História In My Heart [Victuuri] - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Yuri!!! on Ice
Personagens Otabek Altin, Victor Nikiforov, Yuri Katsuki, Yuri Plisetsky
Tags Fluffly, Menções De Otayuri, Viktor X Yuuri, Viktuuri, Yaoi
Visualizações 192
Palavras 1.013
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Drama (Tragédia), Droubble, Fluffy, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Slash, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


E aqui estamos com o último cap dessa coisinha :3
Espero que gostem!

Capítulo 3 - You'll always be here


Viktor juntamente com Yuuri, andavam pelo parque que estava coberto por uma camada de neve branca e fofinha. Os dois estavam bem agasalhados, pois naquele dia a temperatura estava  a graus negativos e para pegar uma gripe não era muito dificil...

A cada passo que os mesmo davam ficava marcado na neve branquinha debaixo de seus pés. Por mais que o Katsuki tivesse bem agasalhado não deixava de tremer por conta do frio, issso não passou despercebido pelo russo de cabelos platinados. Com um sorriso alegre em deu rosto o Nikiforov tirou o seu casaco dando para o de cabelos pretos que timidamente sorriu corando fazendo com que as suas bochechas ganhassem um tom avermelhado.

-N-não era preciso! Você irá ficar com frio...-diz Yuuri cobrindo-se com o casaco vernelho do maior.

-É doce de sua parte se preocupar comigo. Mas para mim isso não é muito frio comparo aos invernos da Rússia.-exclama o russo sorrindo amigável vendo o outro ruborizar.

Viktor sutilmente colocou o braço no pescoço do menor, o tranzendo para perto de si. E de seguida o mais velho o abraçou, fazendo com que Yuuri arregala-se os olhos, surpreso pela ação do mais alto, mas não demorou muito para que retribuisse o abraço com um pequeno sorriso em seus lábios rosados.

-Yuuri, estou adorando ficar aqui no Japão! Mas infelizmente terei que voltar...-diz o maior com um pouco de tristeza na voz, por um lado não queria deixa-lo ali.

Rapidamente Yuuri separa-se do maior, o olhando com os olhos levemente marejados. Ele iria o abandonar? Logo sua mente foi dominada por várias inseguranças deixando-o com um pé atrás sobre aquele assunti da volta de Viktor á Rússia.

-Você irá me deixar?-pergunta o mais novo com tristeza em sua voz.

As lágrimas de seus olhos pareciam insistir em cair, porém o mesmo segurava a todo custo. O russo o olhava com seriedade no olhar, o analisando e tentando encontrar uma resposta adequada para o menor. Um sorriso pequeno surgiu no rosto do maior que apenas segurou no rosto do menor começando a fazer carinho nas bochechas de seu amado.

 -Yuuri, eu amo você...-diz o russo beijando o outro que no inicio ficou bem surpreso mas não demorou que aos poucos corresponde-se o beijo, por falta do maldito ar os dois coradas, principalmente Yuuri.-Eu não vou te deixar, Yuuri, não importa onde eu esteja eu te amarei...

 -Viktor...-susurra o menor sorrindo com as bochechas avermelhadas feliz pela declaração do outro.- Eu também te amo. -diz o de oculos corando vendo o outro abrir um enorme sorriso e abraçar o outro de seguida.

 Naquele abraço os dois sentiam-se mais quentes não pela proximidade em que se encontravam mas também pelo que sentiam naqueles momentos tão unicos na vida dos dois e foi apartir daquele dia de inverno congelante em que os dois subiram um degrau acima de amizade, o amor.

 Yurri nunca soube defenir o que era exatamente o amor, e até os dias de hoje não sabia. A única coisa que podia afirmar era que amava tanto Viktor que chegava a doer, o amava tanto que tinha medo de quando ele o deixasse para voltar para a Rússia sabendo que teriam que manter um relacionamento á distancia o que o deixava com um pouco de medo, apreensivo sobre o futuro incerto que teriam algum dia.

 E com isso os dias passavam e o amor deles só crescia, como uma planta sendo bem cuidada ao longo dos dias. Cada beijo, caricia, toque, abraço e aproximidade jamais seria esquecida pois tudo ali foi inesquecivel para os dois e não importavam a distancia que tariam no futuro pois ele sabiam que o amor deles era mais forte que isso e que duraria mais do que os outro que olhavam diziam.

 A cada dia se aproximava o dia em que o russo iria embora e os dois aproveitavam o máximo o tempo que tinha sobrando antes que ficassem praticamente messes ou até anos sem se ver pessoalmente.

|. . .|

 Yuuri abraçava fortemente o russo com um pouco de medo que ele nunca mais voltasse, no aeroporto parecia mais frio do que fora dele devido ao ar condicionado. Os dois namorados, sim em meio a caricias e abraços aproveitavam os últimos momentos que tinham juntos. Era estranho como alguém entrou tão rapido na vida dos dois e acabou mudando tudo.

 Os dois separaram-se olhando-se levemente tristes por ter que se separarem, não faltava muitos minutos para que o de cabelos platinados fosse chamado para o seu voo. Sentados um do lado do outro os dois disfrutavam enquanto conversavam sobre algumas coisas que aconteceram e do que planeavam para o seu futuro.

 Não demorou muito para que a voz de uma mulher do aeroporto anunciace o que tanto Yuuri temia, fazendo os dois se levantarem do banco em que anteriormente se encontravam sentados. E naquele momento o casal deu o seu ultimo beijo, sem ar os dois se separaram sabendo que já tinha chegado a hora. Até que o russo segurou na mão do menor levando ao seu peito onde situava o seu coração.

 -No meu coração, aonde quer que eu vá, você sempre vai estar aqui.-diz o russo segurando a mão do japones que estava sob o seu peito.

 Lentamente o maior tirou a mão do menor dali pegando em sua mala se distanciando aos poucos arrastanto a sua mala de rodinhas pelo chão do local. O Katsuki com com os olhos marejados levou a mão em seu peito podendo senti-lo bater rapidamente fazendo o sorrir levemente.

 Sabendo que aquilo não era o fim deles o mesmo levou a mão ao bolso de seu casaco retirando uma foto sua com o seu namorado russo, Viktor Nikiforov. "No meu coração, você sempre vai estar" pensa o Yuuri logo de seguida guardando a foto em seu bolso com um grande sorriso em seu rosto. Sabendo que se algum dia sentisse saudades colocaria a mão em seu peito e ouviria os seus batimentos, e com isso se lembraria que era ali que seu amado sempre estaria, no seu coração.

|_FIM_|

 


Notas Finais


Meu perfil no wattpad: https://www.wattpad.com/user/NatashaFreitas4

Foi muito divertido escrever essa three-shot, mas com tudo começa também tudo um dia terminará. Estou feliz por ter escrito algo de Yuri On Ice, quem sabe na proxima não escrevo mais?

Espero que tenham gostado...e nos vemos me outra historia ;p

Au revoir~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...