1. Spirit Fanfics >
  2. In The Hell (TodoDeku) >
  3. Fuckin-Dear!

História In The Hell (TodoDeku) - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Boa Leitura.

Capítulo 5 - Fuckin-Dear!


Fanfic / Fanfiction In The Hell (TodoDeku) - Capítulo 5 - Fuckin-Dear!

{[Todoroki]}

Aqui estou, de frente para meu irmão. Suas asas estão abertas. As asas cobertas de fogo azul... Tsk. Abro minhas asas que, uma é coberta de fogo e a outra é coberta por gelo, e fico de frente pra ele. 

Dabi: pronto, mano? 

Todoroki: cala a porra da boca! 

Uraraka: ... Briga... – ela corre e volta filmando. 

Quando eles iam brigar, uma mulher ficou entre nós. Momo. Não, é realmente a Momo, aquela que fez um inferno no whatsapp. Ela pergunta com uma dupla voz:

Momo: QuErO uM quArTo, PoR FavOr. 

Todoroki: venha comigo, por favor. – a direciono até um quarto, e acabei me encontrando com Midoriya – Midoriya. 

Midoriya: sim? 

Todoroki: chame um dos Supremos. O merda do meu irmão está aqui. 

Midoriya: c-claro! 

???: isso não será necessário! 

Midoriya: s-senhor Galaxy! 

Galaxy: Dabi, camarada! – o Supremo anda até Dabi – o que deseja dessa vez? 

Dabi: Galaxy, baixinho como sempre. De 1,45 à 1,46.

Galaxy: um centímetro, pra mim, é muita coisa! – ele sorrir, mostrando os dentes pontudos – deixa-me adivinhar: poder! 

Dabi: errou. Vim como mensagem do Shigaraki. 

Galaxy: conte-me, meu caro. 

Dabi: ele quer mais poder e deseja lutar com o Décimo Supremo. 

Galaxy: há!! Hahaha! – ele começa a rir – de novo?! 

Dabi: é pra isso que vim aqui. – ele sorrir enquanto olha pra mim. 

Galaxy: tudo bem, tudo bem. Eu falo com o Júpiter depois! Agora, saia daqui! 

Dabi: estou indo. – ele some entre as chamas azuladas. 

Galaxy: essa merda está resolvida! 

Midoriya: o que faz aqui? Pensei que estaria ocupado... 

Galaxy: também não é assim! 

Todoroki: senhor Galaxy, deseja algo? 

Galaxy: mas é claro! – ele anda até mim – quero você e o secretário comigo na balada! 

Todoroki: passo. 

Midoriya: e-eu também... 

Galaxy: o Todoroki até entendo, mas você vem comigo, meu secretário! 

Uraraka: posso ir também!? 

Galaxy: mas é claro! Quanto mais gente, melhor, caralho! 

Uraraka: yay! Vai ter drogas?! 

Galaxy: com toda certeza! E da melhor qualidade! Meu querido Midoriya! – ele coloca a mão no ombro dele – tá na hora de aproveitar seu tempo livre! 

Midoriya: mas eu não gosto de baladas... 

Galaxy: por enquanto! Todoroki, chame o Bakugou! E o Kirishima!

Todoroki: ok. 

Andei até o quarto de Bakugou e Kirishima. Bakugou teve que vir na marra, literalmente. Kirishima veio de boa. Fui até os três e coloquei os dois na frente de Galaxy:

Kirishima: oi, Senhor Demônio! 

Galaxy: deixem essa porra formalidade de lado! Me chamem de Galaxy! 

Bakugou: Foda-se! 

Galaxy: bem, Bakugou, Kirishima, que tal uma "Fuckin-Dear"?! 

Bakugou: se for isso, eu quero! 

Kirishima: quem perde isso? – todos olharam pra mim. 

Todoroki: ... 

Midoriya: o que é um " Fuckin-Dear"? 

Kirishima: você não sabe?! É tipo uma festa, mas com um monte de coisa! Montanhas de ossos, locais radicais, lutas, só coisas masculas! 

Uraraka: também tem a melhor droga e bebida! As músicas são de arrepiar! 

Kirishima e Uraraka: e tem stripper!! 

Kirishima: elas não são pra qualquer balada! 

Uraraka: o que me interessa são os garotos! São ótimos vendedores de maconha! 

Galaxy: eu quero é ir pros lugares radicais! E você vem comigo, né?! 

Midoriya: é... – sorriu forçado. 

Galaxy: vamos, caralho! – eles saem todo felizes. 

???: vá. – um outro Supremo ordenou. 

Todoroki: tem certeza, Quinto Supremo? 

???: ele tá sendo ótimo no trabalho. Não podemos perder esse secretário. 

Todoroki: e enquanto as coisas? 

???: não se preocupa com isso, vai estar tudo em ordem. Agora, vá. 

Todoroki: certo. 

