1. Spirit Fanfics >
  2. In search of revenge (Todobakudeku) >
  3. Capítulo.1

História In search of revenge (Todobakudeku) - Capítulo 1


Escrita por: Haluky_Puppy-chan

Notas do Autor


Gente alguém me ajuda, eu estou obcecada em escrever fanfic, não consigo parar nem por um minuto, do jeito que estou vou estar escrevendo fanfic até o final do ano.

Capítulo 1 - Capítulo.1


Shinso - Humm, bom dia baixinho.

Midoriya - Bom dia.

Shinso - Onde vai a essa hora?

Midoriya - Eu consegui um trabalho muito interessante, e de quebra tirar a policia da nossa cola.

Shinso - Vai mesmo deixar eu sozinho aqui, com mais de 15 crianças?

Midoriya - Você é o adulto, dá seu jeito.

Shinso - Nossa, precisa ser tão grosso meu amorzinho?

Midoriya - Para de drama, eu vou ficar um tempo fora, você fica no comando dos lobos.

Shinso - Ok.

Midoriya - E Lembre, se encontrar alguma criança traga ela para cá.

Shinso - Eu sei, e posso te dar uma dica?

Midoriya - Diga.

Shinso - Se eu fosse você, esconderia essas marcas de chupões, antes de ir para esse tal emprego.

Midoriya - Eu já ia fazer isso.

Shinso - Sei, você ia esquecer que está com o corpo todo marcado.

Midoriya - Vai tomar no cu.

Shinso - Não obrigado, já fudi muito com você essa noite.

Midoriya - Filho da mãe.

Shinso - Acho melhor você ir, ou vai acabar se atrasando.


Todoroki - Eu tô dizendo, a música vai ficar muito melhor, se adicionarmos uma batida eletrônica.

Bakugou - Eu acho que fica melhor se colocar um solo de guitarra.

Todoroki - Já que é assim vamos perguntar para o Denki, e o Kirishima o que eles acham.

Bakugou - Tanto faz, o que tem para comer? Eu tô morrendo de fome.

Todoroki - Você acha que tá na sua casa desgraçado?

Bakugou - Dá logo alguma coisa pra mim comer.

Todoroki - Vai pegar alguma coisa na cozinha, eu não sou seu empregado.

Bakugou - Ótimo, Aí quem foi o desgraçado que não olha para onde anda?

Midoriya - D-d-desculpa - Saio correndo subindo as escadas.

Bakugou - Quem é esse?

Todoroki - Sei lá, o Dabi quem é o garoto?

Dabi - É meu novo parceiro da força secreta, ele vai passar um tempo por aqui, enquanto estivermos investigando um caso.

Bakugou - O caso das mortes recentes.

Dabi - Esse mesmo.

Todoroki - Ele parece ser muito jovem para estar na força secreta.

Dabi - Ele é um prodígio, ele tem a idade de vocês e mesmo assim conseguiu entrar na força secreta.

Bakugou - Impossível alguém de 19 anos conseguir entrar na força secreta.

Dabi - Pois bem, ele conseguiu e com certeza é muito mais inteligente que vocês.

Todoroki - Você ainda tem dúvidas, se fossemos minimamente inteligentes, nós estaríamos na faculdade, e não nos preparando para nossa banda estrelar.

Bakugou - O pavê, vou pegar esse seu salgadinho picante.

Todoroki - Pega o que você quiser, e vamos logo temos que encontrar os outros.

Dabi - Saiam logo daqui, eu tenho que trabalhar.

Todoroki - Já estamos indo.

Bakugou - Volto mais tarde, para a sua felicidade.

Dabi - Você não tem casa?

Bakugou - Tenho, mas prefiro ficar aqui.

Dabi - Eu já estou cansado de ouvir os gemidos de vocês, vão para um motel porra!

Todoroki - Chega de papo, e vamos logo.

Dabi - Esses dois só me dão dor de cabeça.

Midoriya - Dabi-san.

Dabi - Izuku, precisa de alguma coisa?

Midoriya - Eu queria olhar os registros do caso, para saber com o que estamos lidando.

Dabi - Iremos para a agência daqui a pouco, lá você poderá olhar os registros.

Midoriya - Ok.


