História In Your Eyes - Imagine Kim TaeHyung (BTS) - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Red Velvet
Personagens Irene, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Wendy
Tags Amizade, Bts, Drama, Got7, Irene, Jimin, Jin, Joy, Jungkook, Menção Vrene, Morte, Musica, Namjoon, Namoro, Novela, Red Velvet, Romance, Sexo, Taehyung, Wendy, Wenga, Yeri, Yoongi
Visualizações 76
Palavras 1.029
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Lírica, Romance e Novela, Shounen, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OLÁ FLORES 🌸💮🌸💮🌸💮🌸💮🌸
Como estão?
Espero que bem.
Eu estou demorando bastante para postar, mas eu tenho um bom motivo.
Irei explicar tudo nas notas finais.
Boa leitura, amo vocês 🌸💜🌸💜🌸💜🌸💜🌸
~Jasmine🌸🌸

Capítulo 25 - Part XXV


Fanfic / Fanfiction In Your Eyes - Imagine Kim TaeHyung (BTS) - Capítulo 25 - Part XXV



    Unnie, porquê foi atrás dele?”

[ ... ]


    Eu e Jin continuamos correndo atrás da Wendy. Algo me dizia que tentar se aproximar daquele homem era a mesma coisa que se meter em problemas por tentar fazer justiça com as próprias mãos. E não entendi o propósito dela correndo como se dependesse disso para sobreviver.  Algo ali estava suspeito, na verdade, toda a situação era suspeita.

    “Quais são as razões dela  para perseguir um desconhecido?”

WENDY! – Gritava o apelido enquanto corria junto a Jin.

WENDY! – O mais velho gritava.

    Nós dobramos mais uma esquina, mas nem sinal deles.

    Droga SeungWan, onde você se meteu? Como conseguimos te perder assim?

    A caça aos dois continuava, mas nem mesmo conseguia ouvir os passos dela, e mais pessoas começaram a chegar, atrapalhando completamente nossa perseguição. Minhas pernas doíam, o suor escorria por minha testa, sentia sede e cansaço. Meus pulmões falhavam, e o peso da minha mochila começava a aparecer, e dificultar minha corrida.

    Por um momento, eu não aguentei e escorreguei, indo ao chão.

– (S/A)! – Jin parou ao notar que eu tinha caído. Ele me ajudou a levantar. – Você está cansada. É melhor pararmos.

– Não! – Exasperei. – Precisamos encontrar a Wendy, não posso parar.

– (S/A)... – Jin tentou falar, mas viu que eu não desistiria e suspirou pesado. – Tudo bem, mas beba um pouco de água para se hidratar. Você está perdendo muito líquido.

– Tudo bem. – Digo e ele me ajuda a pegar minha garrafa d’água. – Obrigada.

    Ele apenas sorri para mim e nós nos sentamos um pouco. Ele bebe da própria garrafa. Nos olhamos.

– Muito bem, precisamos nos planejar. – Diz ele. – Eu vou por um lado e você por outro. Perguntamos as pessoas se elas viram uma mulher jovem e de cabelo castanho correndo atrás de um homem e se achar alguma pista, mantemos um ao outro informados.

– Ok. – Digo. – Eu vou em frente. Ligo caso encontrá-la, ou se vir àquele homem estranho.

– Tome cuidado, Dongsaeng. – Adverte ele.

–  Eu vou tomar, prometo. – Sorri. – Tome cuidado também, Oppa.

Ele sorri em resposta à minha preocupação, indo para a esquerda da rua.

    “Wendy-ssi, eu vou te achar”.

[ ... ]

    Andei pelas ruas, tentando pegar informações com todos que passavam. Infelizmente, não consegui muita coisa. E eram quase 14:00. Meu celular estava cheio de ligações, e fiz o favor de contar aos garotos sobre o paradeiro de Wendy. Até agora, o único que não sabia era YoonGi. Ele ficaria devastado se soubesse, então pedi para não contarem nada a ele.

    Estava quase chegando ao fim do bairro, sem conseguir nada.

    Decidi ligar para SeokJin.

    Peguei o celular e o contatei.

– Jin-Oppa, eu não consegui encontrá-la, e nenhuma informação ajudou muito. – Suspirei.

Eu também não encontrei ela, e nem mesmo sinal. Liguei e não consegui falar com ela. – Diz ele, triste.

– E agora, o que podemos fazer? Não vou esperar 24 horas para ir à polícia. Prefiro continuar procurando. – Digo a ele.

Tudo bem, Saeng. Eu vou fazer o mesmo. Ligarei para o NamJoon e perguntarei se têm alguma informação. Se achar melhor, pode ir comer.

    Nem pensar, não conseguiria comer numa hora dessas, quero encontrá-la primeiro. – Ditei, o ouvindo suspirar.

