1. Spirit Fanfics >
  2. In the cradle of the mafia - Jaehyun(NCT) >
  3. Bachelor Party

História In the cradle of the mafia - Jaehyun(NCT) - Capítulo 21


Escrita por:


Notas do Autor


Apenas uma história fictícia que não condiz com a verdade.


Boa leitura

Capítulo 21 - Bachelor Party


Fanfic / Fanfiction In the cradle of the mafia - Jaehyun(NCT) - Capítulo 21 - Bachelor Party




Depois da prova de vestido, estávamos decidindo o local da despedida de solteiro.

 - Eu estava pensando em a gente ir para uma casa de Swing, o que acham? - Charlotte pergunta sorrindo malicioso.

- Vocês não acham que a cota de desgraça não está cheia não? - Momo fala.

 - Não  -  eu e Charlotte falamos juntas.

 - Mas como a gente vai para uma casa de Swing, sabendo que eles vão querer saber onde estaremos? - pergunto.

 - A gente pode falar que vai para casa de uma colega nossa e daí vamos para a casa de Swing - Charlotte fala.

 - Perfeito, só espero que não aparece homens armados - falo rindo.







[...]




 Vou para casa que Jaehyun comprou. Recebo uma ligação de um número desconhecido, atendo, de primeira não escuto nada, mas depois escuto um grito e um disparo, me assusto, a ligação é finalizada. Ligo para Félix de imediato.


Eu: Preciso que descubra um número 


Félix: Ok, me manda o número por mensagem 



 Finalizo a ligação e mando o número para Félix.  Entro na casa e subo as escadas, entro no quarto e vou em direção ao banheiro, vejo Jaehyun na banheira de olhos fechados. Olho para pia e vejo o secador, pego o secador e o ligo, Jaehyun abre os olhos de imediato e me olha.

 - O que acontece se eu ligar esse secador e jogar dentro da banheira? - pergunto olhando para Jaehyun.

- Você me mata e depois é morta pela máfia por matar o capo - Jaehyun fala me olhando fixamente. Desligo o secador, quando vou sair do banheiro Jaehyun me puxa para dentro da banheira.

- Você perdeu a noção? - falo tentado me debater, mas Jaehyun me segurava.

- Eu recebi o exame toxicológico e descobrir que colocaram afrodisíaco em minha bebida - Jaehyun fala.

- Mesmo que tenham te drogado ainda não apaga o fato de você ter engravidado Lucy - falo olhando para Jaehyun.

- Eu sei que fiz burrada em te esconder que fui para um bordel e ter engravidado Lucy, mas vai me crucificar pelo resto da vida? - Jaehyun pergunta.

- O problema Jaehyun é que para as pessoas eu vou ser a mulher que não realizo as vontades do marido, vou ser a mulher fraca, vou ser a mulher sem voz, vou ser a mulher sem escolha. Você sempre será o marido com escolhas e vontades, sabe o quanto isso é injusto para nós? Ver nossas lágrimas e súplicas ser motivo de piada e entretenimento para vocês homens, sabe o quanto dói? Eu não quero ser mais uma dessas mulheres, nem que eu tenha que te desafiar para isso - falo. 

Antes que Jaehyun respondesse meu celular toca, ele me solta, saio da banheira toda molhada indo em direção ao meu celular, vejo que é Félix.


 Félix: Eu descobri que o número vem dá Coreia e a ligação foi feita a uma quadra da casa de vocês 



Eu: Ok, obrigada pela informação.



Finalizo a ligação. O celular de Jaehyun começa a tocar, ele saí do banheiro de roupão e vai em direção ao celular atendendo a chamada, ele logo me olha sério.

 - Foi achado o corpo de Lucy a uma quadra de nossa casa e ela foi encontrada com o útero para fora e com um tiro na cabeça. Preciso voltar para Coreia ainda hoje para investigar isso e vou te levar para casa dos seus pais, você estará segura com eles - Jaehyun fala colocando suas roupas dentro da mala.

 - Quando você chegar na Coreia, me dê notícias - falo.






[...]





Depois que Jaehyun me deixou na casa de meus pais e foi para o aeroporto, sinto um clima estranho entre meu pai e Joshua.

- Por que você não para de me olhar? - meu pai fala bravo.

- Estou tentando entender o que você esconde tanto... qual é o seu segredo? - pergunto olhando fixamente para meu pai.

- Isso não lhe interessa garota - meu pai fala exaltado.

Joshua entra na sala, fazendo um sinal com a cabeça chamando meu pai para escritório, meu pai vai em direção a Joshua.

- O que esses dois escondem tanto? - me pergunto.

- Um segredo que pode acabar com nossa família - Félix fala se jogando no sofá.

- Não vai me dizer né? - pergunto.

