1. Spirit Fanfics >
  2. Indecifrável >
  3. Capítulo dezesseis O acidente

História Indecifrável - Capítulo 16


Escrita por: Min_Sugabolinho e Kookbunny25

Notas do Autor


Bom dia, boa tarde, boa noite

E vamos com mais um capítulo dessa fanfic meu povo! Sem enrolação!
Se tiver erros ortográficos me desculpem, às vezes passa despercebido mesmo, ou meu corretor troca tudo, mas é a vida, dei meu melhor em cada capítulo e espero estejam no mínimo legíveis kkk
Espero que gostem!
É boa leitura!

Capítulo 16 - Capítulo dezesseis O acidente


Fanfic / Fanfiction Indecifrável - Capítulo 16 - Capítulo dezesseis O acidente

"O que será que ele quer comigo?" 

Se perguntou Jungkook que rapidamente ligou para seu pai, este atendeu a ligação rapidamente 

— Alô pai?     — Anda pela sala de estar do apartamento vagamente.

— Sim.

— Disse que queria falar comigo, pensei que não quisesse mais nem olhar pra minha cara!

— É não quero, porém como bem sabe todo ano somos os anfitriões da festa para receber os novos sócios e acionistas da empresa, e como meu filho terá que ir.      — Jungkook revirou os olhos.

— Pensei que eu tivesse sido deserdado.  — braços cruzados.

— Não me faça perder a paciência, garoto! Se quer seu apartamento e pensão de volta é bom aparecer aqui em casa nesta sexta feira, ouviu bem? 

Fala o Jeon mais velho com uma voz ríspida e autoritária, fazendo o mais novo abaixar a cabeça e somente dizer um "ok" e quase um "sim senhor" e desligar o celular.

Jungkook desde de pequeno sempre obedeceu somente seu pai temerosamente, sua mãe ele fazia questão de ignorar afinal  a voz e olhar dela não o fazia arrepiar os cabelos como a de seu pai.

— O velho continua a dar medo! Arrepiou até os cabelos do c*!     — solta o celular na mesa de centro.

Jungkook suspirou pesadamente, participar daquela festa chata em outra cidade era sua chance de retornar a sua vida cheia de regalias, ele não esperava por essa reviravolta que veio justo no momento em que mais precisava.



 

— Yoongi?      — chama o mais velho diante a mesa do almoço 

— Sim?     — Leva uma taça de vinho aos lábios.

— Eu dei uma pesquisada nas passagens daqui para Busan, não são tão caras e pensei em talvez ir sem você para lá.      — Yoongi se engasga após sua fala, começando a tossir sem parar.

— Tudo bem?    — pergunta assustado ao ver o garoto se engasgando na sua frente.

— O que disse?

Perguntou Yoongi enquanto continuava a tossir agora mais calmo.

— Disse que pretendo ir a Busan sozinho.

— Taehyung, você nunca foi pra cidade? Tem certeza que quer ir sozinho?

— Eu sou um adulto, tenho que me virar sozinho Yoongi de um jeito ou de outro, não pode me proteger para sempre, prometo que me cuidarei e ficarei bem! Só preciso que pague minha passagem de ida e me dê uma carona até a rodoviária.      — Yoongi baixou seu semblante na mesma hora, não gostando muito da idéia, temia que algo ruim acontecesse a Taehyung, por mais que ele tivesse o machucado não conseguia evitar seus instintos protetores de sempre em relação ao mais novo.

Sempre foi assim, o mais velho super protetor, e quando embarcaram em um relacionamento este seu lado protetor ficou ainda mais paranóico.


— Prometo que ficarei bem! Por favor faça isso por mim, este será meu último pedido a você Yoongi!        — une as mãos frente a face implorando a ajuda do mais velho, que ao ver os olhinhos brilhantes do mais novo se deu por vencido.

— Não me importaria que pedisse minha ajuda mais vezes, sabe que sempre pode contar comigo, independe de como for, você é sempre será meu pequeno Taetae.    — Sorri bobo para Taehyung que retribuiu o sorriso.

 Taehyung naquela madrugada pegou seu celular, após despertar no meio da noite, e foi neste exato momento que viu a notificação de uma live de Jungkook que havia sido iniciada naquele minuto, Taehyung assim como tudo que envolvia seu amado ídolo pornô, clicou na notificação imediatamente indo diretamente para live recém iniciada.


— Então, eu não ia fazer live agora, por ser tarde e tudo mais, porém eu acordei de um sonho erótico e como vocês bem sabem tô duro feito pedra, Então pensei "por que não fazer uma live?" Chamei o Jimin, meu amigo e nós vamos juntos ser a atração erótica da madrugada de vocês! Jimin meu doce! Vem Já começou!

Diz Jungkook chamado o loiro que logo apareceu frente a câmera com o peito musculoso completamente nu assim como Jungkook que só usava de sua máscara e uma cueca.

Taehyung se sentiu muito incomodado com a forma que Jungkook chamou o amigo, mas tentou ignorar, afinal como o próprio Jungkook lhe disse ele não era seu, então não podia sentir ciúmes de algo que não é seu e sim de qualquer um como era o caso de Jungkook.


