1. Spirit Fanfics >
  2. Independente do que tenha que fazer! >
  3. Amélia

História Independente do que tenha que fazer! - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Amélia


Fanfic / Fanfiction Independente do que tenha que fazer! - Capítulo 4 - Amélia

  Atualmente moro num apartamento em New York estou aqui só de passagem trabalhando e procurando pistas este lugar e calmo pelo que vi por mais que não saio muito de casa e muito menos sou de fazer amizades, nunca tive problemas aqui as vezes até estranho a quietude dos vizinhos... Quando não estou trabalhando estou investigando quando não estou fazendo isso observo as pessoas. eu gosto de desvendar as pessoas... Como o cara do quarto 46 ao meu lado nunca troquei uma palavra com ele mas já consigo descrevelo, um homem solitário e carente que esconde tudo isso sendo um ser desprezível mas eu sei que ele não passa de um pessoa triste e horrível por dentro. pelo que vejo não e casado e também nunca foi, odeia animais e suponho que eles o odeiam , as vezes o ouço chorar, tenho impressão de que perdeu alguém querido a mãe talvez? Se for gostaria de conhece-lo melhor. A velha do 42 e gentil amigavel e aparentemente feliz mas também e uma pessoa solitária nunca a vejo com visitas e são raras as vezes que sai de casa, ela também tem muitos pássaros acho que e os usa para aliviar a solidão.  Bom tem vários , o casalzinho "feliz" que todos sabem que brigam até a morte, tem o empresário que fala que tem dinheiro mas e um completo pão duro, a família barulhenta entre outros. Mas tem um morador que eu ainda não desvendei, a mulher do 48.... aparenta ter 20 anos uma idade considerável para se ter uma casa própria, nunca a vi com amigas ou qualquer tipo de visita o que e estranho pra alguém de sua idade, geralmente sai a noite são raras as vezes que sai de dia, ao menos que seja de manhã cedo, não sei com o que ela trabalha e muito menos seu nome, não vou negar ela e bonita bastante concordo não parece uma mulher frágil muito pelo contrário parece ter punho forte fala baixo mas sempre com objetividade nunca a vi conversando sobre coisas normais como o tempo ou algo parecido. Bom essa mulher me intriga estou pensando em envestigala melhor..... Algo nela me deixa assustado

Preciso voltar para minhas pesquisas amanhã será um longo d..... Espera e ela? Olho pelo buraco na porta e sim e ela. Ela usa um sobretudo preto e seus cabelos vermelhos estão lindos soltos carrega uma pasta cinza com alguns papéis, deve ser de seu trabalho mas pera ela deixou um cair será que não viu? bom ela já entrou acho melhor eu ver. Fui rapidamente no corredor e peguei o papel queria ver oque tinha nele era uma carta.

Amelia, querida

E o papai sei que não nos vemos a muito tempo mas eu sinto sua falta desde que saiu de casa, você so me viu uma vez e eu preciso muito te ver agora, preciso saber se está bem por favor venha mé visitar precisamos conversar sua mãe ficaria muito feliz, todas as noites oro por você. Sei que e difícil sem ela mas e possível continuar desista disso e venha morar comigo

De papai que te ama muito, espero que me entenda

Realmente estava certo, concerteza tem algo nela de estranho sei agora que seu nome e Amélia e que possivelmente saiu de casa por conta de alguma briga com os pais no caso uma bem feia por durar até hoje e por não manterem contato, só uma coisa me estranha nessa carta, por quê ele disse sei que e difícil sem ela ? Oque será que a conteceu? SERA  que alguém morreu? não seria sua ma..........?

Bom seja lá oque esconde vou descobrir Amélia..........


Notas Finais


Espero que gostem todos os comentários são bem vindos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...