História In My Life - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Ed Sheeran
Personagens Bruno Mars, Ed Sheeran, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Selena Gomez, Taylor Swift, Zayn Malik
Tags Amizade, Bebidas, Depressão, Drogas, Ed Sheeran, Fama, Festa, Framlingham, Inglaterra, Los Angeles, Musica, Show, Suffolk
Visualizações 65
Palavras 1.771
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


No episódio anterior...

Depois de toda a polêmica que deu o tapa no Ed, eu dei uma entrevista, eu espero que tenha saído tudo bem.

Capítulo 22 - Eu Vou Viajar!


Fanfic / Fanfiction In My Life - Capítulo 22 - Eu Vou Viajar!

Los Angeles, 14 de fevereiro de 2013.

Eu entrei no carro, o Charlie se sentou no banco do passageiro.

-Pelo visto sua entrevista foi boa. -Ele falou animado e eu liguei o carro. -Está todo mundo falando sobre ela e muita gente falando que essa briga de vocês foi besteira e já acabou. -Ele falou empolgado, eu sorri e liguei o carro. -E todo mundo também ficou curioso para ouvir a música que você falou, inclusive eu. -Ele falou me encarando.

-Um dia desses eu toco ela e todo mundo escuta. -Eu falei dando de ombros. -Não adianta querer ouvir antes. -Eu falei e ele voltou a olhar para o celular.

-Eu tenho certeza que para o Bruno você já mostrou. -Ele falou com ciúme e eu dei risada.

-Ninguém nunca ouviu essa música. -Eu falei prestando atenção na estrada.

-Ok, dia 20 é o Brit, você vai ter que ir para lá na segunda. -Ele falou e eu confirmei.

Mais tarde...

Eu cheguei em casa e fui olhar as notícias, vê o que meus fãs estavam falando, eu realmente espero que eles e os fãs do Ed tenham se entendido.

APÓS, DISCUSSÃO COM ED SHEERAN, MAYSIE MORGAN, DÁ ENTREVISTA E DIZ QUE NÃO GUARDA MÁGOA, MAS FARIA DE NOVO.

Nessa, quinta-feira, (14), a cantora Maysie Morgan participou do programa da Kelly Smith, onde afirmou não ter nada contra Ed Sheeran, com quem teve uma briga, mas quando perguntada se estava arrependida ela falou: "Eu não me arrependo do que fiz, porque se eu estivesse na mesma situação eu sei que faria de novo mas eu não gosto do fato dos nossos fãs começarem a brigar por isso", a apresentadora também perguntou se eles fizeram as pazes, e a resposta foi como sempre sincera "eu não sei se essa é a palavra, já que a gente não se falou desde então, para mim já passou". Ela afirmou que não tem nada haver com o fato dos dois terem disputado na mesma categoria e ela ter ganhado e ainda disse que gosta do ruivinho, falou que o considera um ótimo cantor. A cantora ainda afirmou que não pediria desculpas, então será que está mesmo tudo bem? O que o Ed Sheeran achou dessa entrevista, lembrando que ele ainda não se pronunciou a respeito disso mas amanhã ele irá dar uma entrevista a BBC, quem sabe a gente não fica sabendo a opinião dele sobre isso?
Maysie, ainda anunciou que o segundo álbum dela será lançado no começo do ano que vem e que uma música que ela não teve coragem de colocar nesse será lançada, se estamos anciosos? Muito!

Até que não está ruim, mas eu espero que as pessoas vejam a entrevista porque tem muita coisa que dá a entender que eu não gosto do Ed, o que não é verdade, ele ainda tem um poder sobre mim que eu não sei explicar.

A campainha tocou e eu fui abrir a porta.

-Oi Bruno. -Falei sorrindo e abri mais a porta. -Entra. -Eu falei e foi o que ele fez.

-Você foi bem na entrevista. -Ele falou e se sentou no sofá.

-Obrigada. -Eu falei e me sentei no outro canto do sofá.

-Ta todo mundo falando da sua música. -Ele falou me encarando e eu dei risada.