— Então pessoal! Antes de tudo eu vou me apresentar! Me chamo Park Jimin e sou acompanhante de luxo/prostituto, estou livre para qualquer programa, se quiserem vou deixar meu número na descrição da live e então vamos lá! 

 A câmera focou nos dois garotos, que iniciaram um beijo afoito e molhado de joelhos sobre a cama com um tocando e provocando os mamilos do outro.

 Os comentários começaram a subir em grande número conforme o clima esquentava.

As mãos de Jimin percorriam pelo corpo de Jungkook o tocando, enquanto a câmera do celular não focava muito no ato que estava sendo realizado por eles na cama, Jimin começou a chupar os mamilos de Jungkook que soltou gemidos manhosos pedindo mais o que levou seus fãs a loucura segundo os comentários publicados.

Taehyung aos poucos se imaginava no lugar de Jimin, chupando e beijando aqueles pedacinhos de carne rosadinhos que levavam Jungkook ao delírio, logo Jimin desceu os beijos até a intimidade de Jungkook, este que se afastou rapidamente e se sentou na beira da cama e focou a câmera do celular sobre o tripé em Jimin chupando seu caralho já fodidamente duro, começando aquele vai e vem, seguido de provocações e movimentos lentos, lambendo a glande enquanto masturbava a base e logo abocanhando enquanto massageava com uma das mãos os testículos do moreno que gemia manhoso, sentindo aquele calor e umidade entorno de seu falo o levando ao céu a cada movimento circular em seus testículos e cada vai e vem seu falo.

 Taehyung se encontrava com os lábios semi aberto contendo os gemidos enquanto se masturbava, vendo Jungkook na mesma situação através da tela, tombando a cabeça para trás enquanto gemia em puro êxtase, têmporas suadas, espasmos musculares, seu baixo ventre formigando, seu corpo se aquecendo ainda mais, sem perceber ele arqueou as costas para cima gozando forte e jatos contra o céu da boca de Jimin, que sentiu o quente líquido viscoso e esbranquiçado descer reto por sua garganta, sentindo um pouquinho do gosto em sua língua conforme retirava o pau do Jeon de sua boca.

— Sei que vocês já estão duros ou até gozaram, mas vamos animar mais isso aqui?

Perguntou Jungkook focando a câmera em sua cama, onde ele pegou o pote de lubrificante e um vibrador em forma de pênis, lubrificando o objeto e sua entrada, ficando de costas para a câmera, e penetrando o vibrador em sua entrada rosada, vendo o objeto se projetar entre as bandas de suas nádegas, enquanto ele movia o quadril em forma de quicadas, afim do objeto o preencher por completo, começando a quicar, na mesma hora que Taehyung começou a se masturbar.


— Ahhh hummm oh, é grande, o seu pau é grande assim também, Jimin?       — pergunta com uma feição erótica direcionada ao loiro que sorriu de lado.

— Oh se é baby, quer provar agora? 

Perguntou Jimin apertando sua própria ereção coberta pela cueca box que usava, já sentindo o líquido pré seminal morno umidecendo seus dedos.

— Eu tô pronto, ah eu quero agora!      — levanta o quadril chegando a ponta do vibrador assim o tirando de dentro de si, se mantendo naquela posição e rapidamente Jimin jogou sua cueca longe, e guiou seu membro por entre as nádegas do garoto as separando com a mão e penetrando a entrada deste sem aviso algum.

— Ahhhh.     — Geme alto em resposta à penetração repentina de Jimin.

— Oh é grande, ahhh.     — Geme o moreno ao ser estocado por Jimin de quatro na cama, com mais de mil comentários subindo na live, Taehyung se imaginava no lugar de Jimin, naquele momento enquanto se masturbava, imaginando penetrar o buraquinho quentinho e apertadinho do moreno sentindo a entrada dele o sugar até a pelve e o estocar fundo e forte o levando ao delírio.. 

Certamente havia absorvido uma parte da luxúria de Jungkook, ele nunca havia se entregado tão intensamente aos seus desejos carnais, especialmente os sexuais desta forma tão perversa focada somente no prazer sem nenhum pingo de amor.


— Ahhh vai Jimin oh vai!!     — Geme Jungkook chegando ao seu orgasmo, sentindo espasmos percorrerem todo seu corpo, seus músculos tensionando, baixo ventre a formigar, aquele calor excitante o levando a revirar os olhos por baixo da pálpebra e arquear as costas gozando jatos quentes sobre o lençol.

— Ah Tão apertadinho ahhh.     — Geme Jimin em puro êxtase, com os lábios semiaberto se movendo como podia segurando as nádegas do moreno e pegando impulso para trás, sentindo a entrada do garoto se contrair em torno de seu falo, quase o partindo o dois o levando ao seu orgasmo, gozando dentro do moreno e contemplando a visão de seu esperma escorrendo pela entradinha piscante e enrugadinha do garoto dando essa visão aqueles que estavam assistindo dando um passo para o lado.

 Taehyung foi a loucura ao ver aquela cena tão erótica ao seu ver chegando ao seu orgasmo, gozando sobre sua mão na mesma hora.


