História Incandescent Sun - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias JoJo no Kimyou na Bouken
Personagens Personagens Originais
Visualizações 4
Palavras 387
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Shounen, Sobrenatural
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Não acredito que conseguirei trazer aquela sensação que tem nas histórias do araki, mas que tal dar chance a um novo tipo de narrativa com stands :)

Capítulo 1 - Nova Orléans e seus becos


Fanfic / Fanfiction Incandescent Sun - Capítulo 1 - Nova Orléans e seus becos

12/03/2001

*telefone toca*

Alô? - diz um senhor de terno escuro.

O rapaz já está indo para Nápoles? - senhor de terno 

Então ele desliga o telefone e pega uma passagem para Nova Orléans e coloca no bolso, após isso ele pega um relógio de bolso e sai por uma porta o levando a recepção de um aeroporto.

Após desembarcar em seu destino ele sai do aeroporto procurando por uma cabine telefônica, mas durante o trajeto ele avista uma jovem moça correndo que aparentava estar assustada.

Hey,  você está bem? Está machucada? - pergunta o senhor de terno após tentar fazer a moça parar de correr.

Me larga seu idiota - diz a moça que dá um tapa no rosto do senhor e continua a correr.

Ao se passar alguns segundos aparece um jovem que aparentava ter 16 anos que estava todo ensanguentado, ver aquilo o assusta por um breve momento, mas em seguida ele corre em direção do rapaz para tentar ajudá-lo.

Após se aproximar um pouco do rapaz ele percebe que tem algo de errado por ver que o rapaz não estava ligando para sua presença, o que o assusta novamente.

Ei! Você pode me ouvir ? - grita o senhor de terno levemente próximo a cabeça do garoto que se move lentamente.

Então o senhor tenta toca-lo, que faz com que o rapaz caia, mas quando ele vai olhar para o chão só tem roupas jogadas.

E com isso ele decide seguir a sua busca da cabine telefônica. Após ele achar uma cabine, ele pega seu relógio e encaixa no telefone para começar a fazer a ligação.

Alô, aqui é o agente 1342, relatório de primeira impressão: aparentemente está pior do que pensávamos, em poucos momentos na cidade já me deparei com um caso que acredito ser originado de um stand, mas ainda não foi encontrado pistas da criança ou do arco. - agente 1342 

Aqui é a central, suas informações foi compreendidas e arquivadas, a fundação irá lhe mandar novas informações, continue com a missão agente 1342 codinome: Koda. - voz do telefone.

Então Koda sai da cabine e segue em direção a uma parte um pouco mais movimentada da cidade que avia ali por perto.

Assim fica difícil, enquanto tem um na Itália, tem outro aqui - diz Koda suspirando.

Bom tenho que seguir com o plano e achar a outra cria do dio - diz Koda.




Notas Finais


Com isso se começa a missão do agente 1342 Para achar um dos filhos de Dio.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...