História In the blankets - Primeira Temporada. - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, Pentagon (PTG)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Blackpink, Conflitos, Exo, Got7, Nammin, Pentagon, Romance, Sin, Taejin Bromance, Vhope, Vkook, Yoonjin, Yoonseok Bromance
Visualizações 56
Palavras 1.138
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa a demora, estava me preparando para as aulas ksks

Desculpa os erros e boa leitura!

Capítulo 12 - Te explico mais tarde.


Fanfic / Fanfiction In the blankets - Primeira Temporada. - Capítulo 12 - Te explico mais tarde.

 

 

 

   Yoongi estava decidido. Iria até a casa de Seokjin para conversar. Queria falar aquilo para alguém, então se lembrou do que Seokjin lhe disse em sua casa.

 

   Também abriria o jogo para aquele. Irá dizer que está se apaixonando mesmo que talvez não desse tão certo. Também iria voltar a trabalhar. Seokjin também iria voltar a trabalhar. Trabalha á dois anos como professor de culinária, estava de férias por dois meses e trocaria de escola.

 

   Terminou de se arrumar e pegou uma jaqueta caso o clima ficasse mais frio. O clima da manhã estava bom, frio, mas nem tanto.

 

   Pegou seu celular e olhou as horas, ainda iria dar dez da manhã. Pegou a chave de sua casa e saiu trancando a porta. Colocou as chaves junto com o celular em seu bolso e foi devagar em direção à casa de Seokjin, era no lado da sua então não tinha pressa.

 

   Chegou em frente a sua porta e quando estava prestes a tocar a campainha o vento bateu contra seu rosto bagunçando um pouco seus cabelos. Aquela brisa leve lhe fazia se sentir confortável.

 

   Afastou-se da porta e foi até a calçada, olhando para os lados, a rua não estava movimentada. Apenas viu algumas pessoas passando por ali e até um casal.

 

   Sentiu que conhecia o garoto de algum lugar, mas ele estava de lado então não dava pra ver direito. Continuou olhando até que o garoto se virou sorrindo provavelmente por causa da conversa em que estavam. E sim, ele conhecia.

 

— Jaebum? – Perguntou a si mesmo.

 

   O garoto nem percebeu aquele ali e apenas continuou andando. Yoongi estava confuso, o que Jaebum estava fazendo aqui? Quem era aquela garota? Não que esteja com ciúmes, aquilo estava estranho. Aliás, será que ele sabia que Yoongi tinha viajado para esta cidade?

 

   Tinha perdido um pouco a coragem de falar com o Kim e decidiu por dar uma volta. Estava para começar a andar, até que sentiu uma mão em um de seus ombros. Olhou rapidamente para trás e viu Seokjin.

 

— Vai a algum lugar? – Perguntou sorrindo.

 

   Yoongi olhou Seokjin da cabeça aos pés. Estava com uma camisa rosa e uma calça preta colada usando um tênis branco e um chapéu também rosa junto á um óculos redondo. Seokjin corou com o olhar do outro em si. E Yoongi declarou que aquele estava muito fofo.

 

— Eu ia dar uma volta, Hyung... – Encarou o maior. — E você?

 

— Eu também! – Sorriu e o Min também.

 

— Podemos... Ir juntos então, Hyung? – Perguntou devagar.

 

— Claro, eu adoro tua companhia Yoon... – Sorriu e o Min corou com tais palavras. — Podemos ir então?

 

— Sim, vamos. – Começou a andar e Seokjin o seguiu.

 

   Estavam andando lado a lado conversando aleatoriamente e talvez algumas vezes Seokjin tenha feito suas piadinhas e rindo. Yoongi não ria da piada e sim da risada do maior, era engraçada e não se continha, acabava rindo.

 

   As ruas não estavam muito movimentadas, estava mais calmo, havia carros passando pelas ruas e pessoas andando pelas calçadas. Estava favorável para um dia como aquele.

 

— Vamos naquela ponte! – Apontou e Yoongi olhou para o lugar. Era uma ponte que atravessava um pequeno rio.

 

— Está bem, vamos. – Pegou na mão de Seokjin e seguiram para chegar até a ponte.

 

   Seokjin estava corado, não sabia como reagir, apenas deixou ser levado pelo menor. A mão de Yoongi não estava fria como as suas, estava mais quentinha, as mãos do menor eram macias e confortantes.

