História Incapaz de Amar - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Dor, Romance, Suícidio
Visualizações 9
Palavras 622
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem ❤

Boa Leitura ❤

Capítulo 12 - A tragédia.


P.O.V Sophie

Eu corro para uma ruazinha aqui próxima, ouvi barulhos de tiros vindo daqui. Quando chego na esquina,avisto um corpo jogado no chão e vejo Enzo ao lado do corpo. Vejo que é uma menina,me aproximo e percebo que é Kira,com algumas marcas de tiros,coberta de sangue.

-ENZOO,O QUE ACONTECEU? O QUE VOCÊ FEZ COM ELA? POR QUE ELA TÁ SANGRANDO ASSIM? VOCÊ JA CHAMOU A AMBULÂNCIA? - Grito desesperada.

-E-Eu não fiz nada Sophie,a Kira que se meteu no meio do tiro em que vinha em minha direção. E sim,eu já chamei a ambulância. - Ele responde,assustado e chorando. Mesmo que eles tenham terminado, Kira ainda é muito importante para ele.

-POXA KIRA,POR QUE VOCÊ FEZ ISSO? POR QUÊ? KIRA POR FAVOR NÃO VÁ EMBORA,EU PRECISO DE VOCÊ AQUI,KIRAAA. -Grito, chorando, soluçando.

-Calma,Sophie. Ela vai ficar bem,os médicos estão chegando. - Ele diz,colocando a mão sobre minhas costas.

-CALMA? VOCÊ AINDA PEDE CALMA? A CULPA FOI TODA SUA DE A KIRA TER SIDO ATINGIDA. SEU BABACA. -Digo,dando um tapa em sua cara.

A ambulância chega,eu acompanho Kira até o hospital. Eles a levam para uma sala.

-Olá doutor,o que vai acontecer com ela?Ela vai ficar bem? - Pergunto desesperada.

-Não posso confirmar,mas faremos o possível. - Ele responde,sorrindo.

-O-Ok,obrigado. Digo,enxugando as lágrimas,ainda soluçando.

Ele vai para a sala e eu fico fora aguardando.Olhos as horas e são 20:37, "O tempo vai passar devagar..." - Penso.

3 HORAS DEPOIS...

Um tempo se passou, depois de tanta angústia,tanto desespero,tanta dor... Eu aguardo mais uns 20 minutos e o doutor sai da sala. 

-Bom,a Kira passa bem. Os tiros foram de raspão e não afetaram nenhum órgão. Mas, com o impacto que ela teve ao chão na hora que caiu, afetou algumas partes do cérebro. Agora ela provavelmente não lembrará de ninguém,nem de nada que passou. Ela provavelmente não lembrará de você. Isso voltará com o tempo. Ela passará uns dias aqui no hospital,para se tratar os ferimentos. - Ele fala,novamente sorrindo.

-Ah,a Kira não vai lembrar de mim... Mas que bom que ela está bem,fico feliz que não foi nada sério. Eu vou ficar cuidando dela. - Respondo,cabisbaixa.

Eu vou na sala onde ela estava. Vejo ela respirando por aparelhos e começo a chorar novamente. Dou um abraço nela,alisando seus cabelos.

-Ainda bem que você não se foi,ainda bem que você está bem. Ainda bem. Mesmo que por pouco tempo, você virou especial pra mim. Kira,eu te amo. - sussurro em seu ouvido. 

-Senhorita Sophie, ela precisará de um acompanhante. Você se dispõe ? - Me assusto com o Doutor. Enxugo as lágrimas rapidamente.

-S-Sim claro. Eu fico aqui com ela.

-Ok, então. Se você quiser ir em casa buscar algumas roupas eu fico aqui.

-Sim,eu vou em casa. Volto daqui a pouco, não moro muito longe.

Saio do hospital e vou em direção para casa. Chegando em casa,vejo minha mãe:

- Mãe,minha amiga foi baleada perto da escola. O doutor me indiciou para ficar como acompanhante dela,posso? - Pergunto,já sabendo a resposta,já que minha mãe é super de boa com isso.

-Sim,minha filha,pode sim. Mas cuidado em. - Ela diz,sorrindo.

-Ok,vou subir e pegar algumas coisas minhas para ficar lá com ela. - Digo.

Pego algumas roupas,alguns tênis e coloco dentro de uma bolsa. Tomo um banho rápido,me visto com roupas de frios e vou correndo para o hospital.

-Tchau mãe! Já estou indo. - Digo,dando um beijo em sua testa,que estava falando com Bryan,meu irmão mais velho.

-Ei mocinha,aonde você vai? - Ele diz.

-Aah Bryan, não te interessa. Tchau pra você também. - Saio, correndo,muito preocupada.

Chegando ao hospital,vou a sala de Kira. Olho a hora e já era 23:50.

-Como é tarde - Digo um pouquinho alto.

Eu novamente fico admirando Kira. Vejo a situação dela e isso me dá um aperto no coração. Novamente eu choro. Eu deito ao lado dela, dou-lhe um beijo, abraço-a e adormeço.

CONTINUA...




Notas Finais


Obrigada por terem lido ❤

Até o próximo capítulo ❤
Bjão ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...