1. Spirit Fanfics >
  2. Incertain >
  3. Adrien Agreste

História Incertain - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Oii pessoal!! Mais um capítulo ai pra vocês!
Obrigada pelos fav e comentários, espero que vocês gostem.

Capítulo 2 - Adrien Agreste


Fanfic / Fanfiction Incertain - Capítulo 2 - Adrien Agreste

No capítulo anterior...

Ela é meio misteriosa, já a vi bem disfarçada ao me ver e Alya e Nino fazem de tudo para que nós fiquemos juntos. A sós.

Teve a vez do startrain que Marinette dormiu em meu ombro, e eu acabei dormindo com ela também.

Mas.... Será??

Será que Marinette respondeu o meu poema?

 

Marinette on

 

Chego em casa e volto a ser Marinette outra vez. Tikki pegas seus macarrons e se senta em minha mesa, saboreando-os.

Eu fico pensativa e me pergunto várias e varias vezes se isso é o melhor a se fazer.

Será que Cat Noir irá mesmo conseguir me ajudar com Adrien, ou pelo menos me ajudar a sofrer menos pelo loiro dos olhos verdes? Parando para pensar, Cat também tem as madeixas louras e os olhos verdes, talvez ele saiba mesmo como me ajudar.

 

-Tikki, posso te perguntar algo?

-Claro Marinette, diga.

-Cat Noir e eu fizemos um trato. Ele tentará advinhar quem é o garoto que eu gosto, e se ele acertar eu não posso negar. E com isso ele vai me ajudar a lidar com o garoto sem me ferir tanto. O que acha?- Tikki arregala os seus pequenos e fofos olhos mas logo volta ao normal.

-Bem Marinette, quais são as chances dele acertar? Quase zero para falar a verdade. Não acho que ele acerte. Mas foi um pouco arriscado Marinette. Isso pode dar pistas sobre quem você é. Mas confie em seu coração.

-Obrigada Tikki! Também acho que aquele gatinho não vai acertar. Bom agora é hora de dormir, amanhã tenho aula cedo e estamos nas provas finais. Boa noite Tikki.

-Boa noite Marinette.

 

No outro dia pela manhã.

Entrei na sala atrasada novamente, na verdade nem me lembro como cheguei aqui, só estou olhando a aula. 

Percebo que Adrien está meio distraído hoje, como eu. O que será que ele pensa tanto?

-Muito bem alunos, como sabem estamos na última semana de aula. Ano que vem, quem passar de ano irá para o Terceiro ano do ensino médio. Então cientes disso, resolvi fazer um trabalho em duplas com vocês.

 

Todos olham para o colega que sentam juntos sorrindo. Eu olho para Alya tipo “Precisamos tirar uma nota boa Alya”. A professora continua.

-MAS, as duplas serão sorteadas.

Todos se chateiam na mesma hora.

 

A senhorita Bustier começa o sorteio em seu tablet

 

-Alya e Sabrina, Ivan e Rose, Nathaniel e Juleka... – E assim foi indo até que ela sorteou os últimos. – Adrien e Marinette.

O QUE????

ADRIEN E

EU????

NÃO PIRA MARINETTE NÃO...

AAAAAAAAAAAAA

Eu olho pra Alya pedindo ajuda sobre o que fazer, mas a mesma me da um sorriso sacana e sussurra “boa sorte amiga” com uma piscadinha depois.

Não demora muito e Adrien me olha. Eu já entro em desespero.

-Eu posso sentar ai com você então Marinette?

-Ah n-não digo é claro que sim se você quer arhg...- Abaixo a cabeça e Adrien vem perto de mim. Ai meu Deus que vergonha.

-Não precisa ficar nervosa, vamos tirar uma nota boa, eu sei disso. – Adrien dirige seu olhar fofo com um sorriso fofo para mim. Esse garoto é perfeito demais.

Eu apenas sorrio de novo para ele.

-Como anda a vida Marinette? Sinto que você se afastou um pouco de mim ultimamente..

