1. Spirit Fanfics >
  2. In The name Of Love - Choi Yeonjun - >
  3. -Adeus lar-

História In The name Of Love - Choi Yeonjun - - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Oi bolinhos! Como estão? Espero que bem.
Desculpe a demora de verdade mas pretendo ser mais ativa na fanfic viu ☺️💜
Wow, estou muito nervosa pois eu tenho varias ideias para essa fic e espero muito que gostem💜💜💜

Sem delongas: Boa leitura 😁💟

Capítulo 2 - -Adeus lar-


Fanfic / Fanfiction In The name Of Love - Choi Yeonjun - - Capítulo 2 - -Adeus lar-

Você acorda com a luz quente do sol batendo em seu rosto, a luz trazia encômodo ao seus olhos por isso você os massageia ate que se abrissem. Você se levanta com uma terrível dor de cabeça, olhando para os lado você tenta se lembrar de algo sobre noite passada mas as únicas lembranças que tem é de você dançando com um garoto que te levou para esse quarto da boate. Você força seus pensamentos mas nada dos aspectos dele vinha em sua mente. "Burra!" Você pensou com essa situação. Você olha para seu corpo que se encontrava nú, então rapidamente procura suas roupas que estavam em cada canto do quarto e as veste. Já vestida, você desce olhando lado a lado do local. Era 6:00 da manhã, você tinha que chegar em casa para se arrumar para o colégio então corre para chegar em casa e torcia para que seus pais ainda estivessem dormindo. Já fazia um tempo em que você estava ' rebelde ', fazendo várias "merdas" e seus pais não estavam mais aguentando seus atos e exatamente por isso eles sempre te davam longos sermões.

Depois de alguns minutos caminhando você chega em casa, com cautela você abre o portão e logo a porta de entrada da sala e sempre com os olhos atentos. Estava tudo correndo bem ate que você escuta um raspar de garganta, quando olha para a direção do som vê pai de braços cruzando e sua mãe logo aparece atrás dele com uma das sombrancelha arqueada. Dando um sorriso de lado você diz tentando 'se' 'safar':

Você: Bom dia mãe e pai, os pais mais lind.....

Sua mãe te puxa pelo braço lhe interrompendo.

S.mãe: Chega s/n não começa com esse papo furado. Já conversamos sobre isso e você não toma jeito!

Você: Qual é mãe, eu so sai por uma noite pra me divertir e agora estou aqui. Bem!

S.pai: Você pode estar bem mas não esta cumprindo as ordens dos seus pais. Está dando preocupação e dor de cabeça para nós!

Você:Aff pai, se esta com dor de cabeça toma remédio. Ja disse para não se preocuparem comigo.

S.pai: ok então. Mas eu so vou te avisar uma vez, grave; uma vez. A proxima vez que você sair pela noite e voltar apenas pela madrugada, ou tirar alguma nota ruim no colégio você vai ser expulsa de casa. Eu e sua mãe não aguentamos mais e ja te avisamos.

Você:Pera... Deixa eu ver se entendi....... Vocês vão me 'chutar' da minha própria casa?

Pergunta incrédula dando um sorrio sínico.

S.mãe: Isso cabe a você decidir. Já tentamos de tudo por você mas se não quer aprender por bem, vai por mal.

Eles saem do local enquanto você apenas revirava os olhos e soprava risadas incrédulas. Você dúvidou sobre o que seus pais disseram, tinha certeza que eles não teriam coragem de fazer tal coisa.

~ {6:40} ~

Você estava atrasada.Para chegar em seu colégio era nescessário meia hora de caminhada mas como seus pais tiveram aquela conversa você se atrasou, então você intensifica os passos para chegar rápido. Durante a passar dos lugares você sente algo estranho, como se alguém te seguisse. Você para e olha para cada canto ao seu redor e não vendo nada volta a andar. Agora você estava nos corredores do colégio que se encontravam vazios, as aulas já haviam se iniciado mas isso não te encomodou ja que estava "Foda- se" para tudo. Chegando em sua sala você vê todos concentrados, eles estavam ao meio de uma prova. Vendo isso você apenas vai andando ate sua carteira e retira seu material.

×/×: Está atrasada S/n !

O professor diz a você olhando alguns papéis na mesa.

Você: É, eu tenho relógio.