-Nem vem que eu não vou te mostrar. -Eu falei e ele desfez o sorriso.

-Qual é eu tô curioso! -Ele falou e eu dei risada.

-Antes de gravar, eu te mostro. -Eu falei e entrei no meu Insta, eu fui ver os directs, eu gosto de fazer isso para me sentir mais perto dos meus fãs, então eu vi um nome conhecido e abri.

Oi May, eu sei que a gente perdeu o contato mas parabéns pelo prêmio! Eu sinto sua falta.

(@caredavis)

Meu coração acelerou ao ver que era ela, eu nunca mais falei com ela, depois que eu saí da Inglaterra eu fui me desfazendo cada vez mais de tudo e todos de lá. Eu ainda me lembro vom clareza da nossa última conversa.


Los Angeles, 12 de janeiro de 2008.

Meu celular tocou, eu olhei para tela e era a Caroline, nós estamos nos falando com cada vez menos frequência, com o resto eu já não tenho contato nenhum.

-Alô. -Eu falei.

-Oi, May, tudo bem?

-Tudo. -Alerta de mentira.

-Quando você vêm para cá? -Ela falou com a voz triste, eu acho que ela está chorando mas eu não sou a melhor pessoa para ela agora e eu sei que estou sendo uma vaca por tratar ela assim.

-Provavelmente nunca. -Eu falei seca.

-Eu preciso de você, preciso da minha melhor amiga de volta. -Ela falou comesando a chorar.

-Eu não sou mais ela, você precisa de uma nova melhor amiga. -Eu falei por mais que aquilo me machucase e a machuque também, é a verdade. -Eu não sou mais a mesma, eu acho que nunca mais serei, eu não consigo mais viver, eu estou apenas sobrevivendo.

-Você é egoísta isso sim! -Ela começou a gritar e eu comecei a chorar, porque ela está certa. -Você acha que só você sofre? Não todos nós sofremos e você faz com que a gente sofra mais ainda! Você não se importa com mais nada nem com ninguém! Quer saber que se foda você e seu egoísmo! Que se foda! -Ela gritou e desligou.

(L.A)

Eu fiquei encarando a tela do celular por alguns instantes e finalmente saí do transe e respondi a mensagem.

Obrigada, eu vou para Inglaterra para o Brit, provavelmente eu vou dar uma passada por aí, eu espero te ver.

(@maymorgan)

Ok, foi no impulso mas quer saber o que eu tenho a perder, eu nunca mais voltei lá mas eu ainda tenho a casa, e a loja, e tem várias coisas pessoais minhas que estão lá então porque não? Afinal já passou da hora de encarar o passado, agora que eu já reencontrei o Ed, que eu acho que foi o mais difícil o que ei tenho há perder?

-Eu vou viajar! -Eu falei e o Bruno me encarou.

-Para o Brit, eu sei mas é só segunda não?

-Eu vou ir no sábado. -Eu falei e o encarei. -Eu vou ir para casa. -Eu falei e ele me encarou surpreso.

-Você tem certeza? -Ele perguntou me encarando, eu apenas assenti.

Dois dias depois...

-Se você não estiver pronta ainda da para desistir. -O Bruno falou me abraçando.

-Não, eu tô bem. -Eu falei e a gente se afastou. -Te vejo em uma semana.

-Até lá. -Ele falou.

-Tchau Nathan. -Eu falei e o abraçei.

-Tchau filha. -Ele falou. -Se precisar me liga que eu vou para lá. -Ele falou e eu sorri.

-Eu sei que vai, mas eu preciso fazer isso sozinha. -Eu falei e o abraçei. -Eu tenho que ir.

-Me liga quando chegar. -Ele falou quando e a gente se afastou.

-Eu ligo, tchau. -Eu falei e fui na direção do embarque.


Londres, 16 de fevereiro de 2013.

Eu saí do avião, eu estou exausta, eu não dormi quase nada durante o voo, eu desci do avião e fui pegar as minhas malas. Eu aproveitei para eviar uma mensagem para o Charlie, aí ele avisa os outros.