-Eu não me arrastei digo afastei. Eu só ando...

-Distraida?

-Isso!

-Chega de conversa turma, vou entregar os trabalhos.

 

Passou-se 30 minutos após o começo do teste e eu reparei todo o tempo que Adrien me fitava constantemente, não entendi o motivo disso, mas foi o suficiente para me abalar e fazer com que paranoias cresçam em minha mente fértil.

 

 

A aula logo chega no fim e vou para casa. Digo oi aos meus pais e falo que ficarei estudando para uma prova super difícil que tenho amanhã, no intuito que ninguém perceba que eu sai de casa para encontrar com Cat.

 

Tomo um banho demorado e relaxante, tento espantar pensamentos precoces sobre o que irá acontecer hoje quando eu ver o Cat Noir. Espero que tudo ocorra bem.

 

Saio do banho e me arrumo e logo me transformo, saindo com meu ioiô por Paris.

Observo as ruas da cidade que estão nromais hoje, tudo ocorre de forma harmônica e tranquila.

 

Chego no local e percebo que estou adiantada.

Aproveito esse espaço de tempo para apreciar a vista que por sinal é linda demais.

Amo muito Paris e sempre farei de tudo para proteger essa cidade. Sua brisa, suas paisagens, as atrações na cidade, o cheiro de café por toda a cidade é  hospitaleiro e é isso o que me faz com que eu me acalme durante as batalhas...

 

Sinto alguém cutucar meu ombro e dou um pulo alto, por ter sido tirada tão de repente de meus profundos devaneios. Era Cat Noir.

-AH MEU DEUS NÃO ME ASSUSTA ASSIM NÃO CAT. EU QUASE MORRI DE SUSTO.

Uma gargalhada alta. Essa foi a reação do bichano. Esse gatinho nunca aprende. 

-Eu não tenho culpa se você estava viajando na sua cabeça My Lady. Seu gatinho está aqui, as suas ordens.

-Não começa de charme, gatinho. O assunto é serio. – Bato em nariz com um peteleco e ele sorri ladino. -Bom, vamos nos sentar por que la vem história.

-Isso é o que vamos ver My Lady. Eu to bem confiante.

Travei.

Cat Noir está blefando né? Não pode ser possível.... Ladybug, se acalma.

 

-Quem é o garoto que eu gosto, Cat Noir??? Já que você ta tão confiante, vamos logo no que interessa.

-Bom My Lady, como você sabe eu conheço os cidadãos de paris muito bem, sou muito charmoso e todos confiam em mim. Eu já venho notando esse seu... interesse nesse cara a algum tempo. Várias vezes, em nossas lutas, ele estava presente, seja como viíima ou ajudante digamos assim, estou certo?

 

O QUE

Ah não não não, é só coincidência ele ainda não disse o nome do garoto. Foco Ladygug, foco.

-Sim isso é verdade.

-Yes! Eu sabia que minha teoria tava certa. Bom continuando aos fatos...

Eu não aguento, to muito ansiosa pra isso eu tenho que fazer ele chegar no ponto, não aguento mais esses suspense.

-Isso é historia para boi dormir Cat Noir. Se quer saber eu acho que você só esta me enrolando. – Digo cruzando os braços e olho desafiadora para ele. Sei que ele odeia ser contrariado e usarei isso para saciar minha curiosidade.

-O QUE?! Não mesmo Ladybug. Você quer mesmo ir direto ao ponto sem saber como eu descobri?

-SIM! – Digo confiante. Ele sorri com confiança também.; Fudeu.

- Bom minha cara Ladybug o garoto pelo qual você esta apaixonada é... Adrien Agreste.

 

Não

Pode

Ser

Eu arregalo os olhos e minha mente vai a mil por hora, muita coisa se passa pela minha cabeça. Não estou acreditando nisso.

 

Cat Noir on

 

Na hora em que digo meu nome para Ladybug ela arregala os olhos e sua boca fica em um perfeito “o”. Bom meus amigos, acho que eu acertei mesmo. Só vou chamar ela de volta para o planeta Terra.