Me arrumei e fui até eles. Quando eles estavam entrando no carro, falei:

Todoroki: eu vou. 

Galaxy: sabia que ele iria te mandar pra cá. 

Todoroki: você o conhece bem melhor que eu. 

Entrei e fomos de carro até o local. Estava muito apertado, então acabou que eu fiquei colocado no "Demônio-Humano". Bem, tanto faz, já tive "apertos" piores. 


{[Midoriya]}


Tive que ir... Não curto baladas! E, para piorar, ainda vim todo apertado com o Todoroki... Após alguns minutos, chegamos. Saímos do carro e vi que a "balada" era GIGANTE. Nunca vi um lugar tão grande em minha vida. Olhei para o lado e vi muitos demônios sambando. O velho Carnaval... Galaxy! 

Galaxy: amo essa batida! – dizia enquanto sambava com os demônios.

Demônio 1: hahaha! O Carnaval dos humanos é uma merda, mas aqui é bom demais! 

Galaxy: contraditório, mas top! 

Demônio 2: trouxe amigos, dessa vez? 

Galaxy: é claro! Midoriya! Vem sambar com a gente! – ele me puxa. 

Midoriya: mas não sei sambar! 

Galaxy: você aprende! – ele pega minhas mãos e começa a mexer os pés bem devagar – o segredo é seguir o ritmo! 

Todoroki: (é sério que tenho que ver eles o tempo inteiro. Odeio baladas.) – pensou enquanto via Uraraka comprar maconha. 

Uraraka: olha! – ela começa a fumar – coisa boa! 

Todoroki: você não aprende mesmo, né? 

Uraraka: uma vez noiada, sempre noiada! 

Todoroki: tá vendo muito meme. 

Uraraka: você devia se soltar mais! 

Todoroki: me soltar? 

Uraraka: claro! – ela me puxa. 

Todoroki: o quê? 

Uraraka: vem dançar!! 

Ela começou a dançar. Todoroki teve que fazer um esforço para dançar. Como queria tá em casa, vendo Netflix enquanto como frango frito. 

Enquanto Todoroki estava na balada, eu tinha acabado de aprender a sambar. Nada mau! É bem divertido, até! 

Galaxy: viu? Divertido! 

Midoriya: sim! 

Galaxy: vem, vou te mostrar mais daqui! – ele estende a mão. 

Midoriya: ok... – a pego. 

Ele me puxa rapidamente entre a multidão enquanto dança comigo. Wow! Ele curte dançar! Após passar pela multidão, ele me levou até um prédio bem alto, onde tinha vários demônios bebendo. Ele se vira pra mim e diz:

Galaxy: você vai se sentir vivo novamente! 

Midoriya: vivo? 

Galaxy: sim! 

O senhor Galaxy me levou até a beira do prédio. Meu... Eu já sei o que ele vai fazer! Quando eu ia inventar uma desculpa para ir, ele pega minha mão e pula... EU VOU MORRER DE NOVO! 

Midoriya: AHHHHH!! 

Galaxy: hahahahaha!! 

Ele ri que nem louco. Não faz nem 1 semana e já vou morrer! De vez! Fecho os olhos e, antes de cair, percebo que a ventania, que antes tava contra mim, está comigo. Abro os olhos e... Estou voando! 

Midoriya: olha! Estou voando! 

Galaxy: mas é claro! Afinal, eu dei a minha confiança! 

Midoriya: quê? – o olho e percebo que ele estava na sua forma. Chifres que não paravam de se mexer, parecendo uma aurora, só que da cor do universo. Seus olhos eram da mesma cor que os chifres. Não só isso, tinha uma faixa da mesma cor o envolvendo. Ele sorrir. 

Galaxy: olha! – ele aponta pra minha cabeça. 

Midoriya: hum? – coloco a mão na minha cabeça e percebo que tenho um chifre! Ele me dá um espelho e o chifre era todo preto e uma faixa branca que fazia meio que um espiral – wow! 

Galaxy: é isso que a confiança faz! 

Todoroki: senhor Galaxy? – Todoroki aparece voando com as duas asas. 

Galaxy: sim? 

Todoroki: o Segundo Supremo está o chamando. 

Galaxy: ai... Que caralho! Falou, cabelo verde! – ele abre um portal e logo sai. 

Todoroki: agora voa. 

Midoriya: não por tanto tempo! – caio. 

Todoroki: ...! – ele me pega – são exatamente 10 minutos de vôo. 

Midoriya: o-obrigado! 

Todoroki: aqueles três vão ficar bem? 

Midoriya: vamos esperá-los! E me coloca no chão, por favor? 

Todoroki: claro. 

Eu e o Todoroki ficamos por ali e lá. Depois de horas, voltamos para a mansão. Uraraka drogada, Bakugou bêbado e Kirishima cheio de energia. Bom, acho que estou começando a me adaptar por aqui... 


Continua... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...