Cheguei em Londres.

-May

Eu peguei minha mala e fui andando na direção de um Starbucks.

-Maysie! -Eu ouvia a voz de uma menina e me virei, ela veio correndo na minha direção e me abraçou, eu levei um minuto para assimilar tudo e retribui o abraço, ela começou a chorar.

-Ei, está tudo bem. -Eu falei ainda a abraçando.

-Eu te amo tanto. -Ela falou e eu sorri.

-Obrigada, pelo carinho. -Eu falei e ela começou a parar de chorar. -Eu tô indo tomar um café, você quer vir? -Ela fez que sim com a cabeça e foi comigo até o Starbucks.

Nós nos sentamos à mesa e conversamos, eu falei algumas coisas sobre o novo álbum, depois mais fãs apareceram e a gente ficou lá batendo um papo. Eu tirei foto com cada uma delas, e uma com todas, que eu postei no meu Insta, porque ficou muito fofa, apesar das minhas olheiras. Algumas foram indo embarcar e outras foram para casa, a primeira que apareceu, que se chama Monik se aproximou de mim, ela tem olhos em um tom castanho claro, o cabelo, da mesma cor, mais ou menos na altura do peito.

-Você pode cantar, Love's To Blame, no Birt? -Ela perguntou e eu sorri, eu amo essa música.

-Claro, eu vou cantar. -Eu falei, ela me abraçou e sorrio.

- Obrigada, por hoje e por todos os outras vezes que você me tirou da bad. -Ela falou e eu sorri, ouvir isso é incrível.

-Você não faz ideia de quantas vezes esse carinho que vocês tem por mim me deram forças para continuar. -Eu falei e abraçei mais uma vez. -Eu tenho que ir. -Falei sorrindo, ela também sorrio.

-Tchau.

Eu saí do aeroporto e peguei um táxi, eu dei o endereço e por sorte o taxista disse que vai. Eu aproveitei para ver minhas redes sociais, bastante gente tava falando da entrevista do Ed, eu decide assistir, as partes que falavam a meu respeito.

-Então, você levou um belo tapa na cara esses dias. -O apresentador falou e o Ed riu.

-É, fazia tempo que eu não leva um desses, ela sabe bater. -Ele falou rindo e eu dei risada, junto com o apresentador.

-Como você se meteu nessa?

-Eu não sei, só aconteceu, ela falou que eu não gostei e eu também falei coisa que não devia e acabei levando um tapa. -Ele falou dando de ombros.

-Então você se arrepende? -Ele perguntou e eu fiquei curiosa para ouvir a resposta.

-Mais ou menos, eu não me arrependo da maior parte mas eu mereci o tapa. -Que bom ele admite.

-Por quê?

-Eu falei coisa que não devia, que eu realmente não devia. -Bom saber. -Então é eu mereci, se eu fosse ela eu teria me batido então.. -Ele falou, deu um sorriso (lindo) e deu de ombros. -Mas já passou, essas coisas acontecem né, sem ressentimentos. -Eu queria tanto que isso fosse verdade.

-Mas o que você acha dela?

-Am. -Ele gaguejou um pouco, e eu dei risada, velhos hábitos nunca mudam. -Ela é uma ótima cantora, escreve muito bem, é muito bonita. -Ele falou e o apresentador sorrio.

-Namora seu amigo? -O Ed deu uma corada, seria ciúme?

-Até onde eu sei não, mas eu tenho minhas dúvidas. -Ele falou e deu risada.

-Todos nós temos. -O apresentador falou rindo e eles mudaram de assunto.

Eu acabei dormindo.


Notas Finais


Oi gente, capítulo novo cheio de emoções! E com "participação" da @Fanfics_Monick, talvez mais para frente eu traga mais algumas(uns) de vocês ❤
E aí o que acham que vai dar essa viagem? Se apeguem aos detalhes kkkk
Beijão e até o próximo capítulo 😘✌


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...