-Cat Noir chamando Ladybug, tem, alguém ai? Você não me disse se é mesmo ou não é.

-Ahn o que? Cat... Você... acertou. Eu estou apaixonada pelo Adrien Agreste.

 

Meu Deus.

Essa frase nunca mais vai sair da minha cabeça. Nunca mais.

“Eu estou apaixonada pelo Adrien Agreste”

“APAIXONADA”

Macacos me mordam ou melhor, PUTA QUE PARIU.

 

-EU ACERTEI NEM TO ACREDITANDO NISSO MEU DEUS MY LADY! – Digo parecendo feliz demais com isso e eu percebo o quanto ela deve ter achado estranho. Eu Cat Noir que amo Ladybug ficar feliz por saber quem é o cara que ela gosta. Ela não sabe que eu sou o Adrien ela pensa que somos pessoas diferentes e meu deus.

-Cat, por que está tão feliz? – Merda.

-Por eu ter sido tão esperto e acertado isso. Mas não vou dizer que não fiquei triste, por que eu não tenho nem chances comparado a ele. O cara e lindo demais, tenho até inveja.

-É.... ele é tão lindo... Pena que é um idiota comigo as vezes

-Concordo. Para ele não gostar de uma garota incrível como você, s pode ser idiota. Mas como você tem contato com ele My Lady?

-Estudamos juntos.

-Na mesma turma?

-Só posso te dizer que é na mesma escola, gatinho.

-O que ele faz que te deixa mal assim My Lady?? Ele é arrogante ou egoísta ou algo assim?

-Não não! Ele tem um coração muito bom, sempre ajuda os outros e foi por causa disso que eu comecei a gostar dele. E nem sabia quem ele era no primeiro dia de aula. Só fui conhecer depois que uma coisa aconteceu e eu me apaixonei pelo caráter dele. -E a olho maravilhado, puxa eu tenho muita sorte dela gostar de mim, ela é o amor da minha vida mesmo, fomos feitos um para o outro.- Desculpa, deve estar sendo constrangedor te fazer ouvir tudo isso sobre um outro garoto, acho que eu já vou..

-NÃO! Não tem problema, somos amigos acima de tudo não lembra? Amigos são para isso. – Sorrio para ela e a mesma retribui.

-Ele também diz para mim que somos amigos. “Você é uma boa amiga, sempre pensa nos outros” Dai ele pega e chama a Kyoko pra sair. Isso destrói meu coração. Completamente. Tentei varias vezes me declarar para ele, escrevi poemas, cartas mas eu sempre esqueço de assinar, ate já dei um presente para ele, mas ele não entende.

-Nossa mas ele é bem cego! Qualquer um teria percebido isso!

Lady me olha mortal por eu ter xingado o Adrien ou melhor, ter ME xingado.

-Ele não é cego Cat Noir! – Ela ri pois sabe que eu estou apenas tentando fazer com que ela fique melhor. – Obrigada por tudo gatinho e parabéns por ter acertado, nem sei como conseguiu isso, mas você tem seu instinto felino, né?- Eu concordo com a cabeça para ela e rimos. Ai My Lady mal sabe que eu sou o Adrien Agreste. Mas um dia você saberá.

E eu espero que seja logo.

-Bom...- Eu começo a dizer com tom confiante e em um único ato me levanto com uma “pinta” de conselheiro amoroso. Para mim mesmo. -... Você e AdriÂn Ag- Sou interrompido por My Lady. Deve ser porque eu errei meu próprio nome. 

-AdriEN. Poxa Cat. – Ela ri de meu “erro” que meio que foi proposital, afinal ela não pode saber que o Adrien sou eu e que somos o Cat Noir. Peraí... Quê?

-Bom como eu ia dizendo... o ADRIEN e você M’Lady estudam na mesma escola certo? Vocês se veem com frequência ou é algo só de vista. Tipo, são amigos de tipo “oi”, “oi tudo bem?” ???