— Ah Jungkook, quero tanto te ver de novo e fazer tudo isso que você fez com esse garoto!     

Indagou Taehyung baixinho para si mesmo após o fim da live, se levantando e indo limpar se e depois de limpo se deitou e acabou por pegar no sono.


     


Os dias se passaram e a temida sexta feira chegou, Jungkook terminou de arrumar suas  malas, pois iria precisar por que sua família ficaria no apartamento em Incheon o fim de semana inteiro e só voltava segunda de manhã, com as malas devidamente prontas, ele pegou o celular e viu a notificação de uma mensagem.


Meu velho 

Está pronto? 

Vou mandar o motorista ir te  buscar.



                  Moleque pervertido

                   Sim.


O moreno se sentou no sofá com o celular na mão e começou a conversar com Jimin por mensagem, ficando tão distraído entre uma mensagem e outra, que nem reparou a chegada do carro de sua família até o motorista buzinar em frente ao prédio o fazendo sobressaltar do sofá com o coração na mão.


— Ah que susto caralho!!

Grita o moreno com a mão sobre o peito sentindo seu coração batendo rápido, andando até a sacada e vendo o carro estacionado lá embaixo o reconhecendo e logo descendo as escadas às pressas, com suas malas em mãos.

Ele entrou no carro, que deu partida em total silêncio quase atravessando Busan chegando à mansão dos Jeon, onde seus pais já o esperavam em frente ao carro da família.

— Então vamos?

Diz Jungkook se aproximando dos dois enquanto o motorista pegava as malas do garoto e andava com elas logo atrás do mais novo, que andou até o carro parando frente a porta traseira dianteira.

Com as malas postas no porta- malas, Jungkook entrou no veículo em total silêncio já tirando seus fones de ouvido dos bolsos da jaqueta de couro, enquanto seus pais entravam e iniciavam a viagem até Incheon.

O carro se aproximava da saída de Busan, tudo ainda estava em completo silêncio, até que a senhora Jeon decidiu puxar assunto.

— Então onde tem estado Jungkook?

— Num apartamento de classe média baixa, com móveis de décima mão, com uma fachada horrorosa.

Responde ele brevemente sem tirar os fones.

— Ah, mas espero que tenha aprendido a lição.

— Sim, é errado eu comer o cu do meu primo, já entendi.     — revira os olhos com os mesmos focados na tela do celular.

— É melhor maneirar esse vocabulário chulo! Sabe que nessas reuniões as pessoas têm classe, não pode falar desta maneira tão vulgar!     — Diz a Jeon repreendendo o filho que não ouviu nem metade do que ela havia lhe dito.

— Gente com classe? Hahaha 

— Do que está rindo?

questiona a Jeon, enquanto o marido desta tentava se manter focado na estrada, mas se encontrava extremamente irritado com o filho.

— Esses Aí levam prostitutas pro escritório com o pretexto de que são suas secretarias e as comem de quatro sobre a mesa, "de classe"? Alguém "de classe"faz isso? Hahaha 

Diz O Jeon rindo alto e na mesma hora iniciou uma discussão entre a senhora Jeon e Jungkook.

  Está que levou o Jeon mais velho a ferver a cabeça em estresse e bater seu punho cerrado contra o volante na tentativa de fazer os dois se calarem, olhando para sua esposa e para o filho no banco de trás logo em seguida, com os cabelos negros caindo sobre o nariz enrugado devido a feição contraída que fazia.

— Já chega!

Grita ele e logo em seguida ele ouve o grito histérico de sua mulher apontando para rua, na mesma hora o homem olhou para frente e viu o quase impacto de seu veículo com um caminhão a frente e desviou às pressas com toda sua força girando o volante, acabando por perder o controle e capotar três vezes na estrada antes de cair para fora da rodovia se chocando em uma árvore onde ficou de cabeça para baixo com todos os seus passageiros gravemente feridos.





O carro estacionou frente a rodoviária e dele saiu um garoto com suas malas em mãos e logo o rapaz pálido saiu da porta da frente e parou diante ao moreno.

— Me promete que vai ficar bem.    — Olha nos olhos do Kim.

— Hyung você realmente não mudou nada!   

Diz O Kim rindo baixo e se aproximando deixando um beijo na testa de Yoongi, como sendo o último toque afetuoso que trocariam. 

— Eu prometo hyung! Ficarei bem, cuide-se também.     — Abraça Yoongi, que retribuiu o abraço e logo o Kim se afastou.

— Adeus Yoongi hyung! Espero um dia o ver de novo!

Diz Taehyung dando tchau a Yoongi andando para dentro da rodoviária, comprando sua passagem e embarcando em um ônibus rumo a Busan.

"Jungkook meu bem eu estou a caminho"

Ele pensou consigo mesmo com a cabeça contra a janela vendo pela última vez a paisagem campestre de sua cidadezinha natal, ouvindo o motor ser ligado iniciando a viagem.  

 


 

 

 





  


Notas Finais


O Taetae tá indo para Busan e o Kook tá debaixo do carro, derick mds e agora?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...