História Independent of All - Kim Jongin - Capítulo 14


Escrita por:

Visualizações 30
Palavras 1.352
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Policial, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


coe guysss voltei
boa leituraa

Capítulo 14 - Fourteen


Fanfic / Fanfiction Independent of All - Kim Jongin - Capítulo 14 - Fourteen

"Yuna?"- A chamo entrando no quarto a vendo jogada em sua cama, e a mesma murmura um "sim?" -"Me empresta seu carro?"- Pergunto com medo de sua resposta see negativa.

"Se você voltar com ele inteiro..."- Yuna diz mexendo no celular, vou até a mesma e dou um abraço, e Yuna sem querer deixa cair o celular em minha cabeça. -"Você tá bem?"- Ela pergunta segurando o riso.

"Sim, eu acho."- Digo rindo e passando a mão em minha cabeça.

"Você vai ver aquele apartamento?"- Ela pergunta em um tom de voz baixo.

"Yuna eu-"- Sou interrompida com batidas na porta, me levanto e vou até a porta, abro a porta e avisto Kimmy toda tímida.

"Oi."- Ela diz e dou espaço para a mesma entrar. -"Desculpa não avisar que eu ia vir."- Ela diz se sentando em minha cama, fecho a porta e fica um clima estranho. -"O que aconteceu?"- Kimmy pergunta se referindo ao clima tenso.

"MinHa vai se mudar."- Yuna diz rolando os olhos.

"C-como?"- Kimmy me olha com os olhos marejados, me aproximo e abraço a mesma.

"Calma, não vou sair da faculdade, e também não tenho certeza, mas se tudo der certo hoje, me mudo ou amanhã ou domingo."- Digo e olho para a mesma que estava com os olhos ainda marejados. -"Veja pelo lado bom, se eu deixar o dormitório, você pode dormir aqui com a Yuna."- Digo e a vejo sorrir.

"V-você n-não se i-importa?"- Ela diz em meio aos soluços.

"Claro que não, ficaria até feliz."- Digo sorrindo, realmente não me importava ou tinha ciúmes.

"Tudo bem por você Yuna?"- Kimmy pergunta secando algumas lágrimas.

"Claro."- A mesma responde sorrindo, me levanto e pego a chave que estava sobre a mesinha.

"Tenho que ir, logo logo volto."- Digo dando um beijo em cada uma e saio do quatro e logo saindo da faculdade, vou até a rua de trás e sigo para o carro, entro no mesmo e começo a dirigir até o endereço marcado, chego lá as cinco em ponto, estaciono o carro e vou até o prédio.

"Senhorita MinHa?"- Um senhor que estava parado em frente o prédio me pergunta.

"Sim, o senhor é o dono do apartamento certo?"- Pergunto apertando sua mão.

"Sim sou Chang Li, muito prazer."- Ele diz sorrindo e eu retribuo o sorriso. -"Vamos lá, quero lhe mostrar o apartamento."- O senhor se dirige para dentro do prédio, era lindo, alguns recepcionistas, pessoas entrando e saindo.

"São quantos apartamentos por andar?"- Pergunto ainda admirando o local enquanto Chang Li chamava o elevador.

"São 2 devido ao tamanho."- Ele da uma preve pausa. -"Desculpa a pergunta mas..."- Volto minha atenção ao senhor. -"Você vai morar sozinha em um apartamento enorme desse?"- Ele pergunta um pouco espantado.

"Pretendo."- Digo rindo de sua reação

"Entendo."- Ele diz e entramos no elevador e apertando outro botão em seguida. -"Esse prédio tem 15 andares, mas o apartamento fica no oitavo."- E em seguida o elevador começa a subir, até o elevador era lindo, espelhos, música e era enorme.

"Qual o motivo das outras pessoas se mudarem?"- Pergunto me arrumando no espelho, 'lá vem bomba' Foi o que eu pensei quando vi sua expressão.

"Por culpa dos vizinhos, mas não tem muito o que se preocupar, eles já pararam"- Ele diz arrumando a gravata, a porta do elevador se abre revelando uma parede branca um pouco distante do elevador.

"Venha."- O senhor sai do elevador virando para a direita, o sigo e olho para trás, havia só mais uma porta ali, enquanto o senhor abria a porta do apartamento 

"Nossa..."- É a única coisa que sai da minha boca, eu sabia que o apartamento era luxuoso, mas nem tanto.

"Lindo né? A garota que morava aqui tinha a sua idade, seus pais são empresários e sempre davam tudo que a filha pedia, ela pediu um novo lugar para morar e eles deram."- Ele diz e eu fecho a porta ainda encarando o local. -"Ela acabou deixando tudo aqui, menos as roupas, não ficou mais que um mês nesse apartamento e quando saiu, deixou melhor do que já estava."- Ele diz passando pela sala e indo em direção ao outro cômodo.

