História Indecifrável historia do Harry - romance gay - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Bissexualidade, Homem X Homem, Monarquia, Plebeus, Principes, Romance Gay
Visualizações 51
Palavras 1.174
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


esperamos que gostem digam nos o que acharam da historia

Capítulo 2 - Encontros e desencontros


Fanfic / Fanfiction Indecifrável historia do Harry - romance gay - Capítulo 2 - Encontros e desencontros

Rapaz - ha- ha- Harry –ele disse gaguejando além de giro era fofo

Tony - eu sou o tony  bem adeus ha-ha- Harry-eu dei  um sorriso e depois continuei a correr  ele era tão giro eu já estive com outros rapazes sim sou  bissexual e já fui para cama com muitos rapazes e com raparigas  mas nunca ninguém me fez sentir tão estranho, mas não podia me destrair continuei a correr entrei num beco e  me escondi  la atrás de um caixote e fiquei la  durante nem sei durante quanto mas acabei por adormecer la quando acordei sai de la e dei conta que fiquei la mesmo muito tempo,  resolvi sair de la comecei a andar  pela a rua  a noite estava linda  a lua já estava  no centro e estava bem enorme  a noite não podia  ser mais  perfeito começei a andar por la e andei por algum ate que voltou a chover pode parecer algo estúpido mas eu dancei na chuva  estava extremamente  feliz estava a saborear o doce sabor da liberdade estava extremamente feliz as pessoas me olhavam como se eu fosse louco mas se eles estivessem no meu lugar fariam o mesmo mas como sempre aqueles malditos guardas apareceram e agora eram mais, é mesmo difícil ter algum tempo longe destes idiotas por isso começei a andar calmamente e fui me afastando e depois corri rapidamente já estava longe do parque , acabei por escorregar  e cair em cima de um rapaz logo me levantei e o ajudei

Tony-desculpa, desculpa , eu estava distraído- logo vi que estava todo molhado como eu e depois reparei  quem era o rapaz era o  mesmo rapaz que eu encontrei no parque- es tu

Harry- aparentemente tu adoras ir contra mim

Tony- é tu es atractivo –ele logo corrou  e ficou extremamente vermelho , aquilo me fez rir

Harry- por-por-porque tas a rir

Tony- tu es tão fofo- eu nem acredito que ele conseguiu ficar ainda mais vermelho ele realmente fofo , logo começou a rir-se  ate que vi um guarda a vir na minha direcção –fases me um favor

Harry- claro espero que nada ilegal

Tony- não claro , é que eu fugi de casa e não tenho sitio onde ficar tu conheces algum

Harry- porque fugiste

Tony- meu pai quer que eu seja  algo que acho que não tenho estofo para ser e como ele não me  dava escolha resolvi fugir

Harry- eu sei bem o que isso é também tive uma péssima relação com o meu pai

Tony- sério-perguntei surpreendido –e como terminou

Harry- ele morreu –ele disse calmamente

Tony- oh lamento

Harry- não faz mal mas se quiseres podes ficara na minha casa

Tony- obrigado

Harry- bem é já aqui-ele virou e apontou para o prédio a nossa frente e logo me convidou para entrarmos , o prédio era simples e modesto, entramos um elevador e subimos ate ao quinto andar  após sairmos do elevador  ele me guiou ate uma porta sinalada com 5D  ele tirou as chaves dos bolsos e abriu a porta- bem vindo ao meu humilde lar , a porta dava para uma sala com um sofá e uma televisão sobe uma bancada e ainda a sala era misturada com a cozinha que era toda em verde e rosa já do outro lado havia um pequeno corredor com uma porta no fundo e duas portas frente uma da outra logo da porta do fundo saiu uma miúda ruiva da altura do Harry ela veio ate nos e perguntou ao Harry

Miúda- Harry quem e o senhor bem parecido

Harry-este e o tony ele pode ficar aqui por algum tempo

Miúda claro de onde o conheces Harry

Harry-do parque conheci-o hoje

Miúda- não tens casa

Harry- fugiu o pai cria o obrigar a algo que ele não cria

Miúda- seja assim bem vindo ao clube dos miúdos que os pais criam os obrigar a fazer algo que eles não criam já agora eu sou a rita

Tony- obrigado

Harry- bem vamos la dar te uma roupa afinal estas mesmo molhado

Tony-tal como tu

Laura-  dois rapazes molhados a irem trocar de roupa se algo acontecer avisem para eu por fones que detesto ouvir os gemidos do Harry

Harry-cala a boca que não falo de ti e do jack

Laura - ok ok –a conversa deles era bastante  engraçada e pelos vistos o Harry era gay algo que me deixou bem feliz na verdade fomos ate ao quarto dele ao entrarmos ele foi ate ao armário que na verdade o quarto dele era 1/3 do meu armário, ele tirou uma t-shirt preta e calções verdes e boxers

Harry- toma são as maiores roupas que tenho -ele me disse entregando –se quiseres tomar banho tens de esperar porque eu vou primeiro ele disse pegando uma toalha eu fiquei algum tempo ali a espera e fiquei vendo o seu quarto cama era de casal e e ele tinha posters de vários artistas que eu não conhecia logo ouvi o som de uma mensagem e dei conta que ele tinha deixado la o telemóvel agarrei o telemóvel e vi que o telemóvel não estav bloqueado e li a mensagem era de um tal de Kevin Martins  e a mensagem dizia  “ adorei o nosso encontro espero que  tenhamos mais meu doce Harry” sera que ele tinha um namorado, logo desliguei o telemóvel e fiquei a espera e logo ouvi a porta se abrir ele já estava vestido com outra roupa, ele entrou deu me uma toalha e disse a casa de banho é aqui ele disse apontando para a porta no fim do corredor eu agradeci e fui ate nunca tinha visto uma casa de banho tão pequena era  bastante agradável depois de tomar banho vesti me la e sai da casa de banho pendurando a toalha num cabide la, após tal fui ate a sala e  eles estavam numa bancada tipo mesa a falar e a televisão estava ligada nas  noticias,  eles estavam a falar sei lar do que e logo vi que nas noticias deu príncipe foge do palácio eles olharam apara televisão e eu me assustei

Laura - uau quem fugeria do luxo e do conforto

Harry-esse príncipe é um rebelde mesmo ele faz o qu lhe apetece esta sempre metido em alguma coisa é por isso que eu não vejo noticias nunca se calam com esse miúdo mimado –fiquei meio triste por saber que é isso que ele pensa de mim

Laura - isso tens razão ele é um mimado de primeira

Tony- talvez ele simplesmente  não suporte a ideia de ter de governar um povo talvez ele ache que não seja capaz de o fazer e simplesmente queira se ver livre daquela vida

Laura - uau parece que és ele

Tony- não –logo eles meteram uma fotografia minha e eu me pos a frente deles os dois- eu simplesmente acho que as pessoas merecem esolher o seu caminho

Harry-isso é verdade mas podes sair da frente-eu sai da frente dele e já estavam a dar outra noticia 


Notas Finais


esperamos que tenham gostado e digam nos a vossa opnião


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...