 

   Soltou um sorriso bobo e percebeu que haviam chegado à ponte. Caminharam um pouco mais e chegaram até o meio dela. Olharam para o pequeno rio e logo depois Yoongi percebeu que ainda segurava a mão do Kim. Soltou suas mãos e se apoiou na beirada, olhando para o rio.

 

   Seokjin percebendo o incômodo do outro, apenas continuou a olhar o rio. Suspirou e olhou para o Kim, ele parecia pensativo.

 

   E Yoongi estava sim pensativo. Estava pensando em como diria mais tarde seus sentimentos pelo mais velho. Como ele reagiria? Será que Seokjin também gosta dele? Só de pensar, sente um frio na barriga.

 

— O que tanto pensa? – O Kim se pronunciou.

 

— O que? – O Olhou. — São apenas coisas, nada de mais... – Voltou seu olhar para o rio.

 

— Entendi...

 

   Ficaram sem falar nada por alguns segundos e então Seokjin se aproximou do mais baixo. Yoongi percebeu a aproximação do mais velho e o encarou, esperando ele dizer algo, mas Seokjin abria a boca e fechava. Queria falar algo mais não conseguia.

 

— Seokjin? – O chamou baixo e confuso.

 

— Yoongi... – Finalmente conseguiu falar. — Eu preciso conversar com você...

 

— Eu também preciso conversar com você, Hyung... – Sorriu mínimo.

 

   Os dois se encararam. Parece que estavam em seu próprio mundinho, onde apenas os dois estavam. Seus olhos brilharam como se fossem crianças pedindo algo para a mãe. Eram apenas dois apaixonados desejando ter um ao outro, mas ainda estavam inseguros. Aquilo daria certo mesmo?

 

  Yoongi já dizia em sua própria mente o quanto ama o outro e não houve um dia que não pensou nele. Seokjin não estava diferente do Min.

 

   Começaram a aproximar seus rostos até que alguém conhecido pelo Min apareceu ali e se aproximou de Yoongi que estava de costas para si.

 

— Yoongi?

   Yoongi ouviu aquela voz tão conhecida por ele e se virou para ver o sujeito que estava atrás de si, mas não tão perto. Estavam em uma distancia de praticamente um metro e meio.

 

— Jaebum?

 

— Oque esta fazendo aqui? – Perguntou confuso.

 

— Eu moro aqui. – Respondeu sem expressão.

 

— Sua mãe tinha me dito que viajou para a América... – O encarou e o Min desviou o olhar.

 

   Seokjin estava confuso, o que estava acontecendo ali? Quem era aquele garoto? Não sabia.

 

   Olhou para o jovem desconhecido e o mesmo lhe olhou fazendo o Kim desviar o olhar.

 

— Quem é você? – Perguntou para o Kim.

 

— Sou Kim Seokjin, prazer. – Se curvou.

 

— Sou Im Jaebum. – Sorriu e o Kim também. — Vocês são...

 

— Somos am..- 

 

— Somos namorados. – Yoongi interrompeu Seokjin.

 

   O Kim o olhou confuso, mas logo entendeu.

 

— Oh sim, namorados... – Sorriu. — Preciso ir, até logo Seokjin, até logo Yoongi. – Sorriu para os dois.

 

— Até logo, Jaebum. – Disse o Kim sorridente.

 

— Até logo. — Disse Yoongi com um pequeno sorriso no rosto.

 

   Jaebum se retirou dali a começou a andar. Yoongi vendo que aquele já estava longe se voltou para Jin.

 

— Vamos embora? Estou com fome.

 

— Claro, vamos. – Sorriu.

 

   Seokjin ficou um pouco triste pelo outro o usar como uma “desculpa” para que o garoto saísse dali.  Mas entendia ele, ou pelo menos achava que entendia.

 

— Bom, eu sei o que você deve estar pensando..., te explico mais tarde. – Sorriu mínimo e o Kim apenas assentiu.

 

   Voltaram andando para casa do Kim trocando apenas algumas palavras ou falando dos outros meninos. E falaram também do casal Taehyung e Hoseok. Seokjin disse que finalmente Taehyung tomou uma decisão.

 

 

 


Notas Finais


Vocês estão gostando? Dêem sua opiniões aí nos comentários, é muito importante para mim. Me digam o que eu posso fazer por vocês hihihi.

Eu to fazendo uma one de TaeYoonJin e eu acho que ta maravilhosa, eu nem acredito que to fazendo isso aaáaaa!!!

Compartilhem essa fic com as amiguinhas please!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...