História Indestrutível - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Superfilhos (Super Sons)
Personagens Batman Jr., Superman Jr.
Tags Damian Wayne, Damijon, Jon Kent, Jondami, Supersons
Visualizações 33
Palavras 390
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), LGBT, Slash, Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ok, isso realmente me veio à mente tem um tempo, e eu pensei "ah, vai" então, se estiver muito ruim, sinto muito.

Capítulo 1 - Garoto de Aço


A figura que deveria ter de si mesmo era uma completamente diferente. Deveria ser como mostrado na televisão, com seu corpo voando contra o vento e salvando inocentes, para logo depois lutar com o grande vilão. Deveria ser um garoto mais confiante de si, sorrir sempre e encarar seus medos, dizendo ser imbatível. Porque era isso que ele era. 

Era isso quem ele era. 

Era filho do Superman, o homem de aço. Deveria ser igualmente inabalável, mas sempre que olhava para se pai, via uma figura totalmente diferente da sua. Via quem almejava ser, mas também sabia que não estava perto de chegar lá. Às vezes, desejava não ter a invencibilidade. Claro, que muitos almejavam tê-la, mas há muito tempo, apenas queria se livrar dela. Queria ser um pouco mais humano, como seu querido Damian. 

Jon suspirou, olhando a cidade calma abaixo de si. Tudo ocorria bem em Metrópolis, por ser uma cidade incrivelmente calma comparada à outras. As luzes brilhando em diferentes tons abaixo de si, era capaz de ver pessoas andando, tranquilamente, por saberem que, mesmo inconscientemente, eram protegidas por Superboy. 

Fechou os olhos, parando sobre um prédio. Deveria estar ali para eles, como não foi capaz de estar para seu ex-parceiro. Deveria ser imbatível, mas como podia, sendo que toda vez que tentava o fazer, lembrava-se dele? E quando se lembrava, doía muito

Deus, como doía. A culpa o corria de dentro para fora, em uma morte lenta, que nunca iria acontecer realmente. Pensar em Damian, no ex-robin, doía como se levasse um tiro no peito. Não havia machucado físico lá, mas a dor se fazia presente. A dor estava para lembrar do seu fracasso, para lembrar que não foi capaz de fazer o mínimo como herói – defender seu parceiro acima de tudo. 

Sentou-se na beira do edifício, os olhos ardendo e as lágrimas rolando incessantemente. No momento em que Damian partiu, em seus braços, queria estar no lugar dele. Queria ter o ferimento grave no lugar dele. Queria ter morrido no lugar dele. Mas isso não ocorreu.

E então, não importava quantas vezes tentasse acabar com sua dor através de um ato heróico, talvez recebendo um ataque que acabaria com toda sua dor, pensava. Mas isso nunca acontecia. Mesmo que ele quisesse. 



Porque, no final, Jon sabia que diferente de seu falecido amigo, ele era indestrutível. 



Notas Finais


Pois é, não foi grande coisa, mas tá aí. Obrigado pra quem leu até aqui ;).


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...