Todoroki - Então o que vocês acham melhor?

Kirishima - Eu gosto da ideia do solo de guitarra.

Denki - Eu prefiro a batida eletrônica.

Bakugou - Temos um impasse.

Kirishima - Cadê a Mina? É ela que resolve essas coisas.

Mina - Ouvi meu nome?

Todoroki - Até que enfim, temos um impasse e como nossa empresária, é seu trabalho resolver isso.

Mina - O assunto sobre o solo de guitarra, ou a batida eletrônica?

Bakugou - Exatamente.

Mina - Eu dei uma olhada nos dois exemplos que vocês me mandaram, e sinceramente eu prefiro a batida eletrônica.

Bakugou - Tsk.

Denki - Isso aí!

Todoroki - Eu disse que batida eletrônica era melhor.

Mina - Mas podemos fazer algumas alterações na batida.

Kirishima - Como assim?

Mina - Podemos acelerar o ritmo, e alterar o beatbox - Pego meu computador, e faço a simulação de como ficaria a batida - E Aí, gostaram?

Bakugou - Ficou bem melhor do que eu pensei.

Denki - Ficou ótimo, vamos fazer isso.

Kirishima - Só temos um mês até estrelharmos.

Mina - Então o que estão esperando? Vamos ensaiar.


Dabi - Esse é o registro do último corpo que encontraram?

Mirio - Sim, mas ainda não passou pela autópsia.

Midoriya - Posso dar uma olhada no corpo, antes da autópsia?

Mirio - Hãm?! Claro, venha por aqui.

Dabi - O que você pretende?

Midoriya - Só quero dar uma olhada no corpo.

Mirio - Aqui está.

Dabi - Um cientista?

Mirio - Como todos os outros, e aparentemente parece que foi ataque animal.

Midoriya - Não, estão vendo aqui, um animal dilaceraria os tornozelos o deixando impossibilitado de fugir, mas esse aqui foi direto no peito.

Dabi - Mas isso não prova que não foi um animal.

Midoriya - Sim, mas quando estava no treinamento trabalhamos em um caso parecido, um homem arrancou as garras e as pressas de um tigre, ele as usava para matar e acharem que foi um animal, mas uma coisa eu aprendi nesse caso, se for um animal de verdade ele deixa um forte odor das feridas, mas esse aqui não libera cheiro de nada, e os cortes não são tão profundos quanto um animal realmente faria, então não foi um animal e sim um ser humano.

Dabi - Impressionante, então estamos atrás de uma pessoa que use garras e presas de animais, para matar.

Midoriya - Exatamente (Isso deve tirar a policia da nossa cola por enquanto)

Mirio - Então devemos basear a autópsia dos outros corpos, nesta análise.

Dabi - Refaçam a autópsia de todos os outros corpos, e nos mandem os resultados.

Mirio - Ok.


*Mais tarde*


Todoroki - Você tá tomando meu energético?!

Bakugou - Você disse que eu podia pegar o que eu quisesse.

Todoroki - Não o meu energético, você sabe muito bem que não é pra ninguém pegar!

Bakugou - Dane-se, agora é meu.

Todoroki - Filho da puta.

Dabi - Dá para vocês ficarem quietos, nós estamos tentando trabalhar.

Todoroki - Estão fazendo o quê?

Dabi - Assunto confidencial.

Bakugou - Qualé, você sempre nos contou tudo, não é porque está de parceiro novo, que tem que parecer que segue todas as regras.

Dabi - Vão embora, não tem coisa melhor pra fazer?

Todoroki - Não.

Bakugou - O moita, você não sabe falar não?

Midoriya - Olho para o loiro, e logo volto minha atenção ao meu computador.

Todoroki - Você foi totalmente ignorado.

Dabi - Deixem ele em paz, Precisamos de silêncio para trabalhar.

Midoriya - Eu não me importo, podem ficar se quiserem - Pego meu fone e coloco no volume máximo.

Bakugou - Tsk, vamos jogar videogame.

Todoroki - Vish, ficou de mal humor.

Dabi - Boa sorte.














Continua...


Notas Finais


Espero que esteja bom, eu já tinha essa fanfic pronta a muito tempo, então resolvi postar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...