- Não, logo logo você vai saber - Félix responde.





[...]



Acordo com a ligação de Jaehyun, logo atendo.


Eu: Notícias?

Jaehyun: Mandei que levassem o corpo para examinar e descobrir que ela estava grávida de dois meses, ou seja, o filho não é meu. Agora a questão é quem fez isso e por quê?. Pelo o que soube de Jina, Lucy estava com um comportamento estranho, ela recebia ligações de alguém



Eu: Entendo... Quando tiver mais notícias me avise. 


Finalizo a ligação e ligo os pontos, corro as escadas e vejo Joshua saindo de casa, vou em sua direção.


- Nosso pai está envolvido com o assassinato de Lucy não é? - pergunto. Joshua faz uma expressão que logo entrega.

- É impossível esconder algo de você - Joshua fala me puxando para dentro de casa indo em direção ao escritório.

- O filho que Lucy carregava era de nosso pai, ele colocou Lucy na casa de vocês para desestabilizar seu casamento, desde do começo foi um plano do nosso pai e isso é só aponta do iceberg. Lucy ultimamente não queria ficar mais entre vocês dois, mas nosso pai ameaçou, ela disse que ia contar para Jaehyun a verdade, mas nosso pai mandou que a assinasse e sumisse com o feto, mas o executor esqueceu do feto e a pior parte é que nosso pai está envolvido com a Bravta e isso é considerado traição para as máfias aliadas e principalmente para Jaehyun - Joshua fala me deixando perplexa.


- Mas por que a Bravta invadiu um dos escritórios? - pergunto confusa.

- Aquilo era descarte do nosso pai para roubar um documento de nosso tio - Joshua fala.

- Mas e agora? A punição por traição é a morte e nossa família vai ser destabilizada - falo trêmula.

- Eu descobri a tempo antes do nosso pai nos ferrar. Eu reuni outras máfias e consegui apoio para me torna capo, assim assumirei o cargo de nossa família, mas nosso pai não irá fugir da punição. Só te peço uma coisa, não conte nada a Jaehyun - Joshua fala, apenas concordo com cabeça.





[...]





Estou terminando de arrumar para ir a despedida de solteiro de Charlotte. Desço as escadas e vou para sala encontrando meus irmãos espalhados pelo sofás.

- Quem vai me levar? - pergunto para meus irmãos.

- Eu levo - Félix fala pegando as chaves do carro.

Vamos para fora de casa, entro no carro junto a ele.

- Me fala o endereço verdadeiro - Félix fala me olhando de debochado.

- Como você descobriu? - pergunto chocada.

- Eu te conheço o suficiente para saber que você não passa de uma mentirosa encrenqueira - Felix fala.

- Me sinto ofendida e você não tem moral alguma para me chamar assim, você é outro - falo.

- Um mentiroso encrenqueiro reconhece o outro - Félix fala rindo.

- Me leve para aquela casa de Swing chamada Red - falo colando o cinto.

- Casa de Swing? Agora vocês se superaram, vão dá uma de voyeurs? - Félix fala dirigindo.

- Vai ser interessante - falo sorrindo malicioso.




[...]



 Entro na casa de Swing e vejo Momo e Charlotte sentadas em uma mesa bebendo.

- Demorou em - diz Charlotte.

- Tive alguns imprevistos, nada de mais - falo me sentado e bebendo o copo de Charlotte. Logo as luzes se apaga e começa o show, os gogo boys entram dançando.

- Aqui é o paraíso? Se for me deixem aqui - Charlotte fala quase babando. Se aproxima três homem em nossa mesa e começa a se esfregar em nós.

- Vem se esfregar assim na minha cama, seu gostoso - Charlotte fala passando a mão no abdômen do homem.
- Gente eu vou pegar uma bebida no bar - falo me distanciando do homem que se esfregava em mim, agora ele se esfrega em Charlotte que está toda animadinha.

Vou o barman e peço um copo de whisky, eu não estava com cabeça para essa putaria toda. O homem me entrega o copo com o líquido, bebo de uma vez. Peço outro copo até que sinto alguém puxar o copo da minha mão, me viro para xingar o filho de uma boa mãe, mas vejo Lucas bebendo meu copo.

- O que você está fazendo aqui? - pergunto.

- Eu que devia te pergunta isso - Lucas fala sorrindo para mim.

- Estou aqui para curtir - respondo.

- Eu também estou aqui para curtir. Eu estava fazendo negócios com seu irmão - Lucas fala.

- Já imagino o que seja - falo pegando outro copo de Whisky.

- Jaehyun falou que você anda dando muito trabalho - Lucas fala.

- Que Jaehyun vá a merda - falo.

- Quer que eu te leve em um local interessante? - Lucas fala sorrindo malicioso.