-Bom... nos vemos com frequência e se depender de mim, as vezes eu converso bastante com ele, mas tem vezes que é só um “olá ma.. digo olá mas que dia lindo né?” tipo... eu digo umas coisas aleatórias eu sou muito desajeitada.. Mas quando eu esqueço toda a vergonha eu e ele conversamos bem. Mas ele já deixou claro que somos apenas amigos. E também tem a...

-Kyoko?

-É. Aiii, ela super tudo! Ela é super confiante, super próxima dele, super inteligente, super bonita, super tudo a ver com ele. Sabe Cat, acho que eu deveria desistir dele as vezes sabe... Tipo, eu ando perdendo as esperanças e a coragem....

-DESISTIR? – Digo soando mais estranho do que eu imaginava. Tomo fôlego e continuo. -MY LADY DESISTIR NÃO É UMA PALAVRA QUE NÓS HEROIS COGITAMOS. SE VOCÊ QUER ALGO VOCÊ LUTA POR AQUILO.

-Obrigada Cat. Mas eu... acho que perdi a luta.

-Tenho certeza que não perdeu. Lute até o final My Lady, nem que... você tenha poucas chances...- Digo ficando meio cabisbaixo, fingindo que me sinto derrotado por saber que ela gosta de “outro” cara. Lady me olha meio triste e me abraça por meus ombros.

-Não fica assim Cat. Tenho certeza de que se eu não gostasse do Adrien você possivelmente seria um candidato, muito forte posso dizer.

-“Candidato”? Existem outros na sua lista?

-Eu to brincando Cat. Mas sim, tem outro que eu bem... confesso que eu poderia facilmente me apaixonar também. Não fique mal Cat, eu passo bastante tempo com esse outro cara, enquanto nós... bem nossos encontros são limitados e com muitos segredos. Não sei se consigo lidar com isso se misturando com amor. Acho que não daria certo.

-Isso é medo. Mas quem seria esse outro pretendente?? Eu conheço??- Digo já meio conturbado por dentro. Tá, eu posso competir comigo mesmo, mas tendo outro na jogada, ai tu me fode Bugboo.

-Bom, Sabe o Vipirian? Então... Você já deve saber a identidade secreta dele.

-Ele é o Luka não é?

-Sim. Isso mesmo.

-Como conhece ele?

-Uma amiga. Mas bem, ele me consola quando sofro por Adrien... ele sempre está la, e diz que “Vai encontrar a minha melodia” e eu confesso que o dia em que ele foi akuamtizado, depois que salvamos ele, o Luka me disse algo meio que... eu sou a “canção que vem tocando na mente dele desde que nos conhecemos”...

-Uau. Isso é muito romântico. E eu vejo que você ta beeem dividida.

-Sim, e ainda tem você Cat. Eu sei o quanto você me ama e eu sou muito grata por isso, e eu já tive provas o suficiente de sua confiança, lealdade e amor por mim. Obrigada gatinho.

Ela me abraça e ficamos assim por um tempo.  Muito tempo.

Até que... simplesmente dormimos um apoiado no outro. E eu vejo a cena quando acordo com uma brisa meio gelada em meus cabelos. My Lady esta dormindo tão profundamente e de maneira tão linda eu a abraço forte e fecho os meus olhos.

 

Algumas frases ditas por Ladybug vagam em minha mente até que eu adormeça completamente.

“Eu sei o quanto você me ama... Obrigada gatinho”

Ah, Ladybug. Eu te amo.

E como.

 


Notas Finais


BOM!
Eu disse que levaria de 2 a 3 dias para postar os capítulos, e estou postando esse hoje pq amanhã irei viajar e ficarei até domingo, e não terei tempo e nem como postar os capítulos.
Enntããão espero que tenham gostado desse.
Se tiverem críticas, sendo elas positivas ou não, podem comentar a vontade, o comentário é uma forma de inspiração também, sabiam?
(me desculpem se tiver algum erro ortográfico, eu editei esse cap mto rápido :p)
Beijos de luz, até mais! <3 <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...