A sala era linda, cinza e rosa mesmo eu não gostando muito de rosa, até que caiu bem, logo atrás da porta de entrada tinha um espelho do chão ao teto, no centro da sala, uma mesinha de vidro, sem sombra de dúvidas eu iria quebra-lá de algum modo.

"MinHa?"- A voz do senhor sooa um pouco longe, mas tento a seguir. Um pouco mais a frente sem seguir pelo corredor, a direita ficava a cozinha, tons de preto e branco e uma iluminação mais clara, um balcão no cento e logo atrás uma pia, na parede havia algumas plantinhas como decoração bem bonitinhas por sinal, do outro lado da cozinha havia uma porta aue levava para uma pequena área de serviço onde havia uma maquina de lavar e uma secadora.

"Vamos ver o resto MinHa."- Chang Li diz saindo da cozinha e eu vou logo atrás, passamos por um longo corredor onde havia uma porta no final , que se eu vier morar aqui, nunca vou deixar a luz do corredor apagar. -"Aqui é o quarto, nele há um closet logo aqui do lado."- Ele diz batendo no mini-corredor do quarto, o quarto era lindo, tons cinza, roxo e rosa, uma cama de casal linda, cortinas finas e uma televisão na parede.

"Onde fica o closet?"- Pergunto admirando o quarto.

"Aqui!"- Ele diz abrindo uma porta ao lado direito da cama, entro e as luzes se ascendem, aquele closet era, no mínimo, do tamanho do meu quarto e de Yuna. Agora não faltaria lugar pra colocar as roupas, faltaria roupa pra colocar ali. Uma estante no centro com um lustre iluminando tudo ali, espelhos no final da sala e tudo ali era branco.

"Agora o banheiro."- Ele diz saindo do quarto e eu faço o mesmo, saindo do quarto e seguindo mais um pouco haviam 2 portas, direita e esquerda, ele abre a da esquerda primeiro, era o banheiro.

"É enorme."- Digo apreciando o banheiro branco, havia uma banheira, um box, um sanitário e duas pias com espelhos extremamente grandes.

"Sim é mesmo."- Ele diz lavando as mãos.

"A outra sala é o que?"- Pergunto curiosa, ele puxa um paninho do bolso e seca as mãos.

"É uma sala vazia, para você colocar o que quiser ou algo do tipo, quer ver?"- O senhor pergunta me encarando, afirmo com a cabeça e vejo ele sorrir, saímos do banheiro e fomos em direção a sala, ele a abriu e eu pude ter visão da sala, era totalmente azul e com um chão de madeira, era linda e grande, não muito diferente dos outros cômodos.

"MinHa, o que achou?"- Ele pergunta curioso.

"Eu sabia que o apartamento era grande e luxuoso, mas isso superou minhas expectativas."- Digo soltando uma risada.

"Todos acham isso."- Ele ri. -"Mas então, vai ficar?"- Ele pergunta e o encaro.

-Sim -

"Ótimo, já sabe quanto o aluguel é né? Podemos-"- Antes que ele possa terminar eu o interrompo.

"Eu quero comprar."- Digo e vejo sua feição de assustado.

"Menina, você não tem todo esse dinheiro, seria mais fácil o aluguel."- O interrompo novamente.

"Mas eu quero comprar, me fale o preço."- Digo procurando o cheque em minha bolsa, eu gostei muito desse apartamento d não vou deixar passar.

"T-tudo bem, o preço é de 2 milhões e quinhentos mil."- Ele diz e começo a escrever no cheque com todos os rachas que corri até hoje e todo o dinheiro economizado deles conseguiria comprar o apartamento e até mais um se quisesse, consigo ver seu rosto assustado, tento segurar o riso, sei que vou passar por isso quando for comprar um carro mais para frente. Mas se algo acontecer comigo, pelo menos terei o apartamento que agora é meu.

"Está aqui."- Entrego e cheque e ele o encara com os olhos bem abertos.

"O-ok, depois eu mando para a senhorita os documentos"- "Senhorita??"  -"Aqui está a chave, boa moradia."- Ele diz e o acompanho até a porta a trancando em seguida. Me jogo no sofá e encaro o teto, fico sorrindo igual boba ali até meu celular tocar atrapalhando minha felicidade.

"Min volta pra faculdade rápido."- Sua voz soava em desespero

"O que aconteceu?"-

"A Kimmy..."-






Notas Finais


ai gente acho q vou postar mais um capp hihihi, não sei se vocês sabem mas essa fanfic já foi terminada há mt tempo hsushsu só estou fazendo um suspense aii hsusgsys
me digam o que acharam plss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...