História In the name of 2jae - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~Um_serhumano_

Postado
Categorias 4Minute, AOA, Black Pink, Got7
Personagens BamBam, Hyun A, Jackson, JB, Jimin, Jinyoung, Lisa, Mark, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Faculdade, Got7, Humor, Romance, Yaoi
Visualizações 200
Palavras 783
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então, enquanto procurava por fanfics 2jae percebi que há pouquíssimas </3 e como estava com vontade de escrever resolvi fazer essa fanfic.
Mas não estou sozinha nessa. A grande parte da minha criatividade é por conta da minha amiga @Um_serhumano_ ❤❤
Espero que gostem, assim como eu que estou amando escrevê-la Heoshdksdh ❤❤

Capítulo 1 - 1.


Acordei com o despertador marcando 6:15 da manhã, iria pôr mais 5 minutos se eu não já tivesse sofrido com as consequências dessa ação antes. Levantei-me com muito esforço pois mesmo sabendo que acordaria a esta hora, passei a madrugada jogando, o que resultou em um Youngjae recém-acordado bastante mal-humorado.
Me dirigi ao banheiro e realizei minha higiene matinal. Arrumei-me e fui até o grande espelho que possuia no chão do quarto. Ele já vinha com o cômodo do dormitório, então não precisei trazer um. Com o espelho podia ver-me da cabeça aos pés. Ajeitei a gravata do uniforme do colégio, peguei minha mochila, coloquei todos os materiais necessários para as aulas de hoje, e fui direto para a faculdade.
Quando entrei para a universidade, a achei bastante exaustiva, e pensei que não poderia me acostumar. Mas depois de um tempo achei meu lugar, fiz amigos diversos, e acabei me adaptando às aulas e às correrias.
Mas de tantos amigos, tenho somente 2 daqueles com quem sei que posso contar para tudo: Mark, o qual estudei junto desde a infância, e agora na mesma faculdade; Bambam, que juntou-se a nós no 1° ano da faculdade.
Escuto meu celular tocar, olho para a tela e vejo o nome " Mark " :
- Oi. - digo tentando não transparecer o mau-humor.
- Bom dia princesa, - Mark responde com graça. - estava mergulhada em pensamentos que não me ouve gritando por seu nome? - olho para trás e o vejo tentando me alcançar na correria. - Onde é que você arruma tanta energia para andar na ligeira essa hora da manhã?
Antes que eu podesse responder, ele me corta:
- Não precisa responder, já sei. Está querendo chegar cedo para poder vê-lo, certo?! - brinca. Reparo um sorriso malicioso em seu rosto.
- É, claro, vou acordar cedo a beça só para isso, nossa. - respondo não dando a mínima.
A pessoa a qual o Mark se referia era JaeBum, o número um no ranking dos mais cobiçados da faculdade, além de estar incluso também no grupo dos estudantes com as melhores notas.
- Ah, vamos, vai me dizer que ele não tem um rosto bonito?
- Quem tem um rosto bonito? - perguntou Bambam, que surgiu por detrás. - Não me diga que estão falando do JaeBum?
Mark e eu confirmamos com a cabeça.
- Convenhamos que, mesmo ele tendo aquele ar de superioridade, JaeBum é uma graça mesmo. - Bambam disse enquanto se posicionava ao lado de Mark, com o qual começou a falar sobre alguma coisa que não prestei atenção, pois estava me submergindo aos meus pensamentos novamente.
Analisando melhor a situação, tenho que concordar com os dois. JaeBum tem um rosto bonito, definitivamente.
Não apenas o rosto, mas seu porte físico também é algo a se admirar.
Não que eu fique observando tudo nele, apenas sei disso pois a quadra onde praticamos educação física pode ser vista da minha sala de aula. E a cada lugar da faculdade que você vá, sabe-se que JaeBum passou por ali por conta dos suspiros das universitárias.
Senti-me chocar com alguém enquanto estava pensando distraído.
Me deparei com JaeBum mantendo a postura após o baque. Sigo seu olhar que estava na direção do chão, e vejo um caderno. Agacho-me para pegá-lo, e ele faz o mesmo. Ao tocar no objeto, sinto sua mão em cima da minha, e com isso um choque percorre pelo meu braço até minha nuca. Fito-o por uns segundos, até voltar à tona e tirar minha mão de lá rapidamente.
Levanto-me, me recompondo.
- Desculpa, estava distraído. - digo, meio envergonhado.
- Não tem nada. Obrigado. - JaeBum responde, levantando o caderno e dando um sorriso antes de voltar ao seu caminho à faculdade junto com seus amigos.
Pensei que ele não era tão amigável assim, que a sua fama fizesse subir sua cabeça e se achasse melhor que os outros. Mas parece que ele é o contrário da maioria. Fui tirado de meus devaneios pelo Mark balançando-me pelos ombros.
- Ah, até que enfim. Já íamos te deixar plantado aí. - disse Bambam.
- Vamos logo. - digo virando os dois, e empurrando-os pelas costas.
Ao dar um passo, percebo que havia pisado em algo. Olho para o chão e vejo uma carta. Provavelmente caiu do caderno do JaeBum. Nela podia ver a remetente. Kim Hyuna. O conteúdo dentro certamente estava na cara, depois de observar a carta muito bem decorada. Uma confissão.
- Quem está enrolando agora, hein?! - gritou Mark, enquanto eu observava a carta.
- Já vou, já vou. - devo procurar pelo JaeBum e devolver essa carta. Mas a parte difícil é: chegar até ele.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...