- Sim - falo. Lucas puxa meu braço e subimos uma escada. Lucas entra em um quarto e vejo pessoas fazendo Ganbag, fico chocada.

- Bem vinda ao mundo do Swing - Lucas fala debochando.


  - Você já fez isso? - pergunto curiosa.


 - Não só eu, todos meus amigos e isso incluí Jaehyun - Lucas fala me levando para um corredor onde várias pessoas se pegavam. Lucas abre outra porta e vimos uma suruba, pai amado que diabos que eu estou vendo, mas isso é tão excitante. Lucas me leva para outra corredor.

- Esse corredor e onde tem a troca de casais, quer ser uma voyeur pela primeira vez? - Lucas pergunta, logo concordo com a cabeça. Lucas me leva para um quarto e vejo um casal que estão nus em cima de uma cama toda vermelha.

- Ela vai apenas observar é a primeira vez dela - Lucas fala me olhando e piscando com um olho. Me sento em uma cadeira. Lucas tira a roupa, ficando nu, pai amado que isso?.

 A mulher deita no peito de seu parceiro. O homem abre as pernas da mulher dando toda a visão de sua vagina para Lucas, Lucas fica do lado da mulher, a mulher coloca o pênis de Lucas na boca e faz movimentos de vai e vem, Lucas leva a mão a vagina da mulher logo a masturbando. Lucas olha  me olha e dá um sorriso, sinto meu corpo esquentar.


  A mulher se desmancha nos dedos de Lucas.   Eles mudam a posição, a mulher está sentada no colo do parceiro com o pênis dele no buraco de trás e Lucas no buraco da frente, a mulher gemia e pulava no pau dos dois, seus seios balançavam. Se Jaehyun sonhar que estou em uma casa de Swing e vendo seu amigo fuder uma mulher desconhecida, ele me come viva.
Escuto gritos e barulhos de tiro, Lucas me olha assustado, o trisal logo se saparam vestido suas roupas, Lucas corre até seu paletó e pega duas pistolas e joga uma em minha direção, logo pego.
- O que pode está acontecendo? - pergunto nervosa.

- Não sei, mas vamos ser cautelosos - Lucas veste suas roupas.

- Momo e Charlotte estão lá embaixo - falo preocupada.

- Vou trazar elas para cá. Tome cuidado e não saia daqui - Lucas fala saindo do quarto. O casal presente no quarto e me olham assustados.

- Somos polícias, não se preocupem - falo dando um sorriso falso. Parece que eles acreditaram.

  Alguém abre a porta com muita força, me escondo de trás da porta. Entra uma pessoa toda de preto e atiram no casal, bem na cabeça. A pessoa vai andando para frente, aperto o gatilho, acerto bem na nuca da pessoa que logo cai no chão. Corro para fora do quarto e vejo Lucas com as meninas.

- Me sigam - Lucas fala andando por um corredor.

- O casal estão bem? - Lucas pergunta.

- Estão bem mortos, um cara entrou no quarto atirado neles, logo dei um tiro na nuca dele - falo, Luca logo me olha chocado.

- O que Jaehyun te tornou? - Lucas fala, apenas sorrio.

Um homem aparece em nosso frente, Lucas logo dá um tiro em sua cabeça. Entramos em um corredor, havia uma porta de saída, Lucas abre essa porta e temos acesso ao exterior da casa.

- Cacete, isso foi adrenalina pura, amei - Charlotte fala rindo. Lucas me olha chocado.

- Só ignora - falo.

- E agora? O que acontece? - Momo pergunta nervosa.

- A gente finge que nada aconteceu - falo, dando nos ombros.

- Como sempre, a gente faz merda e finge que nada aconteceu, ok acho que posso fazer isso - Momo fala com a voz trêmula.

- Eu posso levar vocês para casa? - Lucas fala.

- Aproveita e me leva para sua cama - Charlotte fala.

- Gostei dela - Lucas fala.

- Mas ela é noiva, então desiste Lucas - falo.   Vamos em direção ao carro de Lucas.

Lucas deixa Momo em casa primeiro e depois eu em casa.

Entro em casa e vejo Félix pálido, quando me vê corre em minha direção.

- Quer me matar garota, eu soube da invasão  na casa de Swing - Félix fala.

- Eu estou bem, Lucas estava lá, mas você sabe o que aconteceu? - pergunto.

- Parece que o capo da máfia de Los Angels estava nessa casa de Swing e o capo da máfia de Boston mandou mata-lo. Joshua foi lá resolver essa loucura, já que eles invadiram nosso território - Félix fala.

Vou para meu quarto tomar um banho. Me joga na cama apenas de roupão e durmo.





Notas Finais


💅


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...