História Indelicada. - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais
Tags Bts, Clichê, Fria, Indelicada, Jungkook, Romance, Você
Visualizações 29
Palavras 2.170
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Chegueei ^-^
Com um cap dessa bb minha ❤
E tipo eu to receosa com ele mas espero que fique tudo bem ❤
⚠ Vai tê palavras de baixo escalão e drogas pelo amor de Jinsus não estou insinuando e nem incentivando voce a usar de forma alguma. Obg ⚠
Musicas→ Miia- Dynasty.

Capítulo 2 - Capitulo 1.


Fanfic / Fanfiction Indelicada. - Capítulo 2 - Capitulo 1.

A cicatriz que eu não posso apaga quando mais cura, mais machuca.

[______ On]


[ 7:30 A MM, Seul  ]

Não estava nem um pouco afim de ir pra faculdade então fico jogada na cama pensando na minha vida e os problemas dela.


  -_______, querida não vai pra faculdade ? - Minha tia Suh Ree  perguntava.


-Não, to muito afim não -,Respondi seca.


 -Você já faltou ontem e dias atrás- Ela tirou meu coberto -Hoje você vai.


  -Se eu to falando que eu não vou, não vou e simples -  me enchê o saco logo de manha.


 -Olha a boca garota, tenha mais respeito comigo - só peguei meu celular e coloquei fone.


Não dando a mínima pro o que ela falava. Vou ao banheiro tomo um banho rápido e saio enrolada na toalha. Paro em frente ao meu close pego uma calça preta rasgada no joelho um cropet preto de mangas e uma bota preta.

Visto e já estou pronta. Iria pra faculdade só pra mata aula em um pequeno espaço que encontrei. Pego meu maço de cigarro coloco no bolso da calça junto ao isqueiro.

Desço ate a sala já não avistando minha tia já devia esta a caminho do trabalho dela. Amém.

Coloco o fone no ouvido e meu celular na minha cintura, minha bolsa na costas e vou em direção a faculdade.


[Jungkook On]


Enquanto o motorista dirigia olhava bem como o tempo estava nublado estava perfeito. Paramos em frente a faculdade e eu desci e como sempre arrancando olhares e suspiros.


-Parece que alguém resolveu aparece - Jimin falava com sacarmos.


  -Sabe como e né ? - dei uma piscadela. - Minha vida nem sempre e festas não, sou responsável e tenham tarefas a fazer.


 -Ta bom, senhor responsabilidade parece que temos uma novata mas ela ainda não apareceu - Ria.


  -Deve ser uma daquelas nerd que falta o ano todo mas sabe de tudo cheia de espinhas, Urgh ! - Me dava arrepios só de pensa.


  -Vamos logo o responsabilidade - Fomos caminhando lado a lado ate a sala.


Eu e Jimin somos os populares da faculdade temos todas garotas ao nossos pés, somos inteligentes e claro bonitos. Diferente de mim Jimin já dormiu com a metade da faculdade toda. Eu só com uma pequena  quantidade.

Somos melhores em tudo e ninguém até agora tem sido diferente de nois exceto Taehyung e J hope, eles chegaram a pouco tempo e tem nos enfrentado. Entramos dentro daquele local já se deparando com um deles.


 -Olha o que temos aqui - Jimin falava a o ver J hope.


-O que vocês quer ? - Suspirou -hoje não to muito afim de briga.


 Por incrível que parece eu também não estava nem um pouco afim.

   -Jimin vamos deixa pra outro dia - Deixamos nossas mochilas na sala e saímos dela com direito a um esbarrão no garoto de cabelos de fogo.


Caminhamos até a lanchonete eu pedi um suco e Jimin uma coca e ficamos em silêncio ate minha atenção ser tomada por uma garota que acabava de entra eu sentir um encanto naquele olha dela mas era sem vida.

Parecia aquelas garotas Dark e seu corpo não era magro e nem farto era um normal pra uma estrangeira.


 -Olha que resolveu das as caras - Jimin falava.


-Quem e aquela e a novata ? - Pergunto.


  -Parece que seu nome e _______, e ela vem lá de Busan -,Respondeu.


  -Eu a quero e vou fazer ela me querê.


Estava fascinado naquela menina ela não era igual as outras ela era diferente, igualmente como eu queria.


 -Ela e gata, mas não parece que e pro seu bico - Ele ria e debochava.


Ela parecia sozinha no seu mundo, perfeita aos meu olhos.


  -Ate parece, eu sou um Jeon - Falo firme.


Eu poderia ir até ela até mesmo não fala nada afinal era sempre assim todas garotas se jogava em meus braços sem muito esforço. E com ela não seria muito diferente.


