História In The Name Of Love - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Ashley Benson, Robert Downey Jr., Shawn Mendes, Sofia Carson, Tom Holland
Personagens Tom Holland
Visualizações 8
Palavras 1.147
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 18 - Unhas


Fanfic / Fanfiction In The Name Of Love - Capítulo 18 - Unhas

POV's Sofia

- Com calma, Shawn!

- Tá, tá.

Ele colocou a pequena fonte de chocolate na mesa.

- Escuta, você não deveria estar fazendo outra coisa? Tipo, sei lá, pintando as unhas?

Revirei os olhos.

- Só quero ter certeza de que tudo vai sair perfeito. Lá em casa também estava um tédio e minhas unhas e todo o resto já estão perfeitos, não preciso de nada.

Estendi a mão mostrando minhas unhas azuis cobalto.

- Estão...

É claro que ele não sabe o que dizer, ele é homem.

- Incríveis- falei.

- É.

Nick veio até nós vindo do corredor.

- Do quê vocês estão falando?

- Unhas- falei.

- Interessante. Já terminaram de arrumar tudo por aqui?

- Quase tudo. Falta arrumar o conhecimento de vocês sobre moda e unhas.

Nick respirou fundo.

- Sofia, o que você está fazendo aqui mesmo? Você já veio pela manhã, não precisa estar aqui!

- Que inferno, Jonas! Todos vão me perguntar isso hoje?!

Saí pisando duro. A verdade é que eu não quero ficar em casa, e por isso estou aqui. Meus pais estão brigando por causa do que meu pai fez, e eu já não aguento mais!

- Ei, Sofia!

Virei para trás.

- William, o que você está fazendo aqui?

- Eu que te...

- Não termine essa frase!- interrompi apontando para ele.

- Ok, ok! Me ajuda com o corredor por onde as pessoas vão entrar, por favor?

- Onde está o imprestável do Bruno?

- Não sei, acho que ele saiu com o Tyler.

- Urgh! Esses garotos são ridículos!- falou Larryssa aparecendo atrás de William.

De tantas pessoas para aparecerem agora, logo ela! Hoje eu não vou ter paz, ao que parece. Aqui vou escutar Larryssa gritando, e em casa terei meus pais.

- Eu ajudo vocês.

O chiclete em sua boca faz um barulho estressante.

- Vem, Sofia.

Segui William e Larryssa até o corredor cinco.

- O que precisamos fazer?- perguntou a do pirulito.

- Vocês só precisam me ajudar a colocar o tapete daqui até lá e depois colocar algumas luzes brancas pelo caminho.

- O corredor já não tem lâmpadas?

William coçou a cabeça.

- Sim, mas o plano do Rick é deixar apenas essas pequenas ligadas.

Ele apontou para as pequenas lâmpadas dentro em uma sacola.

- Odiei. Velas seriam mais legais.

- A idéia é fazer como se fossem estrelas no céu, não um velório!- falei.

Ela começou a enrolar o cabelo nos dedos. 

- Ah. 

- Aqui está. 

William colocou o tapete vermelho escuro no chão. 

- Não tem um vermelho mais bonito? Tipo o do meu batom?

- Você quer que coloquemos seus brincos no meio da decoração também?- falei.

Larryssa é tão narcisista e idiota, urgh. Algumas pessoas da escola me comparam a ela, mas nós duas não temos nada a ver. É claro, tenho uma autoestima elevada assim como ela, mas não acho que sou melhor que todos ou que todos devem lamber meus pés quando passo (uma vez ela fez Chad literalmente lamber seus pés).

- Eles custaram muito caro, não posso colocá-los no meio disso tudo. 

Ela fez uma cara de deboche ao dizer "disso tudo". Ao menos a infeliz fez um trabalho bom decorando a passarela.

William começou a estender o tapete pelo chão, e eu me abaixei para ajudá-lo. William está falando e interagindo mais desde que começou a andar com Asher. Gostei disso. 

- Ah, droga! Minhas unhas vão ficar estragadas se eu mexer nisso!- falou Larryssa.

- Tudo bem, pode ir. A Sofia me ajuda. 

- Bye bye! 

William se virou para mim.

- Graças às unhas dela ela se foi! Eu não quero ficar traumatizado com os gritos igual o Dylan. 

- É, demos sorte. Mas eu queria que as unhas dela estragassem, pra compensar a vez em que ela pisou no meu sapato.

- Ela já fez de tudo, né? 

- Você não viu nada! 

POV's Rick

 Terminei de tomar banho e fui a caminho do restaurante procurar por Ashley. Avistei a loira vindo em minha direção com um copo cheio de líquido na mão. 

- O que é isso?- perguntei.

- Vitamina. Quer? 

- Não, obrigado. 

- Eu ia te procurar, mas já que você está aqui... Vamos nos sentar em alguma mesa. 

Ela se virou e eu a segui. Nos sentamos em uma das mesas ao ar livre, na sombra fresca. O cheiro das refeições dançavam no ar por todo lado. 

- Acha que eles vão demorar muito?- perguntou.

- Acho que não. Eles saíram há uma hora e meia, e temos que voltar daqui a pouco.

- Temos que ir ao baile, não é mesmo?

Ela bebeu o líquido do copo.

- Sim. 

- Foi você quem organizou tudo, né? 

- Digamos que sim, com a ajuda do meu irmão. 

- Então sem dúvidas tudo vai estar maravilhoso!

Ela sorriu.

- Espero que sim. Passei semanas imaginando tudo, escutando músicas de possíveis bandas para contratarmos, pesquisando bufês. Mas também depende dos outros que estão lá organizando tudo nesse momento. 

Ela balançou a cabeça em concordância. 

- Como você e Hazz se conheceram? 

- Eu estava no shopping fazendo minhas compras diárias quando sem querer ele esbarrou em mim e derrubou todos os meus sapatos. Foi amor a primeira vista. Se eu não tivesse gostado dele desde o começo, o teria matado por derrubar meus sapatos. 

Ashley de repente me lembrou Sofia. 

- Você se parece com uma amiga minha. 

- Duvido que haja alguém como eu por aí. Mas e você, como conheceu o Tom? 

- Na escola mesmo. No começo ele era só mais um aluno no James, mas com o tempo fui o conhecendo e me apaixonando.

Sorri lembrando disso. Me lembro como se fosse ontem: Tom entrando pela porta com aquele cabelo todo penteado de um jeito fofo e o maxilar duro, os olhos castanhos brilhando e a expressão alegre.

- Vocês parecem serem bem unidos.

- A gente tenta. 

- Eu e Hazz estamos meio afastados ultimamente. Ele sempre está trabalhando ou estudando. Como eu disse mais cedo, ele é meio controlador. Sempre está me mandando mensagens e ligando, mas não nos falamos muito por mensagem ou ligação. Ele só pergunta se estou bem e pronto, não temos muito diálogo ultimamente.

Esses dois pareciam estar em uma confusão. 

- Entendo. Eu e Thomas estamos juntos sempre que possível.

- Gostaria de ser assim com o Ha...

De repente ela se calou. 

- Eu disse que estariam aqui!- falou Hazz. Tom estava ao seu lado. Um pouco de suor escorria pelo seu pescoço. 

- Como foi a trilha?- perguntou.

- Foi legal. Aqui não mudou nada, está com o mesmo ar de tranquilidade.

- Rick, me acompanha até o quarto?- perguntou Tom. 

Sei o que Thomas quer: que eu apague o seu fogo.

- Okay, vamos. 

- Não demorem, por favor- disse Hazz.

Assenti e me levantei. 













Notas Finais


Desculpem qualquer erro :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...