História Incest Lovers - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias L DK
Tags Hentai, Incesto Entre Irmãos, Romance
Visualizações 72
Palavras 1.055
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Incesto
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yoooo, eu escrevi essa fanfic, só que não sei se está boa, pois faz tempo que não crio história •~• espero que gostem♡ em breve tem mais. Boa leitura ^-^

Capítulo 1 - Irmãos, amor e intrigas


Fanfic / Fanfiction Incest Lovers - Capítulo 1 - Irmãos, amor e intrigas

A noite vinha chegando, dava para escutar o barulho da chuva que caia sobre o solo do chão. Havia uma garota que observava a rua pela janela do seu quarto. Tudo estava tão tranquilo, Até que der repente um garoto surge abrindo a porta do quarto e se joga no meio da cama.

-- O que você quer ? Não bagunça a minha cama Nii-chan...

Dizia a garota que aparentava estar um pouco irritada com o seu irmão por ele entrar em seu quarto sem nenhuma permissão. Logo após o garoto se levantou da cama e se aproximou da sua irmãzinha levando a mão até o queixo dela, ao mesmo tempo fitava seus olhos aos da garota.

-- O que eu quero?!... você já deve saber.

A bochecha da garota ficou totalmente corada ao olhar para seu irmão que estava cada vez mais próximo da mesma.

-- Nii-chan... Pare... n-não devemos!

Por um simples impulso, a garota empurrou seu irmão no chão, em seguida ele se levantou e foi embora do seu quarto com o semblante serio em seu rosto, mas ao sair do quarto fechou a porta, a menina um tanto aflita com a situação, sentou no chão, lágrimas começaram a escorrer por seus olhos.

-- Como? Como posso ter me apaixonado pelo meu irmão...


• FLASHBACKS ON •

Há 6 meses atrás meu pai se casou com outra mulher, e me deixou com meu irmão de 20 anos que se chama Haru, ele já tem um emprego e uma casa, mora sozinho vive em boas condições. Tenho só 17 anos, e ainda estudo, tive escolha em ir com o meu pai ou ficar com o meu irmão, escolhi ir morar com meu irmão, pois não me dava muito bem com a nova esposa do meu pai. Minha mãe morreu a 5 anos, de uma doença grave que ela tinha no coração.
Depois deste acontecimento entrei em depressão, mas com a ajuda do meu irmão consegui superar... ele esteve me dando atenção esse tempo todo, e senti que algo a mais estava nascendo dentro de mim por ele... não era só amor de irmão. Até que 3 semanas atrás tive coragem de me confessar para ele, mas depois desse dia, ele começou a me tratar de forma diferente, rude, e ignorante, sempre quando tentava me aproximar dele, ele dava um jeito de se afastar.
1 semana depois ele levou uma garota para casa para passar a noite lá, não gostei nada disso, estava muito incomodada e angustiada com aquela situação, queria ser á única garota a estar naquela casa com meu irmão... no quarto dele, deitada na sua cama... abraçada á ele.
Eu realmente não aguentava imaginar o que estaria acontecendo com aqueles dois sozinhos, então só fiz pegar um casaco, desci as escada para sair de casa, mas fui interrompida por meu irmão, que estava encostado na porta da cozinha segurando um copo de água na mão. O mesmo estava sem camisa, só usava um short, a garota que estava acompanhada de meu irmão se encontrava no banheiro... dava para escutar o barulho da água caindo no piso.
Meu irmão me olhou e disse.

-- Para onde pensa que está indo ?

-- Não interessa... continue aproveitando sua noite com essa garota.


Andei passos até a porta mas quando fui abrir, meu irmão puxou pelo meu braço, impedindo que eu fizesse tal ato. Na mesma hora a menina aparece em nossa frente enrolada na toalha.

-- Haru? O que está acontecendo?

-- Nada.


Haru olhou para a menina e soltou meu braço logo em seguida, sem esperar, abri a porta e a fechei com brutalidade dando assim para escutar o barulho dela. Sai de casa rapidamente.

-- YUKKA.

Haru chamou meu nome em um tom de voz alto, mas continuei caminhando para longe.


Enquanto isso na casa de Haru e Yukka...
Haru ficou quieto e calado na sala sem dizer uma palavra, já a garota se jogou para cima de Haru colocando o braço em volta do pescoço do mesmo.

-- Haru... esqueça um pouco a sua irmã, você mima muito ela, deixa ela ir se divertir com seus amigos, ela já parece bem grandinha para se cuidar sozinha...

-- Mas, não posso deixar ela sair de casa essa hora da noite, é perigoso.

-- Ela deve ter ido para casa do namorado dela, daqui a pouco ela volta. Vai ficar tudo bem Haru... vamos voltar pro quarto?

Depois da garota ter citado "namorado" Haru mudou totalmente sua expressão, rapidamente ele subiu para o quarto, a garota ficou na sala sem entender nada. No quarto, haru vestiu sua calça e uma camisa de mangas comprida, colocou seus sapatos. E sem pensar duas vezes, saiu de casa correndo atrás da sua irmã, deixando a garota sozinha para trás sem explicar nada para ela.


Eu estava em um banco olhando para algumas pétalas de flores da árvore que estava à cima de mim.
Com a ventania um pouco forte, algumas pétalas voavam a minha volta e caiam sobre o chão.


-- Não deveria ter saído de casa daquele jei...


Sussurrava baixinho quando minha fala foi interrompida por alguém.

-- Tá esperando alguém?

Meus olhos ficaram arregalados quando vi que era meu irmão que estava à minha frente, sua fala saiu meio ofegante, seu rosto estava todo suado, não esperava que ele pudesse vim atrás de mim.
Foi uma surpresa aquilo, fiquei feliz, em saber que ele largou a garota para me procurar, mas não demonstrei aquilo na frente dele, apenas virei o rosto para o Lado.

-- O que você veio fazer aqui?

-- Te buscar. Vamos.

Sem me deixar falar mais nada, ele puxou pelo meu braço e ficamos encarando um ao outro por um breve momento, todas as coisas a nossa volta ficou em silêncio, só conseguia sentir a respiração dele, pois estávamos com o rosto muito próximo, ele começou a fitar meus lábios como se estivesse desejando-os.
Fechei meus olhos pelo motivo do clima que estava rolando entre nós dois, e ele por sua vez, tocou com seus lábios gélidos no meu, levei minhas mãos até a nuca dele e comecei a acariciar, suas mãos vieram até minha cintura apertando um pouco de forma delicada, nossas línguas começaram a brincar uma com a outra... eu realmente não esperava que aquilo fosse acontecer.



Notas Finais


Espero que tenham gostado ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...