Ele se levava e caminha ate você fazendo com que todos da classe voltassem a atenção a vocês.

Prof: Não importa de você tem relógio ou não. Se você tem, aprenda a usá-lo. E por agir assim você recebera um zero em sua prova.

Você levanta a sombrancelha e diz firme a ele:

Você: Vai me dar um zero redondo ou oval?

Pergunta debochado e assim que ele te entrega a prova com um grande zero lhe responde:

Prof: Eu vou te dar um zero que com certeza vai te dar muito prejuízo.

Ele sai andando de volta para a mesa, você estava com ódio então por isso você se deita na mesa ansiosa para essa aula logo acabar.

Já estava no final da aula ate que uns minutos antes de bater o sinal, seu professor começa a dizer os nomes dos alunos e entregando uma prova. Logo você lembra que era uma prova de alguns dias atrás. Ele diz seu nome e você pega a prova logo olhando o resultado.

Você: Haa... Parabéns Choi s/n. Você é lendária!

Diz com sarcasmo dando um grande suspiro. Valendo 20 você tirou 3, agora era confirmado que seus pais iria te mandar para fora de casa. Você estava cansada disso tudo então apenas deita sua cabeça novamente na mesa e adormece.

(...)

~ 11:30 ~

O sinal toca e você se assusta com a balbúrdia feita pelos alunos saindo da sala. Você dormiu a aula inteira, estava cansada então foi como um piscar de olhos. Você arruma seu material e se apressa para sair da escola. No caminho sua mente se encontrava a mil, suas notas estavam piorando e agora mais uma vez; tensa' para encontrar com seus pais.

Já em casa, na hora do almoço. Você, seu pai e sua mãe estavam saboreando a refeição, algumas conversas fúteis do dia fluem ate que seu pai lhe diz:

Pai: E então filha, como foi no colégio?

Você responde meio encomendada:

Você: Ha....bom..... Foi normal!

Volta a comer focando seu olhar na comida mas o mesmo murmura:

Pai:Tem certeza? Imaginei que tivesse algumas notas para nos mostrar. Ate porque semana passada foi semana de prova inclusive hoje!

Você frase os lábios e coloca uma mexa de seu cabelo atrás da orelha respondendo:

Você: Bom... Eu t-tenho mas.... ~respira fundo~ Aff que saco!

Você pega sua mochila que se encontrava ao seu lado e tira as provas com os péssimos resultados, logo entrega para seu pai e ele as observa com atenção. Cada vez mais a feição dele era de desgosto, a cada prova ele transparecia isso com nitidez. Quando acaba de ver, ele coloca as folhas na mesa e respira fundo lhe diz:

Pai: Filha, mais uma vez você decepcionou seu pai! Por que você esta sendo assim minha filha?

Você: P-pai, me perdoe mas....

Mãe: S/n, quando vai continuar com suas desculpas sem nexo?

Ela respira fundo com desgosto e você apenas a cabeça.

Pai: Nós te damos diversas oportunidades, você as jogou fora. Agora você ira aprender com a vida. Como eu disse hoje mais cedo; arrume suas malas......

Você o interrompe ficando um tanto alterada:

Você: pera..... Isso é sério? Vai mesmo fazer isso pai? ~ você olha para sua mãe ~ Mãe?

Mãe: Te avisamos filha, não aguentamos mais seus atos absurdos. Eu não posso mais fazer nada.

Pai: Eu.....te dou ate hoje a noite para arrumar suas malas e se mudar daqui.

Diz com um nó na garganta. Você segura as lágrimas em seus olhos mesmo sabendo que já tinha feito muitas coisas erradas mas agora era tarde de mais para mudar. "Adeus lar" e agora? Onde você poderia morar?

___________________________

• {Onde sera que s/n vai morar em????}•

Comentem ^_^


Notas Finais


E ai? O que acham? Comentem se vocês tem ideia do que vai acontecer. Vamos interagir bolinhos!!!

✨Ha, eu estou com ideia de colocar os links das músicas que eu escuto pra escrever os capítulos. São música boas e bem hot! Se gostarem da idea comentem ok? I love you!

Desculpe qualquer erro de português pois quero melhorar cada vez mais 💜🤗 e ate o próximo capítulo nenéns😁💟✨

-Vocês gostaram da nova capa?? So mais isso eu quero muito saber- 😁


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...