Ok, vou voltar às buscas. Até logo. – Diz ele.

–  Até. – Desligo.

    Continuo andando, não poderia desistir de tentar encontrá-la. Eu precisava achar Son SeungWan, e não descansaria até a ver mais uma vez.


Ela precisa me explicar sobre esse homem misterioso. Não entendo o motivo dela ter ido atrás dele.


Andei mais uma vez pelas ruas da cidade, tentando achá-la de todas as formas que eu sabia. Falei com as pessoas novamente, liguei para o celular dela  – como Jin disse ter feito – liguei para os garotos e perguntei sobre novidades. Nada ainda.


Não desistiria, eu detestava desistir.


Sem sombra de dúvidas,  eu vou te encontrar, Unnie.


    É uma promessa.


    Depois de ligar para ela pela 20ª vez, eu decidi mandar-lhe uma mensagem.


[ Eu ]

Unnie, onde você está?

Eu e Jin-Oppa estamos preocupados.

Por favor, retorne nossas ligações.

Por favor, diga-nos onde você está.

[ 13:42 ]

Enviadas.


Eu esperaria por um retorno vindo dela.


Voltei a andar devagar até a livraria, e ao parar num sinal fechado, eu vi os cabelos desgrenhados dela. Ela iria virar para o lado esquerdo de onde eu estava.


Não me contive, e faltando poucos segundos para o sinal abrir, eu corri até o outro lado, olhando para os lados.


WENDY-UNNIE!  – Gritei a plenos pulmões, e a vi virar-se para mim.


    Ela olhou para mim e eu pude chegar até ela, dando-lhe um abraço forte.

– (S/N)!  – Disse, devolvendo o abraço.


Eu quebrei o abraço e a estapeei, várias vezes.

    – Por que saiu correndo daquele jeito???? Está louca???? Eu e Jin ficamos preocupados.  – Continuei a estapeando, vendo-a tentar se defender. Parei de agredí-la. – Da próxima vez, não corra atrás de alguém desconhecido. Ele poderia te fazer mal, pensou nisso alguma vez, Unnie? Não faça isso novamente, por favor.

    – Desculpe se a preocupei, e ao Jin. – Disse ela, segurando minhas mãos. – Mas àquele homem… (S/A), eu acho que já o vi antes. Ele parece suspeito

    – O que está tentando dizer, Unnie?  – Indaguei a ela, que me olhou, puxando-me para andar ao seu lado.

    – (S/A), ele era muito suspeito. Eu o vi quando saí de seu APÊ com YoonGi naquele dia. Ele parecia estar observando o local. – Disse ela. – Como se quisesse conseguir alguma informação.

    – Eu não entendo, por que ele estaria me vigiando? Conseguir informações de quê?

    – Não sei também, mas ele não me passa confiança nenhuma. – Diz ela, olhando para mim. – Tome cuidado quando for voltar para casa da próxima vez, tudo bem? Algo nesse cara me diz que ele é perigoso.

    – Está bem, eu terei mais cuidado a partir de agora.

    – Obrigada, DongSaeng. – Diz ela.  – Agora, vamos comer, por favor. Correr atrás de caras suspeitos pode dar certa fome. Agora eu entendo os policiais.


Eu ri dela, andando ao seu lado, de mãos dadas.


Nem mesmo me lembrei de ligar para Jin e os outros.


Eu sinto muito, pessoal…


Mas agora, eu preciso renovar minhas energias.


Enquanto comíamos, eu me perguntava quem era o homem misterioso e seus motivos para estar sempre onde eu e meus amigos estávamos.  Um dia, eu descobriria as intenções estranhas daquele homem e o manteria bem longe de mim.


Notas Finais


Bom flores, eu estou redigindo os textos pelo meu notebook, e meu prazo de Word era um mês ( já que era original)
Desesperada, eu salvei os capítulos em vários locais, criando pastas para eles, mas eles não iam abrir onde eu salvei kkkkkkkkkkk
Porque eu não tenho o programa do Word, eu uso o Word Online.
Então eu tive que salvar no meu OneDrive para poder abrir.
GRAÇAS a Deus deu para abrir no Drive.
Perdoem a burra.
Mas agora eu sei como fazer, e vou escrever bastante.
Espero que tenham gostado, flores 🌸💮🌸💮🌸💮🌸💮🌸💮🌸💮🌸🌸❤️🌸❤️🌸❤️🌸🌸❤️🌸💮🌸🌸💮🌸❤️🌸❤️🌸💮🌸💮🌸❤️🌸💮🌸
Meu perfil: @JasmineFlower
Meu Twitter: @wanniemimi
Amo vocês, flores.
Ah, dêem amor a Cookie Jar.
Kisses 😘😘😘😘💗💗💗
~Jasmine🌸🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...