  Baekhyun me convidando para jantar novamente, pensei em Jungkook instantaneamente, mas não tinhamos nada, ele nem ao menos se lembrava de mim, sair com  Baekhyun não era uma traição nem algo do tipo, depois de pensar um pouco sobre a proposta eu aceitei.
  A noite  Baekhyun me pegou na minha casa, fomos a um restaurante. Por incrivel que pareça tudo vou muito agradavel e eu não me sentia estranha apesar de tudo, eu já estava tempo demais presa e lamentando por Jungkook não se lembrar de mim, eu tinha que me acostumar a estar sem ele.
-você parece esta melhor, eu fico muito feliz por isso - ele falou enquanto caminhavamos, ele estacionou na frente do meu prédio, mas ficamos dando voltas no quarterão.
-eu me sinto melhor, não posso deixar que meus problemas me afetem por muito tempo, ainda tenho muitas coisas para fazer - falei caminhando e me concentrando nos meus pés que faziam um barulho quando batia no chão de pedra devido ao salto. 
-esses dias eu pensei sobre a ultima vez que estivemos juntos, no dia em que te beijei na casa da Lisa - ele suspirou e eu tive medo de onde ele chagaria com aquela conversa -quando aquilo aconteceu eu tive esperança de que as coisas pudessem voltar ao normal, que talvez o tempo tivesse passado mas pudessemos recomeçar de onde paramos, mas quando te vi a ultima vez e fomos jantar percebi que eu estava errado - ele falou se virando para mim, seu rosto parecia um pouco triste.
-mais coisas aconteceram nos ultimos 2 meses do que os anos que ficamos sem nos ver - comentei, e realmente era verdade, aconteceu mais coisas em 2 meses do que em anos que minha vida esteve parada e sem emoção. 
-eu realmente queria me esforçar para te ter de volta, mas eu sei que por mais que eu tente eu perdi meu posto no seu coração, e eu queria dizer que apesar de isso doer um pouco, esta tudo bem, porque eu amo você e quero que esteja bem sempre - eu tive vontade de chorar com suas palavras, eu sentia a mesma coisa sobre ele, não tive palavras para aquilo tudo, então ele me abraçou forte, eu pude sentir o cheiro dele e aquilo me acalmava, enquanto estava concentrada no abraço eu ouvi uma voz que vinha de trás de mim.
-Ei ..- nos separamos um pouco para olhar o dono da voz, quando me virei o meu coração gelou totalmente, Jungkook estava parado bem atrás de nós dois, ele tinha os braços cruzados no peito e quando nossos olhos se encontraram eu senti meus joelhos enfraquecerem, aquele olhar, era o jeito que meu Moon me olhava, seus olhos eram tristes e eu podia jurar que ele estava a ponto de chorar , mas quando os olhos dele se voltaram para  Baekhyun a expressão em seu rosto mudou completamente, eu quase podia sentir o calor que emanava dele, Jungkook quase o fuzilava com os olhos.
-Você pode por favor soltar a minha namorada? - ele falou e as palavras foram tão duras e serias que pareciam laminas afiadas.







CONTINUA.......



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...