  -Então tenta a sorte - Jimin já estava me tirando do serio.


Ingnorei seu comentário de merda e continuei observa aquela bela garota que parou em frente a porta mas desviou caminho para o lado contrário da entrada.


-Ela vai pro campo atrás faculdade - Lá onde pessoas fumantes ou alcoólatra vão ou ate mesmo os que mata aula.


 -Deve que ela vai mata aula - e Jimin tinha razão.


 -Vou atrás dela - Saio andando em passos silêncios atrás dela.


Ela joga a bolsa num canto se escora na parede pegando um livro dentro da bolsa e um maço de cigarro e tirou isqueiro do bolso de sua calça.

Ela era fumante, mas apenas me fez pensa.

O que faz uma garota linda ir pro caminho das drogas ?”-Pensei.

Respiro fundo e vou caminhando em sua direção tiro o cigarro da sua boca ela me olha com um olha afiado.


-Pessoas bonitas nao merecem ter o pulmão estragado - Ela me olhava confusa mas firme.


-Você tem algum problema ? Quem você acha que e pra chega sem ao menos me conhece e tira algo que e meu da minha boca ? - Ela falava sem medir nenhuma de suas palavras.


 -Eu sou Jungkook e você e a _____, se eu não me engano - Digo não levando a serio o que ela falou.


-Primeiro eu não falo com pessoas quem nem ao menos conheço, segundo corta essa sua intimidade que você acha que tem comigo.- Ela era direta e grossa.


-Eu quero apenas... - Pensei tinha um copo de café de plástico.-Toma um café com você.


 -Serio mesmo cara ? Acha mesmo que você chegou aqui tirou o cigarro da minha boca vamos vira amigos e depois um lindo amor, para de sonha - Ela parecia nem saber quem eu era.-E vê se me deixa em paz.


  -Mas...


Ela nem ao menos deixou eu termina pegou sua bolsa e saiu. Ela tinha uma mágoa do mundo dava pra ver isso diante seus olhos. Mas não vou desistir tão fácil eu vou pelo menos se amigo dessa garota.

Se não, eu não me chamo Jeon Jungkook. Por hora vou deixa-la em paz mas não vou desistir dela tão cedo.



Aquelas ultimas aulas pareciam dura eternidade a cada minuto que se passava parecia que o tempo parava e cada hora parecia um dia.


-As horas não passa mais não ?- reviro os olhos bufando cansado.


-Seu drama e foda - Jimin me encarava com toda paciência do mundo.


Mas assim que o sinal tocou peguei meus materiais guardei na mochila logo colocando-a na costas. E não poderia esquece que Jimin ficou jogando na minha cara que _____, não era pro meu bico e que nem todas me querem.

Fui em direção ao portão nem ligando prá aquelas garotas que eram tão fáceis ou apenas interesseiras. Ao passa do portão olho (S/N) que parecia mais uma vez presa em seus pensamentos.

Ela virou e seguiu seu caminho e eu resolvi seguir-la pra ver ate onde aquela bela armaga garota iria.

Coloquei o capuz da minha blusa pra não ser perseguido e pra que nada aconteça e nem ela descubra que eu to perseguindo ela.



  [________,On]


Por isso eu não gosto de ir pra faculdade, escola tanto faz nunca fui fã de estudos. Mas o pior de tudo e vê pessoas que fingem se importa com seus problemas. Tão patético.

Depois daquele garoto estranho vim e tira meu cigarro e eu da um belo de um fora, eu tive que assisti aula. o que foi um saco. Quando finalmente o sinal tocou fiz questão de ser a primeira sair daquela faculdade.

Direcionei minha mão até meu bolso pra ver se tinha pelo menos uns trocado pra compra um café. Meu vício em cigarro e café uma dia ainda vai me mata. Mas não ligo.

Mas não a melhor combinação, a não ser vodka com vulcano ambos são meu vicio. Continuei meu percurso até uma cafeteria me sentir perseguida porém ignorei essa sensação.

Entrei no local vendo que era bastante confortável havia algumas prateleiras com livros, mesas e poltronas ao redores bem organizado e limpo.

Perfeito. Pedir um café amargo e me sentei em uma cadeira perto da livraria peguei um livro de romance comédia chamado “Noiva em fuga” não era chegada em livros assim mas pra tudo tem primeira vez, abrir suas páginas e comecei a ler e nem ao menos percebi que meu café tinha chegado.

Uma tarde perfeita um café e um livro, continuei a ler o livro que era interessante.


-Curte romance ? - prestei atenção imediatamente no dono da voz.


