1. Spirit Fanfics >
  2. In my head >
  3. One

História In my head - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


oi oi oi babies,

a capa linda foi feita pela rainha da notsabs, ela arrasa sempre né?


PERSONAGENS:
Mia Benningfield – Lorena Roe
Austin Blake – James Charles
Vic Grenne – Lucy Hale
Jack King - Brent Rivera

Capítulo 1 - One


Eu estava pronta para reencontra-lo naquele dia ensolarado no verão de Los Angeles.

O nosso inferno particular se iniciou quando resolvemos não nos importar com a fama que carregávamos desde a adolescência e começamos um romance escondido de todos. Obviamente aquilo não deu certo por muito tempo e logo todos estavam especulando que Mia Fields e Harry Styles estavam namorando. E eu fui a loucura.

A partir desse dia, nossas vidas começaram a virar de ponta cabeça e todo aquele amor que sentimos um pelo outro em alguns meses, foi se cansando de viver em frente às câmeras. E quando me dei conta, eu estava sendo esvaziada e criticada por milhões de pessoas por ter fodido com a carreira da maior boyband dos últimos tempos.

Mas na verdade, eu só queria ama-lo sem que a mídia soubesse. Eu só queria ama-lo como uma jovem normal de 20 anos.

 

2016 - 4 anos antes...

 

-Mia. –Austin grita me fazendo voltar a realidade e tirar meus fones de ouvido que tocavam uma música qualquer sobre amor. –Eu não vou ter que ir até aí e arrancar essa merda de fone da sua orelha, certo?

-Para de me encher o saco, queridinho. –digo bocejando. –Gravei até as 5 horas da manhã e estou muito cansada para brigar com você agora.

-Não vamos brigar, queridinha. –ele aperta minhas bochechas e reviro os olhos. –Você dormiu o dia todo e agora temos uma festa babadeira para ir.

Eu sou Mia Catherine Benningfield, mais conhecida como Mia Fields ou a garota daquela série estranha da Netflix. Me considero um tipo de Hannah Montana da atualidade, uma garota normal de 20 anos que começou sua carreira como atriz com apenas 8 anos de idade e conquistou o coração do mundo com a sua doçura não tão doce. Eu gostava de parecer normal, tinha muitos amigos anônimos, uma família anônima e um emprego comum aos finais de semana.

Austin Blake era meu melhor amigo desde que me mudei para os EUA com 7 anos de idade. Crescemos juntos e passamos por várias coisas juntos, como quando ele se assumiu homossexual para os seus pais aos 14 anos e eu estava lá para apoia-lo ou quando decidi que trabalharia em uma confeitaria em Brentwood aos finais de semana para me sentir um pouco mais “normal” e ele foi o único que me apoio integralmente, apesar de me xingar todos os finais de semana que o obrigo a passar trabalhando comigo.

-TinTin, não podemos ficar em casa? –pergunto fazendo bico para que o convença. –Hoje é quarta-feira, não tenho que gravar e vai estrear a nova temporada das Kardashians.

-Mia, meu amor. –ele se senta ao meu lado no sofá. –Você pode acompanhar a vida da Kendall de pertinho e você sabe que o best friend gato dela estará lá também.

-Prefiro acompanhar a vida da Khloe, ela é a irmã mais legal. –reviro os olhos ignorando a ideia maluca de conhecer melhor o gato do Fai Khadra, melhor amigo da Kendall Jenner, que Austin vem tentando colocar na minha cabeça há semanas.

-Para de ser chata, Mia. –ele diz me sacudindo como um saco de salgadinho antes de ser aberto. –Vários meninos gatinhos vão estar nessa festinha e eu preciso desencalhar.

-Está bem. Farei isso por você, mas você ficará me devendo uma. –digo me levantando do sofá para ir me arrumar para a tal noite babadeira do meu melhor amigo.

Austin é modelo e maquiador, um dos homens mais belos que já vi. Então por conta do trabalho sempre exigir que ele esteja viajando pelo mundo, nós dividimos um apartamento em Bel Air.

Caminho lentamente até o meu quarto e assim que passo pela fotografia enorme da minha família pendurada em uma das paredes do corredor, paro para observa-los como sempre faço. Eu sempre fui muito ligada aos meus pais que moram em Londres e a decisão mais difícil que já fiz foi escolher me mudar com o meu avô Peter para os EUA para facilitar minha vida de atriz mirim.

Minha mãe, Abby, é argentina, e o meu pai, Ed, é britânico. O que faz com que minha grande família seja uma mistura de culturas e muitas pessoas brigando em inglês e espanhol.

Sorrio com a lembrança do último natal que passamos todos juntos e o meu avô paterno Peter acabou bebendo demais e começou a falar palavrões em espanhol. Obviamente, a família da minha mãe riu demais daquela tentativa horrenda de um inglês bêbado falando espanhol desengonçadamente.

Quando me dou conta, já estou em meu quarto pronta para sair com o Austin. Não me produzi toda porque não estava nem aí para quem estaria naquela festa louca e sabia que o meu amigo me xingaria por estar vestindo um vestido midi preto, uma fake fur preta por cima e minhas botinhas velhas. Meu cabelo era o pior de todos, fiz minhas famosas tranças de boxeadora dos dias de trabalho aos finais de semana, mas eu me sentia bonita com elas.

-Aonde você pensa que vai? –Austin grita assim que passo pela porta do seu quarto no intuito de chegar até a mini escada que dá na sala do nosso apartamento. –Não posso negar que está linda, mas essas tranças são apenas para dias de trabalho na Pink Bakery.

-Eu gosto delas, meu amor. –dou um sorriso amarelo e ele concorda com a cabeça, com a intenção de não se estressar antes da festa. –Será que podemos ir? Não quero voltar para casa às 7 horas da manhã.

-Porra, você é a garota de 20 anos com o espírito mais velho que eu conheço. –ele me puxa pelo braço até o andar de baixo e começo a rir. –Vou contar para o vovô Peter que você não está aproveitando sua juventude direito.

-Eu aproveitava minha juventude quando tinha 16 anos e não me importava nem um pouco com a minha imagem. –digo assim que abro a porta para sair do apartamento. –Agora sou uma mulher que precisa se preservar e manter sua sanidade.


Notas Finais


ESPERO QUE GOSTEM E CONTINUEM LENDO 'DEAR SUMMER'

beijinhosssss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...