Era aquele garoto de mais cedo. Sei que fui grossa demais com ele mas eu sou um explosiva com as pessoas. Mas parando realmente pra olha ele até que era gato.

Mas nenhuma beleza conquista minha amizade muito menos que dizer que a pessoa tem caratê.


  -Você e mesmo insistente, ne ? - digo frustrada.


  -Sim sou - a garçonete vem e traz o café dele. -Mas não se preocupe eu apenas quero observa você e como eu disse apenas toma um café.


 -Sabe que vai ser totalmente ignorado ? - Indaguei com a sombracelha arqueada.

 -Não me importa enquanto eu ainda pude te admira esta tudo otimo - charlate baratos  ou nem tanto.


Voltei minha atenção ao meu livro e meu café mas a cada palavra lida meus olhos se desviavam para aquele garoto que bebia o café e me olhava sorrindo tinha dentes de coelhos.

Mas não ia caí em um belo sorriso, até por que nunca vou supera o que Jeremy fez comigo. São feridas abertas e sangrentas que não vão se cura por tão cedo.

Terminei de lê aquele livro o coloquei de volta na prateleira olhei em volta peguei minha bolsa olhei de lado o Jungkook se não me engano.

Ele se levantou junto comigo eu fui em direção ao balcão para paga. Eu pegava alguns trocados no meu bolso.

-Posso ajuda ? - Atendente perguntou.


 -Eu vou… - fui interrompida por uma mão no balcão.

 -Eu quero paga nossa conta - Eu não era dependente de ninguém.


 -você quis dize a sua, né ? - Perguntei. - Por que a minha eu pago sen problema afinal e só um café.


Tirei seu dinheiro do balcão e coloquei os meu e a mulher recebeu com um sorriso com certeza tentando aliviá a tensão formada no local. Nem me dei o trabalho de me despedi dele apenas sair daquele lugar.

Eu realmente não gostava quando pessoas tentavam entra na minha barreira que eu criei. Ninguém nunca conseguiu. Eu apenas queria fica sozinha eu fiz questão de olha para traz tendo a certeza que não estava sendo perseguida mais uma vez por ele.

Mas concluir que não. Continuei meu caminho mais calma. Peguei o maço de cigarro e o isqueiro coloquei o isqueiro na ponta do cigarro e acendi. Guardei maço e o isqueiro todos dentro do bolso.

Estava tão cansada só precisa chega em casa e de um banho merecido mas antes preciso fala com uma única pessoa que me atura em toda face da terra. Min Yoongi. Era um único a me atura mas nunca tivemos um contato físico ele era meu amigo virtual.

E me ajudou muito em tudo e ele e umas das razão pra mim nunca fazer uma besteira e mantê um pouco de equilíbrio.



Me joguei na cama depois de ter tomando um banho relaxante e vestido uma roupas fresca. Liguei meu notebook cliquei no Skype esperando que aquele branquelo azedo atenda se não estiver dormindo.


[Skype On]


 “Que diabos você ta me ligando agora quebrou a perna ou algo do tipo ?”


-Estou vendo o quanto você me ama mas então sabe esses dias eu andei pensando em desistir de tudo.


“Pesado, mas então o que leva meu linda flor negra a pensa assim ?”


-Sinto que o mundo não precisa de mim e hoje tive um dias daqueles e ….- contei tudo resumindo.


“Pelo menos você arrumou alguém pra conversa e ai você me deixa de lado “


-Nunca vou fazer isso o bolinho estragado.


“Daqui algumas semanas eu voltarei para Coréia e espero te encontrá”


-Também não aguento mais ter que fala com as paredes.


“Vou volta ao meu sono da beleza se não se importa, tchau flor negra”


-Tchau bolinho estragado.


[Off]


Ver aquelas bochechas inchadas e a carinha amassada do Yoongi sempre me fazia rir. Mas nada entre nós vai passa de amizade. Desliguei o notebook e me virei estava sem fome então peguei o meu remédio e descir as escadas no estilo agente pra não acorda minha tia.

Ela não poderia nem sonha que eu tomava remédios/droga pra dormir por causa da insônia.

Fui até a geladeira pego uma garrafinha de água, coloco os comprimidos na boca e bebo junto com a água gelada.

Organizo as coisas deixando em uma perfeito estado. Em minutos o sono já bate forte como um murro e tudo começa a gira na minha cabeça subo as escadas quase caindo mas tento me mantê firme. Chego no meu quarto e me jogo na cama dormindo.



Notas Finais


Gostaram ?
Contínuo ?
Não ta aquela mil maravilhas, mas tá legal <3
Qualquer erro me desculpa to meio ocupada e fiz na pressa ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...